Joaquim Barbosa (candidato?) diz que país foi sequestrado por políticos corruptos

Resultado de imagem para joaquim barbosa charges

Charge do Jeremias Castro (Arquivo Google)

Pedro do Coutto

Numa longa entrevista a Maria Cristina Fernandes, suplemento do Valor, edição de sexta-feira, o ministro aposentado do STF, Joaquim Barbosa, afirmou existir uma balbúrdia institucional no Brasil, pois o país foi sequestrado por um bando de políticos inescrupulosos que reduziram nossas instituições a frangalhos. Em nenhum país do mundo – destacou – o chefe de Governo permaneceria no cargo depois das acusações que foram feitas contra Michel Temer. Para Joaquim Barbosa, Michel Temer deveria ter tido a honradez de deixar a Presidência da República.

Joaquim Barbosa, de acordo com o texto de Maria Cristina Fernandes, seria um candidato forte à sucessão presidencial de 2018. Na entrevista, em princípio negou ser candidato, porém o tom da negativa não foi definitivo. Abriu assim a perspectiva de eventualmente assumir a candidatura, lembrando já ter recebido convites de partidos políticos como a Rede, de Marina Silva, de setores do PSB e de correntes até do PT.

E A FILIAÇÃO? – A intenção ficou no ar. Mas, digo eu, se o movimento em torno de seu nome se consolidar numa legenda, ele terá que se filiar a esse partido até 7 outubro, pois  a legislação eleitoral estabelece a exigência de um ano de filiação partidária para todos os candidatos de modo geral.

Por coincidência, na mesma sexta-feira, em entrevista a Folha de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin afirmou que será candidato à sucessão de Michel Temer, rompendo assim abertamente com o prefeito João Dória que também postula ser candidato do PSDB. Na área dos tucanos, são os dois nomes fortes, uma vez que Aécio Neves e José Serra, especialmente o senador mineiro, foram fortemente atingidos pelas delações premiadas de Joesley Batista.

PRESIDENCIALISMO – Mas vamos voltar a Joaquim Barbosa. O ministro aposentado do STF sustentou ser contrário a qualquer iniciativa que signifique um esforço para transformar o regime de Presidencialista em Parlamentarista. A seu ver, trata-se de uma ideia absolutamente caótica, sobretudo porque o Parlamentarismo já foi rejeitado maciçamente em dois plebiscitos: de 1963 e o de 1993.

Perguntado por que a população se mobilizou para derrubar Dilma Rousseff e não se mobilizou para afastar Michel Temer, acentuou acreditar que a explicação se encontra no cansaço da sociedade diante da instabilidade política do país.

A entrevistadora lembrou que Joaquim Barbosa possui uma popularidade muito ampla, não só junto às classes de menor renda, como também em relação a classe média, e o entrevistado permaneceu em silêncio diante da colocação.

CAPITALISMO – Em seguida, retomando o diálogo, Barbosa sustentou que o Brasil precisa de um capitalismo de verdade. Uma união entre o capital e o trabalho. Para ele, a Democracia baseia-se na ideia de Jean Jacques Rousseau que há séculos atrás equacionou dessa forma as forças produtivas dos países. Ressaltou, entretanto, que o tamanho do Estado na economia precisa ser diminuído, porém o mais essencial é o combate frontal e vigoroso à corrupção.

A respeito de seu conhecimento com a História Francesa, incluindo seus princípios essenciais de liberdade, Joaquim Barbosa lembrou ter residido quatro anos naquele país onde cursou mestrado em Direito. Formou-se em Direito logo após trabalhar como jornalista no Correio Brasiliense e no Jornal de Brasília.

BESTIALIZAÇÃO – Num dos trechos da reportagem, Barbosa, focalizando a campanha para 2018 disse identificar dificuldades, pois o país está sendo bestializado pelo governo Michel Temer e pelo descrédito nas instituições. Por isso a magistratura comanda o espetáculo e tem encontro marcado em 2018.

Joaquim Barbosa não esclareceu a qual tipo de encontro está no seu pensamento. Mas também não havia necessidade. Logicamente poderá marcar presença numa convergência da ética e da honestidade contra corrupção, os corruptos, os corruptores.

Deixou no ar se será ou não personagem de tal jornada. Mas o que falou foi suficiente como mensagem aberta à população brasileira.

15 thoughts on “Joaquim Barbosa (candidato?) diz que país foi sequestrado por políticos corruptos

  1. Tenho de concordar com Barbosa quando ele diz que em nenhum País do mundo o Presidente continuaria no cargo como Temer.

    Cada vez mais vamos nos distanciando da civilidade e poucos se levantam contra essas atrocidades !

  2. O grande e experiente Jornalista Sr. PEDRO DO COUTTO analisa a entrevista ao Jornal Valor Econômico de 1/9/2017, do Presidenciável Dr. JOAQUIM BARBOSA.

    O Sr. PEDRO DO COUTTO destaca a parte em que o Dr. JOAQUIM BARBOSA acredita que: em virtude das turbulências Políticas causadas pelas constantes Acusações de pagamentos de Comissões para Partidos Políticos via seus Dirigentes e Administradores Públicos, de todos os Processos em andamento, de tantos Políticos e Administradores Públicos já na Cadeia, etc, etc, nas Eleições de 2018, ano que vem, a Magistratura ( Membros e ex-Membros do Poder Judiciário), terão protagonismo fundamental nessa Eleição. Não clareia se será Candidato a Presidência da República, mas deixa entrever que sim.

    Trata-se de um Nome respeitável da Centro-Direita, que tem ideias boas.

    No campo Político é favorável ao Presidencialismo com Representação Proporcional pura no Legislativo, como temos até aqui. É contra portanto o Parlamentarismo, listas fechadas, etc.

    No campo Econômico é favorável ao CAPITALISMO BEM REGULADO, o que entendemos como a predominância da Iniciativa Privada, especialmente a de Capital com Matriz no Brasil, Estabilidade Jurídica na execução dos Contratos, garantia plena da Propriedade Privada, e mínima interferência nas Leis do Mercado, REGULADAS estas porém, com poucas Leis Corretivas. Um Mercado sem poucas Leis Corretivas, se torna Auto-Destrutivo.
    Quer a diminuição do Estado em relação ao todo da Economia, ( hoje +- 45% do PIB ), não reduzindo abruptamente o tamanho do Estado, até porque a Constituição Federal 88 não permite, mas fazendo o Estado crescer menos do que a Economia como um todo, o que logicamente ao longo do tempo, diminui o tamanho do Estado em relação ao PIB.

    A nosso ver, se entrar na disputa pela Presidência da República, será um forte Candidato.

    ;

    • O Joaquim Barbosa vem mostrando o seu viés petista e rapidamente. Fugiu do combate quando mais o Brasil precisava dele, mostrou ser covarde. Então, é melhor que fique em casa gastando a aposentadoria precoce que nós pagamos para ele.

      • Paulo2,

        Concordo plenamente contigo.

        Barbosa perdeu o trem da história porque teve medo de enfrentar o desafio de ser candidato à presidência da República.

        Agora é tarde, e não encontrará o devido respaldo político.

        Um abraço.
        Saúde e paz.

  3. Guilherme, quem tem, tem medo; é o dito popular.
    Além do mais, atos heroicos desnecessários, é sempre encarado como suicídio; temos a obrigação de preservar a vida do semelhante e principalmente a nossa.
    Não esqueçamos Celso Daniel.

  4. Joaquim Barbosa relatou o que todo cidadão por mais desinformado que seja já sabe . O problema esta no fato de como mudar esta situação , com o eleitor alienado e corrupto que somos .

  5. Esse tal joaquim não é aquele que livrou a cara da juizeca papa-chibé, do Pará, que mandou enjaular uma criança do sexo feminino numa cela com 20 vagabundos, que a estupraram desenas de vezes?
    O joaquim considerou que uma aposentadoria precoce para a juizeca seria uma punição muito rígida e penosa. Ela iria ficar recebendo o salário sem os penduricalhos que do bra os vencimentos dos juizecos, Pelo menos enquanto o renam (o dos bois alados) permitir. Esse compadecido das juizecas, para quem carne de índias jovens não tem valor algum, não aceitou que a pobre juizecazinha ficasse o resto da vida em casa sem “trabalhar” de 9:00 ás 11:30 am, que é o período em que eles(as) de fato “trabalham”. Pobres juizecos(as). Pobre Brasil!
    Esse joaquim é um forte candidato a presidanto de respública. Depois de uma dupla de analfas e um vampiro corrupto, pode vir um protetor de juizecas em risco de aposentaria antecipada.
    Que país é esse??????!!!!!!

    • Sr. Gonçalves,

      Super-Kim agora descartado e jogado nas profundezas das Salas Escuras da Liga da Injustiça era o Super-Herói da Tropinha de Choque Efeagaciana.
      Como o outro Super-Herói jogado na Cela da República de Cú-ritiba, hoje virou um relés “petralhão”
      Não serve para nada.

  6. Ele diz que o governo Temer está bestializando o país, mas não diz nada sobre as mulas lula e dilma.
    Joaquim foi um respeitável juiz, mas se perdeu quando jogou a toalha no momento em que mais o Brasil precisou dele.
    Errou feio, e mostrou que não está a altura de ser presidente, ainda que temos que admitir que seria muito melhor que as duas últimas antas.Mas isso qualquer um seria.

  7. DEIXA EU VER SE ENTENDI, Guilherme:
    -O doutor dizia que o brasileiro era racista e foi morar no país da KLU KLUX KLAN com toda a família, lugar onde, até um dia destes, negro era LEGALMENTE proibido de entrar em restaurante de branco, negro era proibido de sentar ao lado de branco e filho de negro era proibido de estudar em escola de branco ???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *