Inidoneidade não tem cura. Nenhuma pena pode recuperar um empresário inidôneo

Sorriso Pensante-Ivan Cabral - charges e cartuns: Charge do dia ...

Charge do Ivan Cabral (ivancabral.com)

Jorge Béja

A inidoneidade de uma empresa compromete a qualidade dos produtos que fabrica e coloca no mercado de consumo. A inidoneidade é um vírus tão destruidor como o coronavírus, o covid-19. Inidôneo só se entende e só se dá bem com outro(s) inidôneo(s). Eles se atraem. Só na Física é que os iguais se repelem e os opostos se atraem.

No convívio social e comercial ocorre o contrário: os iguais se juntam, se acumpliciam, se agrupam, se atraem. Uma vez inidôneo, inidôneo para sempre.

NÃO HÁ CURA –  Inidoneidade não tem cura. Nenhuma pena imposta a quem é inidôneo o fará transformar-se em pessoa idônea. O inidôneo nunca vai recuperar o que nunca teve, o que desconhece: a idoneidade. É genético. É imutável. Tudo que parte e o que produz quem é inidôneo não serve e está contaminado pela inidoneidade.

Quando o governo autoriza firmar contrato com pessoa, física ou jurídica, reconhecidamente inidônea, o governo se revela inidôneo. Pessoa alguma é mais ou menos idônea ou inidônea. A idoneidade é irmã gêmea da virgindade. Ou a mulher é virgem ou não é. Ou a pessoa é idônea ou não é.

28 thoughts on “Inidoneidade não tem cura. Nenhuma pena pode recuperar um empresário inidôneo

  1. “Você é realmente tão ingênuo e ignorante?”
    “Portanto, é melhor ser mais sábio e racional. Você pode não pensar na China, mas não pode deixar de pensar no Brasil. O demônio do Covid-19 chegou finalmente à maravilhosa terra brasileira. Neste momento crucial da cooperação bilateral no combate à pandemia de Covid-19, seria mais prudente não criar mais confusões. Ainda mais importante, seja um verdadeiro brasileiro responsável, ao invés de ser usado como arma pelos outros!”

    https://www.brasil247.com/brasil/consul-chines-diz-que-eduardo-bolsonaro-e-ingenuo-e-ignorante

    • Oh! meu Deus!!!!.

      Socorro, Carlos Newton. Temos este outro vírus que voltou a atacar.

      O tema é sobre se deve ou não deve o poder público contratar com pessoa, natural ou jurídica, reconhecidamente não idônea, a pretexto de obter suprimentos para o combate ao flagelo.

      Mas um vírus está presente neste blog e descamba para provocar debate sobre outro assunto, divorciado com o tema em causa.

      Acabe com isso, Carlos Newton, como você acabou, não faz muito tempo. Mantenha o blog lá em cima, com matérias, leitores e debates marcados por nobreza e alta indagação. Você, CN, pegou comentário meu postado noutra matéria, deu título, ilustrou e dele fez um pequeno artigo, um “suelto”, como você me ensinou quase 10 anos atrás. Mas tem desocupado que não se ocupa com o essencial, com o que é do interesse coletivo,
      e passa dia e noite a atacar, com virulência, com pequenez….

      Assim não dá mais pra eu continuar. Varra, Carlos Newton.

      E só você tem a vassoura e a vacina contra este vírus. Socorro Carlos Newton. Socorro!,

      Já reparou que os notáveis já não comentam as publicações da Tribuna da Internet?. Não comentam porque quando acessam ficarão ao lado e na sequência de…..

    • Agora você vai receber a ira de alguns.
      Muitos, na noite de núpcias, descobriam o poBrema; e, saiam pela tangente, fazendo um corte no dedo, limpando o sangue no lençol da cama, que era pendurado na janela, comprovando a honra “sei lá de quem”.

  2. Inidoneidade é sinônimo de mau caráter , e mau caráter esbarra no conceito de psicopatia. O indivíduo que nasce com mau caráter, vive até a morte com mau caráter. É intratável quer pela psiquiatria, quer pela psicanálise. São para estes indivíduos que foi feito o ditado : “Pau que nasce torto, não tem jeito, morre torto”.

    E pessoas de mau caráter estão presentes em toda parte da atividade humana, inclusive nas autoridades eleitas para cargos no Executivo, no Legislativo e no Judiciário, como é fácil constatar nos noticiários. São pessoas que iludem pessoas de bem, mentem, roubam, muitos se dizem “enviados por Deus” , adquirem seguidores inocentes, inclusive líderes religiosos têm este mau comportamento e são de mau caráter, e só fazem enganar. Muitos conseguem enriquecer com suas falas messiânicas, como é possível observar em líderes de algumas igrejas, É triste, mas é verdade.

    • Isso, sim, é que é comentário. Ainda bem que conservamos o médico psiquiatra e psicanalista, doutor Ednei José Dutra de Freitas — uma autoridade da Ciência Médica, reconhecido internacionalmente, com obras publicadas no Brasil e na Europa —- como um dos poucos, muito poucos leitores e comentaristas de elevado saber.
      Obrigado, doutor Edinei José Dutra de Freitas.

      • “Inidoneidade é sinônimo de mau caráter , e mau caráter esbarra no conceito de psicopatia. O indivíduo que nasce com mau caráter, vive até a morte com mau caráter.”
        Bem…Houston, temos um problema. Como o especialista sabe que o bebê/criança nasceu com mau caráter?

        • O individuo nasce e morre igual. Ele só muda mesmo, é de psiquiatra durante a vida.

          Porque os psiquiatras, precisam de férias na Europa, e aí põem outro no lugar.

          PS: É por isso que socialista/comunista gosta da china e de censura. Pois, com democracia (liberdade de expressão), eles não vencem com argumentos.

        • Sr. Ricardo Miguel,

          Vou responder à sua instigante pergunta.

          Um bebê — mesmo que seja quase impossível de se detectar — pode apresentar traços psicopáticos. É difícil de acreditar, mas é verdade, porque, de fato, a psicopatia é fundamentalmente um transtorno no desenvolvimento, e não aparece do nada na idade adulta.

          Todos os adultos psicopatas mostraram traços característicos durante sua infância e adolescência, e podem ser detectados a partir de idades bem precoces. Mas quais são esses traços e como podem ser detectados em crianças tão pequenas?

          Assim é o cérebro de um psicopata (mau caráter)
          Como sugeriu o filósofo John Locke, “Todos nascemos como uma tábula rasa”, de modo que, evidentemente, a educação por parte dos pais, o entorno e o nível socioeconômico são importantes no momento de se formar o caráter de uma criança. O livro Good For Nothing: From Altruists to Psychopaths and Everyone in Between da psicóloga Abigail Marsh sobre a psicopatia traz muitas histórias de muitos pais com filhos que apresentam traços de violência extrema e, precisamente, não são crianças ruins, famílias desestruturadas e disfuncionais, e sim costumam ser pais carinhosos e muito envolvidos na educação e criação de seus filhos.

          Então, o que acontece? A psicopatia (mau caráter) vem de nascimento ou é construída? Existem numerosas teorias sobre esse transtorno. A última pesquisa relacionada ao tema e publicada no National Institutes of Health (NCBI) afirma que os primeiros sinais de psicopatia são descobertos em crianças de somente 2 anos, entre eles a falta de empatia. Os sentimentos de culpa e emoções superficiais e a frieza são somente alguns deles.

          Mas para Celso Arango, vice-presidente da Sociedade Espanhola de Psiquiatria (SEP) e chefe do serviço psiquiátrico do Hospital Gregorio Marañón de Madri, os principais fatores de risco são a personalidade, o caráter e o temperamento, e a pessoa nasce com esse último traço, de modo que a genética é primordial.

          “A personalidade vai se formando ao longo do tempo e o temperamento e caráter são dados pelas condições genéticas, e isso não pode ser modificado”, diz Arango.

          O renomado filósofo e psicólogo William James já dizia que nossa personalidade não é totalmente formada até completarmos 30 anos, mas nosso temperamento e caráter são o que são, e isso não pode ser modificado.

          Isso também está no livro de Marsh, em que se explica que as crianças são capazes de praticar uma violência extrema durante um período de tempo prolongado, ao contrário dos adultos, cuja crueldade não costuma se estender tanto.

          “Essas crianças são incapazes de sofrer, são frias, calculistas e agem de maneira premeditada, ao contrário até mesmo do narcisismo, que é muito condicionado desde a adolescência.

          Principais traços psicopáticos nas crianças com mau caráter

          Os traços das psicopatias mais comuns nas crianças, publicados nessa outra recente pesquisa do NCBI são que a criança mente, nunca parece se sentir culpada após ter feito algo errado, o fato de castigá-la não muda seus comportamentos, é muito astuta, evita os mais velhos, e é muito egoísta, possui um mau caráter.

          “É principalmente incapaz de sofrer com a dor do outro, na realidade gosta dela. E essa é a diferença principal entre uma criança potencial psicopata (mau caráter) e outra que não é. A capacidade de satisfação, já que só desfrutam quando fazem coisas ruins”, diz Arango.

          Dessa maneira, o especialista afirma que apesar de certas condutas poderem ser moduladas e existirem terapias eficazes na maioria dos casos das psicopatias menores, no caso de uma psicopatia pura é muito difícil. “As relações e as habilidades sociais podem se trabalhadas, mas o temperamento e o caráter, se são mesquinhos e ruins por natureza, é muito complicado de ser moldado, de modo que um adulto, se comportou-se assim na infância, o mais provável é que receba um diagnóstico de psicopatia (mau caráter)”, conclui.

          • “Um bebê — mesmo que seja quase impossível de se detectar — pode apresentar traços psicopáticos.”

            Bem Ednei, desculpe a omissão do dr. É que sou engenheiro e se alguém me chamar usando o prenome me sinto constrangido. Mesmo com 67 anos.

            A resposta está no seu primeiro parágrafo. A rigor é impossível detectar, esta me parece a verdade. Abraço respeitoso.

      • Ô Piadinha,

        Os psiquiatras não têm como tratar pessoas de mau caráter ou psicopatas, mas há uma gama de doenças psiquiátircas que os psiquiatras tratam, tais como neuroses (de vários tipos), psicoses ( por exemplo : esquizofrenia – e há vários tipos de esquzofrenia) , distúrbios afetivos bipolares ( antigamente chamados de Psicose Maníaco Depressivas) , o grave problema da depressão, entre vários distúrbios. Por isso, os psiquiatras e os psicofármacos são necessários e os psiquiqtra precisam serem contratados pelo estado para tratar esta enorme população que adoece de outras doenças mentais. Os psiquiatras são insubstituíveis.

        Sinceramente, com todas as vênias, já que você não pediu esta minha opinião, pelos seus comentários que infelizmente tenho lido, me parece que você sofre de um distúrbio psiquiátrico grave, e recomendo que você procure logo um psiquiatra, A bizarrice de seus comentários foi o que me fez fazer esta recomendação a você. Inclusive, a falta de coragem de declarar seu nome, e viver no anonimato com o codinome Piadinha.

  3. O dono da Havan foi condenado em duas instâncias da Justiça Federal
    O Silvio Santos (na era do PT) foi se socorrer junto à Presidência da República, a fim de colocar a Caixa Econômica para salvar o seu patrimônio, numa negociação imoral e ilícita tanto quanto a gestão que fez a família à frente do Panamericano, sem que nenhum desta fosse até hoje condenado
    Bispos (diversos, mas em especial Macedo e Malafaia) verdadeiros charlatões que construíram impérios graças à ignorância de muitos fazem assédio de todo tipo ao Estado corrompendo até o fundo de suas entranhas com pauta religiosa
    Apesar disso tudo, ainda assim Bolsonaro tem em todos esses aliados uma cumplicidade e muito provavelmente beneficia a todos através da Administração Pública, de alguma forma, como quando reclamou da demora do licenciamento de instalações da Havan

    • LEÃO, A PEC APROVADA ONTEM COLOCA NOS BANCOS 1.2 TRILHÕES, COMPRA DE PAPEL PODRE,DENÚNCIA FEITA HOJE NO YOUTUBE PELO ECONOMISTA EDUARDO MOREIRA.ALIAS É UM ECONOMISTA A SER OUVIDO.

  4. Mais uma vez, o nosso articulista, dr.Beja, posta um artigo que se encaixa perfeitamente ao comércio tão necessitado de produtos para uso hospitalar.

    Pedidos cancelados, pedidos desviados, pedidos leiloados, revelam que o inidôneo não tem palavra, honra, caráter.

    O seu objetivo é o lucro, a vantagem, aproveitar o momento para “sair-se bem”.

    O COVID-19 está evidenciando realisticamente o que antes era apenas debatido em tese:
    despreparo dos governantes frente à propagação da doença, logo, inidôneos com a população, pois sempre carente de saúde pública;
    as negociatas que movem um mundo onde o ser humano nada mais vale, tornou-se descartável.

    Decididamente, combater esse “bicho” invisível, mesmo que agora tenhamos dificuldades imensas mas, em seguida, desenvolveremos remédios e vacinas, será mais fácil e auspicioso que esperarmos governantes honestos, probos, e interessados pelos seus países e populações.

    Da mesma forma, diminuir na mente de negociantes, produtores, industriais, banqueiros, que tenham seus lucros, evidente, porém não devem se sujeitar à ganância, à ferocidade de ganhar dinheiro numa oportunidade onde a espécie humana corre sérios riscos para sobreviver!

    Importante artigo, dr.Béja.
    Meu aplauso e reconhecimento.

    Abração.
    Cuide-se!

    • Quem na face da terra estava preparado para uma situação dessas, nos governos ou fora deles? Só se forem os “survivalistas” americanos que mantém abrigos nucleares no quintal, cheios de comida enlatada. Em geral as pessoas se preparam para as situações normais, dificilmente alguém se prepara para o imponderável. Alguém se prepara para uma invasão alienígena?
      Dificilmente pode-se dizer que algum governo no mundo tenha reagido plenamente bem à pandemia. Até da China se pode dizer que reagiu mal, escamoteou o problema enquanto pôde, e foi obrigada a reagir com mão super-pesada. E mesmo agora muita gente começa a questionar sua suposta vitória, dizendo que as estatísticas de lá estão boas demais para serem verdade.

      • Pedro Meira,

        Grato pelo questionamento.

        Certamente eu não soube explicar direito, mas agora vou acertar:

        Independente da propagação do vírus que, EVIDENTEMENTE, o mundo jamais estaria preparado para recebê-lo, como se estivesse de plantão aguardando-o, eu me referia à constante situação do nosso sistema de saúde, caótico!

        Quantas pessoas deixam de ser atendidas diariamente?
        Quantos hospitais reclamam da falta de medicamentos, materiais básicos, enfermeiras e médicos, até aparelhos como um Raio X??!!
        A falta de leitos, que deixa pacientes esperando nas portas dos hospitais para serem atendidos e não conseguem?
        E o tempo que leva uma pessoa para conseguir um médico especialista?
        E para poder marcar a sua cirurgia?

        Pois é esta a situação que escrevi, que o COVID-19 mais iria acentuar.
        Se, antes da doença mundial, o Brasil se encontrava em déficit gritante na saúde pública, com a chegada do vírus tá pronta a tragédia!

        Espero que tenhas entendido a minha colocação.

  5. Por eu ter que trabalhar todos os dias, eu devo ter perdido algum capitulo.

    Até ontem, não estavam criticando o Bolsonaro, por estar dando importância para “tramites legais burocrático”, em vez de liberar dinheiro logo; e, “fazer o que tem que ser feito contra a pirotecnopandemia”; e a economia, a “gente” vê depois.

    PS: A partir de hoje, sugiro que o Bolsonaro consulte os esquerdistas, para saber o que ele pode fazer, e quais burocracias ele pode descumprir, sem ser crucificado.

    • Este vírus é um milhão de vezes pior do que o covid-19. Não são gotículas. É catarro verde-fedorento. Você afasta, varre e o desgraçado-vírus volta. Feche a porta Carlos Newton. Ele é desocupado. Não tem o que fazer. E só serve para adoecer e levar a morte suas vítimas.

      • DR.BÉJA NÃO LHE PARECE CORRUPÇÃO O AVILTANTE PAGAMENTO DE JUROS E DIVIDENDOS AOS BANQUEIROS QUE COM ESTA CRISE LUCRARAM 98 BI E ONTEM TIVERAM MAIS UM PRESENTE DE 1.2 TRI DE COMPRA PELO B. CENTRAL DE TITULOS PODRES,DENÚNCIA FEITA HOJE NO YUOTUBE PELO ECONOMISTA EDUARDO MOREIRA.

  6. Só acho que essa definição de idôneo e inidôneo é muito simplista. Idôneo é sinônimo de pessoa de bom caráter ou daquela que é capaz de realizar certas tarefas com competência?

    Uma empresa pode ser idônea (no sentido de capaz) ao fabricar seus produtos? Mas ao mesmo tempo praticar coisas moralmente inidôneas (como práticas fiscais inadequadas, postergar pagamento de impostos, tratar mal seus empregados, etc..)?
    Um advogado idôneo defende seu cliente da mesma forma, sendo ele culpado ou inocente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *