justiça Eleitoral se reúne hoje para debater a viabilidade da convocação do plebiscito

Jorge Wamburg
(Agência Brasil)

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Cármen Lúcia, convocará uma reunião extraordinária para discutir a realização de um plebiscito sobre a reforma política no país. Ela falou sobre o assunto depois de receber o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Segundo Cármen Lúcia, o ministro apresentou uma consulta da presidenta Dilma Rousseff sobre o prazo necessário para a realização do plebiscito.

“É óbvio que a Justiça Eleitoral está sempre pronta para cumprir a Constituição Federal, mas, como o tribunal está entrando em recesso, vou convocar uma reunião extraordinária para tratar do assunto”, disse Cármen Lúcia, ao final da sessão de encerramento dos trabalhos do TSE no primeiro semestre. “Por enquanto não há nada a dizer porque, como se trata de uma consulta sobre prazos, temos de ouvir os nossos órgãos técnicos”, acrescentou. De acordo com a ministra, a reunião extraordinária do TSE ocorrerá durante o recesso, mas ainda não há uma data definida.

Cármen Lúcia também se reunirá esta terça-feira, em Brasília, com os presidentes dos 27 tribunais regionais eleitorais (TREs) para saber o que eles pensam sobre o assunto.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

4 thoughts on “justiça Eleitoral se reúne hoje para debater a viabilidade da convocação do plebiscito

  1. Não se engane , as reivindicações que são as verdadeiras necessidades do povo, que se resume em melhores condições de vida, já está cozinhando no forno de pizza do governo com o nome de plebiscito. Ainda agora assisto o bando governamental com o cardozo e outros do tipo armando mais essa enganação.
    São as velhas e boas malandragens que mudam as coisas para ficar tudo mesmo jeito que está.

  2. SERÁ ESTE O FIM DA PICADA? As massas invadiram ruas por todo o país clamando por melhores condições de vida e em troca população poderá ser forçada a debater política em plebiscito, tutelada por cúpulas parlamentares que caminham para o fim de mandatos arrepiadas com as ondas populares e só pensando na manutenção do status quo. Tergiversar sobre a crise pode lhes render tiros nos pés… http://www.facebook.com/valmor.stedile

  3. Constituinte não é opção, é uma necessidade para o Brasil. Junto com ela:
    parlamentarismo,
    voto facultativo e distrital,
    financiamento privado de campanha,
    fim das coligações; do voto de liderança e secreto; da necessidade de maioridade penal; das Medidas Provisórias; dos cargos de confiança e terceizações,
    fidelidade partidária,
    orçamento impositivo (saudades da senadora Heloisa Helena),
    alteração constitucional somente com referendo;
    prioridade para saúde, segurança e educação;

    etc, etc,etc.

  4. MÚSICA UNIVESITÁRIA E PÉ DE SERRA ESTILOS COMOVENTES.

    1)Samba universitários
    2)Axé univervisitário
    3)Reggae universitário
    4)Rock universitário
    5)Sertanejo universitário
    6)Rock universitário
    7)Pagode universitário
    8)Tango universitário
    9)Hip Hop universitário
    10)Musica clássica universitária
    11)Forrô universitário
    12)Bolsa nova universitário
    13)Bolero universitário
    14)Charme universiário
    15)Frefo universitário

    Já o FUNk, por não ter terminado o ensino fundamental. Só pode entender de… Já sobre plebescido sobre reforma política. Só nas próximas gerações quando a educação melhor após tantos protestos. Imanigem uma bolsista do governo(Bolsa família) Discutindo com sua vizinha sobre voto distrital?

    1)Funkeiros=36.000.000 de votos
    2)Bolsa família=13.000.000 de votos.
    3)Militantes petistas=10.000.000 de votos
    4)Base aliada=9.000.000

    Total:58.000.000 de votos de analfabetos funcionais para ser manipulado por marqueteiro João Santana, Dilma, Lula, Gilberto e Zé Dirceu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *