Homenagem aos incansveis procuradores federais da Lava Jato

Resultado de imagem para palestra de dallagnol

Dallagnol deixou tudo explicadinho, nos mnimos detalhes…

Percival Puggina

Mais importante do que conhecer reconhecer. Sim, os fatos narrados na longa dissertao do procurador Deltan Dallagnol so ofensivos, so imprprios, so intolerveis por toda conscincia bem formada. Sim, foram duras aquelas palavras e podemos dizer como os discpulos a Jesus: “Quem as pode ouvir?”. Ora, se o cidado comum se sente assim ao ver desvelada com crueza substantiva e adjetiva a ampla organizao criminosa que saqueava o pas, imagino o desconforto que as denncias causam a quem v exibida em pblico a face hedionda do objeto de sua devoo.

A entrevista ainda estava em curso e j comeavam os protestos. “Essas coisas no so feitas assim!”, clamavam uns. “O Ministrio Pblico foi longe demais!”, exaltavam-se outros. “A acusao deve simplesmente anunciar que encaminhou a denncia e jamais produzir libelos pblicos!”, professoravam certos escolados. Mesmo entre os que concordavam com a narrativa da acusao, havia quem reprovasse a contundncia do discurso.

No entanto, quanta lgica na deciso que os procuradores da operao Lava Jato tomaram! E com quanta admirao ouvi e acolhi sua iniciativa!

O BOM COMBATE – H mais de dois anos, pondo em risco a prpria segurana, no torvelinho da maior investigao criminal da histria do pas, eles combatem os poderes das trevas que atuam no topo da nossa ordem poltica, econmica e judiciria. Contrariam interesses hegemnicos. Seus investigados tm, ao estalo dos dedos, todo o dinheiro de que possam necessitar para quanto lhes convenha e todas as facilidades para agir fora e acima da lei.

No bastasse isso, Dallagnol e seus colegas enfrentam, tambm, o carisma de Lula, as milcias de Joo Pedro Stdile, Guilherme Boulos e Vagner Freitas, e o escudo protetor que a prerrogativa de foro proporciona aos principais indiciados da operao.

Eles ouviram centenas de testemunhas. Setenta indiciados relataram seus crimes e informaram o que sabiam. Empilharam dezenas de milhares de provas, relatrios e documentos. A repetio das frmulas evidenciou rotinas consolidadas ao longo dos anos. Os crimes eram revelados e confessados pelos beneficirios, pelos autores e por seus operadores. Bilhes de reais esto sendo devolvidos e reavidos.

OS CORRUPTOS REAGEM – O Brasil que no comprado com depsitos na Sua nem com pratos rasos de lentilha, louva a ao da Lava Jato e aplaude Srgio Moro. Mas sabemos todos e sabem ainda melhor os procuradores que, assim como na italiana operao Mos Limpas, o Congresso Nacional pode aprovar projetos que j tramitam e tornam incuas suas apuraes e denncias. Sabem que seus inimigos agem no entorno e no interior do STF, dentro e fora do governo.

Se o leitor entendeu, h de ter visto que esto a, devidamente alinhadas, grossas fatias do Executivo, do Legislativo e do Judicirio. E se entendeu completamente, reconhecer o imenso servio que aquela coletiva prestou Nao, com sacrifcio e risco pessoal dos procuradores federais.

No sei o que acontecer nos prximos dias, mas quis escrever este artigo antes de o sabermos.

21 thoughts on “Homenagem aos incansveis procuradores federais da Lava Jato

  1. A “esquecidinha” passando a tesoura:

    “NOVA AGU MOSTRA AS GARRAS (O Antagonista)

    Brasil 23.09.16 14:30
    Grace Mendona exonerou ontem Rodrigo Becker do cargo de procurador-geral da Unio.

    Becker foi o responsvel pelo ajuizamento das aes de improbidade contra a OAS, a Queiroz Galvo e empresas consorciadas, com pedido de restituio de R$ 12 bilhes.

    As aes foram ajuizadas em maio na Justia Federal do Paran e provocaram o primeiro abalo na relao de Fabio Medina com Eliseu Padilha.”

  2. Isso mesmo TODOS !!!!

    para mim

    Procedimento antecede abertura de investigao. Cabe agora a Janot dar parecer sobre necessidade de inqurito. Temer foi acusado pelo ex-presidente da Transpetro de negociar propina para a campanha de Gabriel Chalita.O relator da Lava-Jato no Supr…

    dw.com – sexta-feira, 23 de setembro de 2016

    http://a.msn.com/r/2/BBwySUb?a=1&m=PT-BR

  3. Caro Puggina, assino em baixo de teu artigo, e dos demais comentaristas, a podrido nos 3 poderes, est sufocante.
    A isso chamam de republica democrtica, chamo “Democradura”, “amaziamento” de Democracia com Ditadura,Rui Barbosa T pleno de razo, ter vergonha de ser honesto. Estou com Ele e no abro.
    Dr Carmen Lcia, o povo espera ao de suas palavras, em moralizar o stf, para O Servir, e no aos corruptos, como at agora, pelos passos de cagado, pe em Pauta, os crimes de Renan e demais, lembre-se, como religiosa, as palavras de Jesus: A Cada um segundo suas obras e Pagars at o ltimo Ceitil, cujo Tribunal a Conscincia, que Deus, lhe ilumine e ajude. lembre-se dessa frase de Rui Barbosa: “A fome m Conselheira”.

  4. Sr. Puggina.

    Ele recordista em delaes, um fenmeno, alguns delatores chegaram a dizer que ele o mais chato para pedir propinas em seu nome e do Partideco da Honorabilidade Francesa.
    Outro delator disse que uma parte das propinas ia para o Nacional (Partido)., outra parte ia para So Paulo onde o Efeagac desgoverna h 30 anos, e a outra parte ia direto para o bolso do Fenmeno Propineiro e tambm mineiro Efeagacio Nevers.
    Tem outras delaes em que os delatores entregam de bandeja as cabeas do Partideco da Honorabilidade, Jos Serra, Aloisio Nunes, Geraldo Alkimin, e o Mestre dos Mestres em Corrupo a famosa Rainha Dona Henriquetta Cardoso , inclusive um dos filhos est atolado do Panam Papers.
    Tambm tem delaes contra o PMDB, Jos Sarney, Juc, Cunha, Gedel, e at o Presidente eleito pela Constituio Brasileira, MIchel Temer.
    Aguardamos os Incansveis Promotores fazerem a Limpeza Geral…….

    PS. Ser o que Juiz Moro pega a Quadrilha do Efeagace.???

Deixe um comentário para Peter Taranenko Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.