Joice Hasselmann diz que Eduardo Bolsonaro é desagregador e o governo deu tiro no pé

Resultado de imagem para joice

Joice afirma que está ganhando “uma carta de alforria”

Mônica Bergamo
Folha

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse que ficou sabendo pela imprensa que o presidente Jair Bolsonaro a retirou do cargo de líder do governo no Congresso. “Ninguém teve a dignidade de vir falar comigo e me avisar”, afirma a parlamentar.  “Eu ganho uma carta de alforria. Graças a Deus!”, disse ela à coluna no início da tarde desta quinta-feira (17). “Estou feliz da vida.”

“Passei esse tempo todo servindo ao governo de forma leal. Inclusive deixando de cuidar do meu mandato para gerir crises e apagar incêndios. Abri mão da minha família”, diz. “Em alguns momentos, tive que engolir sapo para defender coisas com que eu não concordo.”

DUPLO PAPEL – “[Fiz o papel] de líder do governo no Congresso e na Câmara! Assumi pela falta de habilidade do governo na Câmara”, segue a parlamentar.

Joice atribuiu a sua retirada do posto ao seu apoio à permanência do Delegado Waldir na liderança do PSL. Segundo ela, a “manobra” para colocar o deputado Eduardo Bolsonaro no lugar de Waldir “é uma loucura”.

“Porque ele [Eduardo] é desagregador. Mas quando o governo quer dar tiro no pé, fazer o quê? Eu, para proteger o presidente, não entrei nisso. Não poderia colocar a minha assinatura numa loucura dessa. Mas porque eu assinei a lista de apoio ao Waldir, vem essa retaliação.”

CANDIDATURA – A deputada diz que agora vai se dedicar à sua candidatura para a Prefeitura de São Paulo pelo PSL.

“Eu agradeço ao tempo que passei [na liderança do governo no Congresso]. Líderes de vários partidos não param de me ligar dizendo que desde 2002 não veem uma liderança tão atuante.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O governo Bolsonaro está perdendo suas referências no Congresso. Bolsonaro e seus filhos pensam (?) que podem usar os partidos, os líderes e os parlamentares, para depois descartá-los por um motivo ou outro. A política não funciona assim. A família está enveredando por um caminho sem volta. (C.N.)

10 thoughts on “Joice Hasselmann diz que Eduardo Bolsonaro é desagregador e o governo deu tiro no pé

  1. A política não funciona assim; é muito pouco.
    A Vida não funciona assim e todos que trilham este caminho, estão fadados ao fracasso; o que no caso é bom pois eles com poder, até o povo brasileiro sera descartado.

  2. Os personagens do governo bozolado são, cada um deles, uma organização criminosa individual…

    Só faltam as malas cheias de dinheiro, nesta gestão protegidas por inúmeros passaportes diplomaticos, aparecerem….

    Nesse governo não se mede o politico pela honra, mas pela broma….

  3. Caminho sem volta…? Como ?
    Dilmo Boisonado esta andando em círculos. Dizem, que ele está pensando em acabar com as aulas tradicionais de francés e inglês no ensino fundamental.

    Serão substituidas por carrocinhas: de cachorro quente para o francês e de hamburguer para o inglês

    Se a experiência der resultado, serão criadas corrocinhas de cachaça para o ensino de matematica. (Uma homenagem ao Lula),

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *