Juza libera trabalho externo para Jos Dirceu num escritrio de advocacia

http://s.portalodia.com/media/editor/p6ilu1393581479.jpg

Andr Richter
Agncia Brasil

A juza Leila Cury, da Vara de Execues Penais do Distrito Federal, liberou hoje (1) o benefcio de trabalho externo para o ex-ministro da Casa Civil Jos Dirceu. Com a deciso, Dirceu ser transferido do Presdio da Papuda, no Distrito Federal, para o Centro de Progresso Penitenciria, local destinado a detentos que tm autorizao para trabalhar durante o dia.

Ao determinar a transferncia, a juza cumpriu deciso do Supremo Tribunal Federal, que, na semana passada, autorizou o benefcio para Dirceu e outros condenados em regime semiaberto na Ao Penal 470, o processo do mensalo.

Dirceu vai prestar servios no escritrio do advogado Jos Gerardo Grossi, em Braslia. Ele vai ajudar na pesquisa de jurisprudncia de processos e na parte administrativa com salrio de R$ 2,1 mil. A jornada das 8h s 18h, com uma hora de almoo.

Os ministros do STF aceitaram recurso da defesa contra deciso do presidente da Corte, Joaquim Barbosa, que rejeitou a autorizao individualmente em maio, por entender que Dirceu e os demais apenados no cumpriram o mnimo de um sexto da pena para terem direito ao benefcio. O ex-ministro foi condenado a sete anos e 11 meses de priso em regime semiaberto. Com base no entendimento, Jos Dirceu nem chegou a ter o benefcio autorizado antes da deciso do plenrio.

19 thoughts on “Juza libera trabalho externo para Jos Dirceu num escritrio de advocacia

  1. Z Dirceu est preso. Em regime semi aberto, mas est preso. Para uma homem que tinha poder e prestgio na sociedade o castigo foi enorme. A desmoralizao, a chacota, o leva e traz da polcia Federal. Olha, no fcil. E o crime, o lobby, uma prtica que no pode ser considerada como uma atitude criminosa uma vez que no Brasil usado na poltica desde o imprio. O imperador atraa os adversrios com benesses , oferecia cargos pblicos para jornalistas escreverem a favor do imprio. Na ditadura diziam abertamente ” dando que se recebe “. O FHC foi acusado de comprar o congresso por 200 dinheiros, est a posando de tico, honesto, e sbio acadmico, querendo de volta o poder.
    A punio a Z Dirceu est sendo cruel porque ela foi tramada pelos polticos, que teceram uma armadilha que envolveu at o Joaquim Barbosa, que, por vaidade, para mostrar independncia, ainda foi mais cruel com os condenados do PT. Este episdio do mensalo carece de muita anlise.

  2. Prezado Renato Lima,
    A complementao do teu nome indica que ests mesmo fora do ninho.
    Fora da realidade, da verdade, investigaes, provas, depoimentos, testemunhas, inquritos, julgamentos, defesas, acusaes … contra os mensaleiros e seus crimes contra a Ptria e povo!
    Nessas alturas querer ainda contestar o mensalo uma atitude que extrapola o bom senso, alheio aos acontecimentos que determinaram a priso desse crpula e agora liberado para “trabalhar” durante o dia.
    Certamente vai custar a se adaptar o Z Dirceu com a luz do sul, haja vista ter preferncia pela calada da noite para elaborar seus planos maquiavlicos de se manter no poder, juntamente com o seu partido.
    Enfim, registrar dvidas quanto existncia do maior escndalo poltico surgido na Repblica desde a sua Proclamao querer se manter alheio aos crimes cometidos, distante das leis, na defesa de um partidarismo que no merece qualquer esforo neste sentido.
    Volta para o ninho, Renato, pois ests muito verde para te aventurar sozinho neste meio to perigoso e ilusrio, que a poltica brasileira se caracteriza.
    No te deixes enganar pelo que te dizem no PT, mas concedas mais crdito Polcia Federal, Ministrio Pblico, e a maioria dos ministros do STF que condenou o traidor Z Dirceu e comparsas neste episdio.
    Trata-se de uma sugesto, claro.

    • Prezado Bendl, “A Cesar o que de Cesar”. Todos os partidos deveriam ter seus integrantes presos por formao de quadrilha (vide definio no Cdigo Penal).

      Sem peessedebismo, petismo, demismo ou qualquer outro “ismo”, temos que admitir que a classe poltica brasileira podre mesmo. O senhor conhece bem o candidato atual presidncia pelo PSDB ? Tem certeza que o conhece ?

      Eis uma notcia que poderia se transformar em denncia pelo MPF (ex oficio) :

      Deputado diz que vendeu seu voto a favor da reeleio por R$ 200 mil

      13/05/97
      Editoria: BRASIL
      Pgina: 1-6

      FERNANDO RODRIGUES
      da Sucursal de Braslia

      O deputado Ronivon Santiago (PFL-AC) vendeu o seu voto a favor da emenda da reeleio por R$ 200 mil, segundo relatou a um amigo. A conversa foi gravada e a Folha teve acesso fita.
      Ronivon afirma que recebeu R$ 100 mil em dinheiro. O restante, outros R$ 100 mil, seriam pagos por uma empreiteira -a CM, que tinha pagamentos para receber do governo do Acre.
      Os compradores do voto de Ronivon, segundo ele prprio, foram dois governadores: Orleir Cameli (sem partido), do Acre, e Amazonino Mendes (PFL), do Amazonas.
      Todas essas informaes constam de gravaes de conversas entre o deputado Ronivon Santiago e uma pessoa que mantm contatos regulares com ele. As fitas originais esto em poder da Folha.
      O interlocutor do deputado no quer que o seu nome seja revelado. Essas conversas gravadas com Ronivon aconteceram ao longo dos ltimos meses, em diversas oportunidades.

      Outros venderam
      Nas gravaes a que a Folha teve acesso, o deputado acreano diz no ser o nico parlamentar que se vendeu na votao da reeleio, no ltimo dia 28 de janeiro, quando a emenda foi aprovada, em primeiro turno, com 336 votos favorveis na Cmara.
      ”O Amazonino marcou dinheiro para dar (R$) 200 (mil) para mim, 200 pro Joo Maia, 200 pra Zila e 200 pro Osmir”, diz Ronivon na gravao.
      Os personagens citados so os deputados federais Joo Maia, Zila Bezerra e Osmir Lima, todos do Acre e filiados ao PFL.
      Outro parlamentar tambm recebeu dinheiro para votar a favor da reeleio, conforme explicao de Ronivon.
      Eis como Ronivon menciona esse fato em suas conversas: ”Ele (Amazonino) foi e passou (o dinheiro) pro Orleir (…) Mas no dia anterior ele (Orleir) parece que precisou dar 100, parece que foi pro Chico, e s deu 100 pra mim.”
      Na gravao, Ronivon fazia referncia a deputados do Acre. O nico deputado do Acre conhecido como Chico Chico Brgido (PMDB), que, sempre segundo as conversas de Ronivon, entrou no negcio na ltima hora. Por isso, Orleir Cameli precisou de mais dinheiro e teve de dividir uma das cotas de R$ 200 mil.
      Em alguns momentos, entretanto, o deputado sugere que Chico Brgido e Joo Maia tambm receberam apenas R$ 100 mil.
      Dos 8 parlamentares acreanos na Cmara, 6 votaram a favor da emenda da reeleio e 2 contra.

      Venda corriqueira
      Ronivon tem comentado a sua venda de voto a favor da reeleio como se fosse algo corriqueiro. Fala com vrios colegas deputados. Algumas dessas conversas casuais que foram gravadas.
      Nessas gravaes, o deputado revela detalhes de toda a operao.
      Primeiro, Ronivon diz que foi contatado pelo governador do Acre, Orleir Cameli. Em troca do voto a favor da emenda da reeleio, cada deputado recebeu R$ 200 mil. O pagamento foi por meio de um cheque pr-datado -deveria ser depositado s depois de a votao ter sido concluda favoravelmente ao governo.
      As fitas apontam que, nos dias que antecederam a votao, cheques nesse valor foram entregues para, pelo menos, quatro deputados acreanos: Ronivon Santiago, Joo Maia, Osmir Lima e Zila Bezerra.
      Na gravao, Ronivon afirma que os cheques eram do Banco do Amazonas, em nome de uma empresa de Eldio Cameli, irmo de Orleir Cameli.
      Apesar de tudo acertado, a operao acabou no agradando aos deputados nem ao governador acreano. O arrependimento se deu na vspera da votao da reeleio. Era uma segunda-feira, dia 27 de janeiro passado.

      ”Voc infantil”
      De acordo com Ronivon, em conversas posteriores venda de seus votos, os parlamentares comearam a avaliar que poderiam ser logrados depois da votao. Nada impediria, pensaram, que os cheques fossem sustados.
      J aos ouvidos de Orleir Cameli chegou um alerta importante do seu colega do Amazonas, o governador Amazonino Mendes.
      Segundo Ronivon relata a seu amigo, Amazonino foi precavido e disse o seguinte a Cameli: ”Voc to infantil, rapaz. Vai dar esse cheque para esse pessoal? Pega um dinheiro e leva”.
      Depois dessa sugesto de Amazonino Mendes, conta Ronivon Santiago, o governador do Acre ”pegou todo mundo e deu a todo mundo em dinheiro”.
      O dinheiro, emprestado a Orleir por Amazonino Mendes, s foi entregue aos parlamentares na manh do dia da votao do primeiro turno da emenda da reeleio, 28 de janeiro, uma tera-feira, conforme a gravao.
      A entrega dos R$ 200 mil, em dinheiro, para cada deputado, foi feita mediante a devoluo dos cheques pr-datados -que foram rasgados na frente de Orleir, segundo relato de Ronivon .
      A troca dos cheques por dinheiro ocorreu em um local combinado em Braslia. Cada deputado se apresentou, rasgou seu cheque na hora e recebeu o pagamento em dinheiro dentro de uma sacola.
      ”A chegou o Osmir, estava l com a sacola assim… (risos). Joo Maia com a outra”, relata Ronivon, de bom humor, a cena da manh que antecedeu a votao.
      ”Sou leso?” Endividado, Ronivon diz que usou o produto da venda de seu voto para diminuir dbitos bancrios. O deputado disse que saldou uma dvida de ”196 pau” (R$ 196 mil) que tinha contrado em bancos. Nas suas conversas, o deputado cita quatro bancos onde contraiu dvidas: Banco do Brasil, Caixa Econmica Federal, Banco de Braslia e Banacre (do governo do Acre).
      Ronivon diz que aproveitou tambm o dinheiro obtido com a venda de seu voto a favor da reeleio para resgatar cheques sem fundos que havia emitido.
      Cauteloso, no quis fazer os pagamentos logo depois da votao da reeleio. ”Sou leso?”, pergunta aos risos para seu interlocutor em uma das gravaes.
      ”Leso”, segundo o ”Novo Dicionrio Aurlio”, significa ”idiota” e ”amalucado”. A pronncia correta pede que a primeira slaba seja tnica: ”l-so”.
      Para evitar que fosse rastreado o dinheiro, Ronivon explica que saldou totalmente suas dvidas apenas no incio de maro -quando d a entender que j teria recebido todo o pagamento pelo seu voto.

      Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/circulo/pre_mer_voto_1.htm

      claro que a Folha publicou, mas o globo e o estado se omitiram. E continuaram assim.

      Abraos !

  3. Crimes contra a ptria e o povo ? O que isso meu caro Francisco Bendl, no nada disso. Me refiro a justia draconiana aplicada aos polticos do PT, pela prtica de lobby poltico. Quais foram mesmo os crimes cometidos pelo Z Dirceu para tanta dureza da lei ? Se a justia concede benefcios a apenados que cometeram crimes gravssimos porque o Z Dirceu no pode cumprir regime semi aberto e trabalhar ? Dois pesos duas medidas no combinam com justia. s isso. Eu me intitulei de estranho no ninho justamente por sentir que sou discriminado por defender os poltico do PT contra o dio desproposital imposto aos quadros do PT. Olha Bendl, no sou o que tu pensa que eu sou. No sou adversrio, no. Mas o povo, at agora, h 12 anos, est com o PT, democraticamente, no voto.

  4. Renato Lima,
    Gosto de debater contigo pelo respeito e educao que caracterizam as tuas respostas, rplicas e trplicas …
    O crime poltico muito diferente do criminal, pois este pessoal, passional, vingana, furto …
    Z Dirceu e comparsas atentaram contra a Nao e povo brasileiro quando estabeleceram um plano de se perpetuar no poder, altamente comprovado, prejudicando exatamente o processo democrtico.
    Ento, a sua atitude foi grave contra as instituies, at mesmo contra o voto que milhes tm depositado no PT em face do seu discurso e comportamento populista, sufrgios na maioria adquiridos em troca do bolsa famlia, portanto, nem tanto de livre e expontnea vontade popular.
    Quanto a trabalhar fora do regime carcerrio, a lei est clara no sentido de somente aps 1/6 da pena cumprida ter direito a este benefcio, caso tambm o seu comportamento estiver de acordo com as normas do presdio.
    Evidente que a claque petista se arvora contra esta deciso porque sua tarefa espernear, berrar por injustia, exatamente como os chefetes determinam, considerando o crime que os sectrios e membros do PT cometeram contra Joaquim Barbosa (foi ameaado de morte por um dirigente petista do Nordeste, conforme investigao da PF), que foi algo jamais visto nas redes sociais em termos de injria, calnia e difamao!
    Desta forma, o PT e seus admiradores trazerem a discusso sobre o aspecto de ser injusta as prises dos criminosos petistas envolvidos no mensalo, soa falso, mentiroso, pelo simples fato que detestam a imparcialidade, a iseno, que se pode observar largamente pelo comportamento de parte da imprensa absolutamente favorvel ao PT em quaisquer cinrcunstncias, abandonando de vez o seu papel de informar com independncia.
    Por outro lado, quem odeia so os petistas, basta tu leres com mais ateno a maneira como se dirigem a quem deles discorda. Alis, este espao democrtico serve como exemplo quando os j conhecidos defensores do Lulopetismo se dirigem aos crticos do partido e do ex-presidente.
    Os caras vm com a faca nos dentes, acusando, mentindo, inventando, criando celeumas desnecessrias para fugirem do tema, e tornando-o particular para amedrontar o oponente.
    Destina um pouco do teu tempo e l como se dirigem ao PSDB e FHC, e verifica quem tem dio de quem.
    Presta mais ateno aos discursos de Lula – “a elite branca” – com relao diviso deste Pas como est sendo feita pelo segregacionismo, preconceito e diferena de tratamento entre a populao, conforme as palavras proferidas por este indivduo que se mostrou um desqualificado para a funo to importante de Presidente da Repblica.
    Ora, Renato, colhe-se o que se planta.
    O PT foi o primeiro a odiar, ter raiva, acusar, e deseja agora ser bem tratado?!
    Vamos e venhamos, acho que at est sendo muito respeitado pelo quanto cometeu de desmandos e descalabros quando era oposio e segue neste caminho ora testa do governo central!
    Evidente que no s inimigo, mas no te colocas no lugar de seres nosso inimigo, Renato, ao querer mascarar uma realidade gritante a respeito da incompetncia e ineficincia, desonestida e corrupo, do PT, que no merece a defesa que fazes de um partido que se mostrou to igual aos demais e, em certos casos, foi mais deplorvel e deletrio em suas intenes e medidas levadas a efeito contra o Brasil e sua populao em todos os tempos!
    Sobre o que penso a teu respeito, os meus comentrios dirigidos diretamente a ti do um boa pista que te tenho como um cidado que merece respeito, que deve ser contestado, sim, quando tuas idias forem de encontro quelas que a maioria no entende da tua forma, e que deves fazer o mesmo de acordo com as tuas convices, porm, levando em conta primordialmente a verdade, a realidade de um governo cujo objetivo ideolgico, e no idealista.
    Um abrao, Renato.

  5. isso a, Francisco Bendl, ns queremos um Brasil melhor,mais justo, prspero e tico. Cada um do seu lado, mas pelo bem do Brasil, juntos !

    Sade,paz e amor, meu caro Franscisco Bendl !

  6. As pesquisas confirmam a eleio da presidente Dilma. Em todas as pesquisas, Acio perde para Dilma, no 1 e 2 turno. Melhor para o Brasil porque o PSDB o partido de FHC, o maior corrupto e anti tico do Brasil dos ltimos 30 anos. Esperos que se confirme as pesquisas. No justo, Acio, administar a fortuna do pr sal, logo no primeiro ano da produo.

  7. Essa nossa justia magnifica. Todos que foram filmados pegando dinheiro de corrupo, como Jose Roberto Arruda, Jaqueline Roriz, ou pagando suborno como o Daniel Dantas, ou com dinheiro em contas provados serem de desvios do metro, esto soltos. Contra Jose Dirceu nunca existiu uma conta, um dinheiro, apenas a esdruxula teoria do dominio do fato, no existe uma gravao como a do Fernando Henrique sendo acusado de comprar parlamentares, e seus 374 inqueritos contra ele e seus ministros nas prateleiras da Procuradoria devidamente engavetados. Todos esses que citei so figuras envolvidas no mundo politicos e MILIONARIOS, e devidamente soltos para se candidatarem, andarem, irem e virem,

    • Pois Renato, ta solto porque aqui a Justia no como a da Frana, que fechou o Sarkozy, para ele explicar o que andou fazendo na Presidencia. Ja imaginou se Sarkozy tivesse comprado, no os 298 votos de deputados para a reeleio, aqui no Brasil, mas se tivesse comprado um so deputado, quanto ele pegaria de cadeia?

  8. Mas no so a Justia que esta doente, vemos a midia, nunca se preocupar por exemplo, com aqueles rapazes da policia militar que sequestraram e mataram o pequeno Yves Yoshiaki Ota, e que esto fora da priso ha anos.
    Talvez esses antigos militares tenham uma unha encravada e correriam perigo de infeco se continuassem presos.
    Mas vamos prender o Ze e o Genuino, se os soltarem, nos com nosso odio nos mesmos “decibeis” do Joaquim Barbosa, iremos gritar a mais no poder, com o resto nos nos calaremos.

  9. Bravo , Francisco de Assis, isso mesmo. Sarkosy neoliberal como Aciodonosor. S que na Frana partido no compra congresso para se perpetuar no poder. Aqui, no Brasil, O PSDB comprou a reeleio com plano de 20 anos de poder. Conseguiu no estadual ,mas no federal se deu mal. O pensamento do abjeto FHC foi assim. Vamos comprar o congresso para obter a reeleio, com Minas e So Paulo nas mos, vamos faturar todas as eleies porque Minas e So Paulo so os dois maiores colgios eleitorais. S que aconteceu um imprevisto. Lula ! Vai perder de novo, s que agora vai perder Minas e So Paulo.

  10. Francisco: Como sou admirador de teus comentrios, permito-me uma correo de ordem ortogrfica: espontnea e no “expontnea”. Abraos, tch!!!

  11. Jorge Antnio do Carmo,
    Em razo de eu ter me ausentado ontem noite e voltando agora, de madrugada, li o teu comentrio digido a mim, que respondo com um certo atraso, mas me penitenciando pela falha involuntria.
    Vamos l:
    Em dois anos e meio que frequento a Tribuna da Internet, quem me conhece sabe que no perteno a partido algum, que tenho sido um crtico custico e contumaz de qualquer parlamentar e partidos polticos, indistintamente.
    Se a tua inteno foi para que eu considerasse os problemas com FHC relativos compra de votos para a reeleio de Presidente da Repblica, tal crime deveria ter sido investigado com rigor e seus responsveis presos, indiscutivelmente.
    No entanto, presta ateno:
    O PT vinha se organizando cada vez melhor a cada derrota sofrida por Lula presidncia do Brasil. Foi assim com Collo e depois FHC, duas vezes.
    Lula sabia que a reeleio daria mais quatro anos ao PSDB, aproveitando-se da mar favorvel da inflao ter sido controlada, entretanto, causaria aos petistas mais tempo para criticar ferozmente a atuao de FHC, e sabendo que seria o sucessor natural deste pela organizao partidria e porque o povo queria mudanas, ainda mais com a campanha de Lula fortalecendo a esperana.
    Quando Lula foi eleito, ele deveria ter tomado algumas medidas de cunho tico:
    1) Uma auditoria externa rigorosa com relao s privatizaes;
    2) Exigir investigaes sobre a possvel compra de votos reeleio, que deu mais quatro anos ao PSDB e FHC;
    3) Diante das irregularidades que aprovaram a medida da reeleio, Lula deveria ter enviado um projeto ao Congresso para ELIMINAR esta deciso.
    O PT e Lula se omitiram de trazer tona essas questes altamente importante para o Pas.
    Na razo direta que o PT sempre teve consigo plano de poder, jamais de governo, e utilizando a reeleio que tanto criticara anteriormente, porm agora em seu benefcio, Lula foi reeleito, e seus companheiros que haviam sentido o gosto pelo Palcio do Planalto e suas regalias, resolveram adotar um procedimento idntico ao FHC para se manter no poder:
    Comprar partidos e parlamentares manuteno da presidncia nas mos petistas indefinidamente.
    Eis que surge, ento, o mensalo. Um plano mais bem elaborado, sofisticado, haja vista premiar os “aliados” com dinheiro e cargos no governo, segundo e terceiros escales, afora participao em conselhos de estatais, loteando o Brasil para quem desse apoio ao PT indiscriminadamente.
    Tal engendrao contrria democracia, instituies, Pas e povo, foi descoberta, denunciada por um dos comparsas.
    E veio a pblico a tramia, os desvios de verbas, os roubos de dinheiro em pagamentos de publicidades no feitas, bancos que se juntaram para saquear o errio pblico, enfim um escndalo sem precedentes na Histria do Brasil pela quantidade de envolvidos e o montante apurado de quantias gastas neste “empreendimento”.
    Neste aspecto, Jorge, a oposio foi muito mais atuante que o PT com relao a FHC quando surgiram rumores da compra de votos reeleio.
    Houve a CPI do mensalo e, o Brasil, ficou estupefato pelos crimes cometidos pelo partido que no corrompia e no era corrupto, conforme afirmara Z Dirceu!
    O autor do projeto criminoso foi ele mesmo, Z Dirceu, com a conivncia de Lula, claro.
    Independente de ter feito o seu sucessor, a presidente Dilma, o PT inicia a sua queda tica e moral, somando-se a esta imagem deteriorada outros escndalos como a Rose, aproximao com Maluf, as alianas esprias, aparelhamento do Estado, o STF como apndice do Executivo, os prejuzos Petrobrs, o crescimento pfio a cada ano, o tal de “pibinho”, os investimentos em Cuba, enquanto que reas cruciais do Pas esto carentes de verbas h tempos, a quantidade desnecessria de ministrios, o dinheiro fantstico gastos em estdios de futebol, contratos superfaturados, licitaes dirigidas, parlamentares petistas envolvidos em desonestidade e corrupo, uma srie infindvel de ocorrncias que nivelou o PT aos demais partidos e com agravantes de, em certos casos, ter sido pior do que todos eles juntos!
    A campanha srdida contra Barbosa, as atuaes deplorveis dos sectaristas contra o ex-presidente do STF como Relator do Processo que condenou as estrelas do PT cadeia, demonstraram cabalmente que, para os petistas, o combate poltico no tem regras, que substituram o patriotismo pelo partidarismo, que esta Nao governada para fins ideolgicos e no idealistas.
    A liberao dos criminosos petistas para trabalharem durante o dia um escrnio ao trabalhador, pois esta corja JAMAIS trabalhou, apenas se utilizou das benesses do poder, verdadeiros prias da sociedade, que nunca contriburam positivamente para nosso desenvolvimento, tampouco para a convivncia entre os brasileiros.
    Quanto eu conhecer Acio ou no, o meu voto vai para um candidato que no tenha sido eleito ainda, o que venho escrevendo h meses.
    E se esta reportagem sobre o que afirmei acima servir como denncia, o problema do PT que, poca, no foi competente – ou melhor, no quis levar adiante porque sabia de antemo ser beneficiado por ela no futuro.
    O tal jogo poltico, onde somos apenas peas deste xadrez que NO visa a vitria das pedras brancas ou pretas, mas como ficar mais tempo de posse do Tabuleiro!
    Um abrao, Jorge.

Deixe um comentário para Francisco de Assis Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.