Lava Jato vai ajudar investigação de lobbies feitos por Lula

Thiago Bronzatto
Época

As investigações do Ministério Público Federal no Distrito Federal sobre a suspeita de tráfico de influência internacional praticado pelo ex-presidente e a Operação Lava Jato poderão confluir em algum momento. Os investigadores de Brasília já pediram à força-tarefa de Curitiba o compartilhamento de provas.

Procuradores da capital federal apuram se os cerca de R$ 10 milhões pagos pelas empreiteiras envolvidas no Petrolão para a LILS, empresa de palestras de Lula, tiveram origem lícita e uma contraprestação de serviços. Caberá, portanto, ao Ministério Público indicar se há elementos que justifiquem a denúncia do ex-presidente.

MIGUEL JORGE

Procurado por Época para esclarecer os e-mails apreendidos pela PF que mostram Lula fazendo lobby, o ex-ministro Miguel Jorge disse que Lula agiu de forma apropriada. “Se o lobby é feito sem nenhum interesse de lucro pessoal, todo ex-presidente e ex-ministros deveriam usar sua influência em favor das empresas de seu país. Lula, por exemplo, cobra cerca de US$ 200.000 para dar uma palestra para cerca de 300 pessoas, sem promover um produto específico, enquanto o ex-presidente americano Bill Clinton cobra cerca de US$ 300.000”, disse.

Questionado sobre o fato de Lula receber dinheiro da Odebrecht, sua maior cliente, para dar palestras em países onde a construtora possui obras financiadas pelo BNDES, Miguel Jorge respondeu: “Aí, é uma avaliação que não é tão fácil de fazer”.

INSTITUTO LULA

O Instituto Lula, por sua vez, disse que processará jornalistas de Época. “A diplomacia presidencial contribuiu para aumentar as exportações brasileiras de produtos e serviços, que passaram de US$ 50 bilhões para quase US$ 200 bilhões”, disse o Instituto. “Temos a absoluta certeza da legalidade e lisura da conduta do ex-presidente Lula, antes, durante e depois do exercício da Presidência do país, e da sua atuação pautada pelo interesse nacional”, disse o Instituto, em nota.

Quanto à investigação do Ministério Público sobre Lula, o Instituto Lula afirmou que “há a afirmação textual do procurador de que não há elementos que comprovem nenhum ilícito e que a abertura do inquérito deu-se para estender o prazo”. Por fim, o Instituto disse que “não há o que comentar sobre supostos documentos mencionados pela revista sem ter conhecimento da íntegra desses documentos sem manipulações, para oferecer a resposta apropriada, se for o caso”.

BNDES NEGA…

O BNDES disse que “todos os contatos entre o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, e o então presidente Lula ocorreram dentro do papel institucional de cada um e da mais absoluta lisura”. Afirmou o banco: “Faz parte da rotina do presidente do BNDES receber empresários e representantes de países estrangeiros. A tramitação das operações de financiamento do BNDES obedece a um processo de análise rigoroso e impessoal, envolvendo mais de 50 pessoas, entre equipes técnicas e órgãos colegiados”.

Procurada, a Odebrecht Infraestrutura diz que mantém uma relação institucional com o ex-presidente Lula e que ele foi convidado para fazer palestras em eventos voltados a defender “as potencialidades do Brasil e de suas empresas”.

A empresa diz que apresentou proposta para o projeto do Terminal do Aeroporto de Mongomoyen, na Guiné Equatorial, mas não foi vencedora na licitação. A construtora também disse que os trechos de mensagens eletrônicas apontadas em relatório da Polícia Federal apenas registram uma atuação institucional legítima e natural nos debates de projetos estratégicos para o país. A companhia lamentou a divulgação e “interpretações equivocadas dos e-mails”.

3 thoughts on “Lava Jato vai ajudar investigação de lobbies feitos por Lula

  1. >> Versão reduzida da reportagem de capa de ÉPOCA desta semana:

    Na manhã de 13 de março de 2013, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva embarcou em São Paulo num jato Falcon 7x, fretado pela construtora Odebrecht, rumo a Malabo, capital da Guiné Equatorial. O país é governado há 36 anos pelo ditador Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, com quem Lula mantém excelentes relações. Lula se encontrou com empreiteiros brasileiros, que reclamavam da demora do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES, e do Banco do Brasil para a liberação de financiamentos de obras na África. Em seguida, esteve com o vice-presidente da Guiné, Ignacio Milán Tang. Falou como homem de negócios. Disse que estava ali para conseguir contratos para a Odebrecht. Usou sua influência sem meias palavras. O mais poderoso lobista da Odebrecht entrava em ação.

  2. Qualquer ser vivente que possua pelo menos meio nerônio funcionado, mesmo que precariamente , é capaz de chegar às mesmas conclusões sobre o ordinário Lula , que aqueles seres que afortunadamente possuem o privilégio de ter alguns ou muitos neurônios em bom estado de conservação e funcionamento.
    Lula continua sendo o mesmo salafrário , desde que pôs o cabeção para fora da pobre coitada vagina maternal.
    Basta que releia , de forma, desapaixonada , a vida deste meliante trapaceiro. São muitos os relatos.São muitos os fatos que revelam o esgoto moral em que este vagabundo vegetou em cada ano de sua vida.Os fatos que agora vem à tona cobrem de razão todos aqueles que, de uma forma ou de outra ,tentaram desfazer a mitologia criada por grande parte da imprensa , da política e de pessoas ilustres da vida nacional.
    O espertalhão transformado em ídolo .O ladrão transformado em pai dos pobres. 71 transformado em líder.O trapaceiro travestido de líder inconteste.
    Nos últimos dias estamos assistindo , alguns pasmos , outros não, a revelação da face verdadeira do maior cafajeste que esse Brasil nosso de cada dia já cultuou. Um ladrãozinho barato disposto a vender o Brasil dos brasileiros para meia dúzia de canalhas , tão ou mais canalha do que o próprio Lula.
    A Revista Época traz hoje mais uma revelação das trapaças de Lula usando o nossa grana . A grana de nossos suados e escorchantes impostos e que recheia os cofres do BNDES.Roubou a nossa grana,como que rouba doces e hospitais dos pobres , para encher as burras da Odebrecht e de ditador africano vagabundo que assassina seu povo há 36 anos.
    Não foi, como disse a dias a sede da ORCRIM, uma tal de instituto Lula , para matar a fome dos mais necessitados mundo a fora. Este “nobre desejo” de Lula , vê-se , nunca existiu .Lula mata sim, a fome de empreiteiros desonestos , a sua própria e sede de enriquecimento de seus filhos.
    Lula entrou na presidência deste país rico.Hoje é um miliardário da grana roubada de todos os brasileiros.
    Lula é isso aí.Um escroque , uma ladrãozinho barato , um camelô de bugigangas , um 71 profissional que não pensa duas vezes em enriquecer vendendo a nação.
    Lula “cobra” US$ 300 mil por uma palestra que nenhuma empresa séria, profissionalmente,contrataria… Lula tem fazenda que está em nome de laranjas , mas que todos sabem que é dele.
    Lula tem um triplex de altíssimo luxo, roubado de bancários idiotas que pagaram e não receberam, mas que pertence a uma de suas financiadoras. Lula tem filhos milionários que “venceram” na vida,sem um miserável calo nas mãos .Lula está milionário, mas sua fortuna é um fantasma em nome de terceiros.
    Lula é um gênio. Um gênio da roubalheira da grana pública.

    PS. Peço desculpa ao Carlos Newton pelo texto longo, mas é que achei interessante.Reflete o ódio que esse mequetrefe incutiu ao brasileiros por todas as falcatruas que ele praticou com Brasil.
    PS1 Texto do blog gente decente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *