Ir ameaa suspender importaes do Brasil se Petrobrs no abastecer cargueiros

Resultado de imagem para cargueiros iranianos

Este um dos cargueiros iranianos que aguardam abastecimento

Deu no Estado de S.Paulo

O Ir ameaa cortar as importaes do Brasil se a estatal Petrobrs no reabastecer os dois cargueiros da Repblica Islmica que esto parados h semanas no Paran por falta de combustvel em consequncia de sanes impostas pelos Estados Unidos.

Em entrevista agncia Bloomberg, o embaixador do Ir em Braslia, Seyed Ali Saghaeyan, disse que entrou em contato com as autoridades brasileiras na tera-feira, dia 23, para informar que seu pas pode procurar novos parceiros para comprar milho, soja e carne se as autoridades brasileiras no resolverem a situao.

TROCAS COMERCIAIS – No primeiro semestre de 2019, segundo dados do Ministrio do Desenvolvimento, Indstria e Comrcio Exterior, o Brasil importou US$ 26 milhes em produtos iranianos. A alta na comparao com o mesmo perodo de 2018 de 800%. A ureia, um fertilizante, corresponde a 96% desse valor.

Em troca, o Brasil exportou US$ 1,3 bilho para o Ir no primeiro semestre deste ano, uma alta de 23,85% na comparao com o mesmo perodo do ano passado. O principal produto da relao o milho, responsvel por 36% das vendas. A soja vem em seguida com 34%.

“Eu disse para os brasileiros que eles devem resolver essa questo e no os iranianos”, afirmou Saghaeyan em um contato na embaixada na capital brasileira qualificado pela agncia de notcias como raro. “Se (a situao) no for solucionada, talvez as autoridades em Teer desejaro tomar decises j que (o mercado de produtos agrcolas) um mercado livre e outros pases esto disponveis.”

PASES INDEPENDENTES – Alm disso, o embaixador confirmou que seu pas considera enviar combustvel para os dois navios, mas essa seria uma opo demorada e cara, segundo Saghaeyan. “Pases grandes e independentes como Brasil e Ir devem trabalhar juntos sem interferncia de terceiros ou de outro pas”, finalizou o diplomata.

Ainda de acordo com a Bloomberg, o embaixador Saghaeyan pediu uma reunio com o ministro de Relaes Exteriores do Brasil, Ernesto Arajo, mas ainda no obteve resposta.

EM PARANAGU – Dois navios de bandeira iraniana, o MV Bavand e o MV Termeh, esto parados desde o incio de junho no Porto de Paranagu, no Paran. Os cargueiros trouxeram ureia e voltariam carregados de milho, mas a Petrobrs teme punies americanas e se recusa a abastecer as embarcaes, que esto na lista negra do Departamento do Tesouro dos EUA.

A estatal disse haver risco de ser punida nos EUA, por isso se negou a abastecer os navios iranianos. Alm disso, os navios vieram do Ir carregados com ureia, produto tambm sujeito a sanes americanas. Caso a Petrobrs venha a abastecer esses navios, ficar sujeita ao risco de ser includa na mesma lista, sofrendo graves prejuzos, afirmou a empresa.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que as sanes dos EUA ao Ir so um risco para as empresas brasileiras. Existe esse problema. Os EUA, de forma unilateral, pelo que me consta, tm embargo levantado contra o Ir (na verdade, ele quis dizer um embargo em vigor). As empresas brasileiras foram avisadas do problema e esto correndo risco.

ALINHAMENTO Bolsonaro tambm disse estar alinhado aos EUA em relao ao tema, mesmo sem ter conversado com o presidente americano, Donald Trump. “Sobre esse assunto especfico no (conversamos). Mas tem certas coisas que no precisa conversar. Estamos alinhados poltica deles, ento sabemos o que temos que fazer”, disse.

A procuradora-geral da Repblica, Raquel Dodge, tambm opinou sobre o tema e disse ser a favor da suspenso da deciso liminar que obrigou a Petrobrs a fornecer combustvel para as embarcaes no Paran.

No documento, Raquel afirma que a empresa no provou ter direito subjetivo de comprar o combustvel da Petrobrs e que possui alternativas para adquirir o produto de outros fornecedores – o que contestado pela importadora Eleva Qumica, que contratou os navios cargueiros iranianos.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
E l vai o Brasil arriscado a perder o equivalente a R$ 8 bilhes anuais de forma imbecil, por tomar partido em assunto que no lhe diz respeito, num erro diplomtico absurdo. No Supremo, Toffoli mandou abastecer os navios, mas at agora, nada.., (C.N.)

10 thoughts on “Ir ameaa suspender importaes do Brasil se Petrobrs no abastecer cargueiros

  1. Se um conhecido meu fica a p sem gasolina enquanto passa por minha casa eu tirarei a gasolina do meu carro e colocarei no dele. gentileza. ajudar o prximo. Facilitar-lhe as coisas. O Brasil apequena com esta questo. No coisa nem pra debate de to chegar as raias do absurdo. Os trabalhadores do navio iraniano certamente deixaram familiares em casa lhes esperando. A diplomacia brasileira foi mesquinha nesta questo. No se trata de negociao com o Iram; trata-se de uma ato solidrio. Ora, quando um avio brasileiro t indo em viajem internacional ele naturalmente abastece em aeroportos de outros pases. J pensou se os aeroportos se negassem a carregar os avies brasileiros? Ficariam eles l presos? No convm a ningum o Brasil se negar colocar combustvel no navio dos rabes. Deixem-no seguir viajem em paz. O mais ser ridculo.

  2. Mas ser se o povo discute as coisas sem ler?

    No o Brasil que est se recusando a negociar com o Ir, a Petrobras, a empresa e isso por que a EMPRESA poderia ser objeto de sanes internacionais, devido ao bloqueio de vrios pases que probem o comrcio de COMBUSTVEL com o Ir.

    Deu pra entender ou t difcil? Portanto no tem como no envolver a Petrobras, pois ela que est se recusando a negociar o combustvel. E no seria o Brasil que iria sofrer sanes dos EUA, seria a Petrobras.

    Totolli ao se meter onde no foi chamado, est obrigando a Petrobras a descumprir sanes internacionais impostas por vrios pases bem mais importantes que o Ir.

  3. Essa do boalnato baixar as calas para o trump de matar ! Ser que o Brasil vai roubar dois navios rabes por causa de um arroto de um maluco? Vamos interromper um negcio altamente rentvel para o nosso pas em razo de uma briguinha de comadres? ISSO RIDCULO !!!

  4. Boa tarde , leitores(as):

    Deu no Estado de S.Paulo , Senhores Eliel e Carlos Newton , acontece que o Brasil sempre foi ( continuar sendo ) retaliado e sabotado pelos Governos Norte – Americano , devido aos baixos custos da produo agro – pecuria Brasileira , frente produo e subsdios dados aos produtores Nortes – Americanos , vede as frequentes queixas do Brasil nas diversas entidades internacionais reguladoras do comrcio entre pases , portanto no adianta e nem vai adiantar nada o Presidente da Repblica Jair Messias Bolsonaro ficar de quatro para os Nortes – Americano .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.