Jogo de interesses na política e no futebol

Tostão (O Tempo)

O Ministério Público de Minas Gerais pediu a cassação do vereador e presidente da Câmara de Belo Horizonte, Léo Burguês. Ele é acusado de abuso de poder econômico e político. Um juiz acatou o pedido, e outro recusou. Continuam as investigações.

“Fui eleito para isso…”

Em uma recente entrevista, Léo Burguês, para justificar seus pedidos de dar excessivos benefícios a donos de bares e restaurantes, em detrimento dos direitos dos cidadãos e dos pedestres, disse que foi eleito para defender esses interesses.

Eurico Miranda dizia também que tinha sido eleito para defender os interesses dos vascaínos. Isso acontece com grande número de políticos. Por causa dessa promiscuidade, o Brasil continua com graves problemas sociais.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *