Investigação da campanha de Dilma anda devagar, quase parando

PF demorou 4 meses para atender à ordem de Mendes

Deu no Estadão

Quase quatro meses após o ministro Gilmar Mendes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinar abertura de inquérito para investigar suposta prática de atos ilícitos na campanha que reelegeu a presidente Dilma Rousseff em 2014, a Polícia Federal instaurou a investigação. A primeira determinação do ministro é de junho; a segunda é de agosto.

Gilmar utiliza informações reveladas pelas investigações da Operação Lava-Jato para dizer que a campanha foi supostamente financiada com recursos da Petrobras. Por ser uma empresa de capital misto (recursos públicos e privados) a petroleira é vedada de financiar campanhas eleitorais.

“As doações contabilizadas parecem formar um ciclo que retirava os recursos da estatal, abastecia contas do partido, mesmo fora do período eleitoral, e circulava para as campanhas eleitorais”, escreveu o ministro.

AÇÃO DE VACCARI

O ministro também citou delação premiada do lobista Milton Pascowitch, que afirmou a investigadores que parte dos recursos de propina teria sido repassada a pedido do então tesoureiro do PT João Vaccari Neto, hoje preso na Lava-Jato, ao site Brasil 247, “simulando contrato de prestação de serviços”.

“O objetivo seria financiar a propaganda disfarçada do Partido dos Trabalhadores e seus candidatos, além de denegrir a imagem dos partidos e candidatos concorrentes”, concluiu o ministro. “Em suma, há indicativos de que o partido recebeu auxílio por meio de sociedade de economia mista e publicidade”, resume.

COM RESSALVAS

As contas de campanha da presidente Dilma e do PT foram aprovadas com ressalvas pelo TSE em dezembro de 2014. A aprovação se deu na Corte por unanimidade após os ministros acompanharem o voto do relator, que foi o próprio Gilmar. No despacho ele justificou seu voto pela aprovação alegando que “apenas no ano de 2015, com o aprofundamento das investigações no suposto esquema de corrupção ocorrido na Petrobrás, vieram a público os relatos de utilização de doação de campanha como subterfúgio para pagamento de propina”.

DIZ O PT…

Logo após o despacho do ministro, a Secretaria de Comunicação Social do Palácio do Planalto emitiu nota afirmando que: “Todas as contribuições e despesas da campanha de 2014 foram apresentadas ao TSE, que após rigorosa sindicância, aprovou as contas por unanimidade”, diz a nota assinada pelo ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, que foi o tesoureiro da campanha de Dilma no ano passado.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Desse jeito, a investigação não terminará nunca. Se a Polícia Federal demorou quatro meses para iniciar os trabalhos, o que se pode esperar dessa investigação, sinceramente? O comportamento das autoridades é desanimador. O país está parado, com a economia se esvaindo, e ninguém toma providências nem assume suas responsabilidades. (C.N.)

2 thoughts on “Investigação da campanha de Dilma anda devagar, quase parando

  1. GOLPISMOS CONTRA A DEMOCRACIA E PAUTAS NOCIVAS AO PAÍS

    O Tribunal Superior Eleitoral foi o órgão pelo qual a ditadura em declínio na década de 1980 usurpou de Leonel Brizola a velha sigla getulista, para entregar à Ivete Vargas (aliada do poder). Mais recentemente, ali a família Sarney jogou pesado e derrubou Jackson Lago (PDT) do governo maranhense, numa artimanha que anos depois e já falecido o governador pedetista foi considerada inconstitucional. jornalggn.com.br/noticia/toffoli-pede-opiniao-de-pt-e-psdb-sobre-gilmar-ser-relator-de-acao-contra-dilma

    A ação noticiada no link acima pode concluir pela cassação dos mandatos de Dilma Rousseff e Michel Temer abrindo caminho para a posse de Aécio Neves, segundo colocado na eleição. O despacho do ministro Dias Toffoli inspira cuidados: “A ministra Maria Thereza de Assis Moura suscitou questão de ordem no sentido de que o ministro Gilmar Mendes deveria prosseguir na regular instrução na AIME (Ação de Impugnação de Mandato Eletivo) e que a alteração da relatoria atrairia, também, a prevenção decorrente de conexão ou continência entre esta ação e outros processos que tramitam perante esta Corte”.

    As manobras são reforçadas por uma cortante verdade: A grande mídia costuma distorcer fatos priorizando versões na parte introdutória de suas notícias (manchetes e primeiros parágrafos), desviando as atenções sobre temas mais importantes. São raras com início, meio e fim verdadeiros como essa que saiu na Folha de S. Paulo: ‘Opinião do presidente do PT não é a do governo; Levy fica’, diz Dilma. Mas verifiquem como no bojo da notícia evitam separar nas análises períodos de gestões, ou pessoas de partidos. www1.folha.uol.com.br/poder/2015/10/1695429-opiniao-do-presidente-do-pt-nao-e-a-do-governo-levy-fica-diz-dilma.shtml

    Não dá pra esquecer de quando Dilma Rousseff também afirmou que corrupção anda por todo canto. É preciso denunciar, processar e exigir punição exemplar do Poder Judiciário não importa contra quem. Mas é fato que boa parte dos delatores foram demitidos por ela, entre 2011 e 2012, que mostra firmeza contra a ira de falsos opositores: “Não é a empresa Petrobras que está envolvida no escândalo, são pessoas que praticaram corrupção e elas estão presas. O objetivo da oposição pode ser inviabilizar a ação do governo. Mas a ação do governo não será inviabilizada pela oposição. faça ela quantos pedidos de impeachment fizer”.

    ANTES TARDE ESSE CERCO À SONEGAÇÃO http://www.carosamigos.com.br/index.php/economia/5488-500-empresas-devem-r-392-bilhoes-a-uniao-mineradora-vale-lidera-o-ranking (textos seguintes)

    O procurador da Fazenda e presidente do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda (Sinprofaz), Achilles Frias, afirma que a quantidade de dívida de todas as pessoas jurídicas para com a União ultrapassa a casa do R$1,5 trilhão. “Temos 3,5 milhões de devedores grandes. Desses, 18 mil respondem por 2/3 de toda dívida, e desses, as 500 empresas divulgadas respondem por 40%”.

    Confiram a lista das 10 empresas mais devedoras (em bilhões): Vale: R$ 41,9; Carital Brasil Ltda: R$ 24,9; Petrobras: R$ 15,6; Industrias de Papel R Ramenzoni S/A: R$ 9,7; Duagro Adm e Participações: R$ 6,5; Viação Aérea São Paulo (Vasp): R$ 6,2; Banco Bradesco: R$ 4,8; Varig: R$ 4,6; American Virginia Ind e Comércio Exp. De Tabacos Ltda: R$ 4,1; Condor Factoring Fomento Comercial: R$ 4,1 bilhões.

    EM TEMPO: De que adianta insistirem em mover uma peça sob a falsa ideia de que não age bem, ainda que possamos pressionar por mudanças e sabendo que suas ações dependem de outra esfera? (‘Deus Congresso’) Adiantaria se fosse pra fazer o jogo das feras feridas que controlam a outra esfera. “Então o rei ordenou, peguem aqueles homens que a acusam e os atirem na cova dos leões” (editado).

  2. Não aceito essas tentativas de livrarem Dilma do cadafalso, se ela é a responsável pelo caos político, econômico e social, que nos encontramos!
    Não se pode isentar a presidente dos desmandos que acontecerem sob o seu governo, embaixo do seu nariz, como uma espécie de alguém que foi traída pelos companheiros e aliados da sua administração.
    A questão não envolve somente a corrupção, como enfatiza Stédile, defensor de Dilma continuar no poder, mas a sua notória incompetência e falta de autoridade moral em face de suas mentiras e manipulações (as famosas pedaladas) em dados econômicos, alterando substancialmente a realidade brasileira neste aspecto, e vencendo as eleições – ainda hoje em dúvida quanto à seriedade das apurações – de forma enganosa, deturpada.
    Ora, este é um comportamento que deve ser punido e com rigor, pois se espera de um governo exatamente o contrário, isto é, que aja com discernimento, austeridade, verdade e clareza.
    Dilma sempre mentiu, adulterou os fatos, manteve permanentemente alianças espúrias, loteou várias vezes a esplanada dos ministérios, cercou-se de gente desonesta e corrupta, então querer se explicar que os ladrões estão na cadeia ou processados é uma falácia, haja vista ser da sua responsabilidade direta a escolha de maus assessores e, consequentemente, os roubos e assaltos por eles praticados!
    Dilma tenta de maneira sórdida e patética se livrar da responsabilidade que lhe é peculiar em face de ser presidente da República, função que não lhe permite barganha, acordos, cometer erros crassos, ilicitudes, e depois alegar que as providências estão sendo tomadas para erradicar os males praticados “pelos outros”.
    Dilma é simplesmente a culpada pelos nossos problemas insolúveis, inclusive de o Congresso ter dois presidentes envolvidos no petrolão, e com eles manter tratativas de se livrar do processo de impeachment, outra atitude condenável da presidente, que deveria se afastar desses dois corruptos e desonestos parlamentares.
    Envolvida até a medula com esta política deletéria, que é a brasileira, evidente que negligenciou áreas de seu governo de fundamentais importâncias ao povo:
    Educação, Saúde e Segurança, simplesmente abandonadas e desprezadas pela presidente porque apenas preocupada consigo e seu mandato.
    Vaidosa, arrogante, prepotente, autoritária, dotada de inteligência limitada porque teimosa, Dilma está destruindo o Brasil e deixando o povo na mais absoluta miséria e situação de desespero, principalmente no que diz respeito aos aposentados, e quanto aos juros praticados de forma extorsiva e de agiotagem explícita contra o cidadão, cada vez mais endividado e sem conseguir resolver seus problemas pessoais, familiares, de ordem financeira.
    A soma dos atos escabrosos, a sua incompetência, suas mentiras, o péssimo sentido de escolha de pessoal para funções importantes tanto para o primeiro quanto demais escalões, contemplam a presidente ser indispensável o seu impeachment, caso ainda haja interesse do povo em recuperar o País, desenvolvê-lo e obter melhores condições de emprego e possibilidade de progresso individual, afora recuperar-se dos problemas econômicos que o sufocam cruelmente pelas altíssimas taxas de juros praticadas.
    Desta forma, podemos excluir a corrupção e desonestidade que pairam sobre Dilma, hipoteticamente, que, mesmo assim, encontraríamos sobradas razões para dar um fim à sua malfadada, danosa e prejudicial administração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *