“Le Figaro” elogia Putin por ser o único líder europeu que diz não aos EUA

Charge de Eric Allie, reprodução do Arquivo Google

Giovanni G. Vieira

O conhecido jornal francês “Le Figaro” publicou na quinta-feira extenso artigo dedicado ao Presidente russo Vladímir Putin, por ser o único líder europeu que se permite dizer “não” ao governo dos EUA. O jornalista francês Éric Zemmour, apresenta um resultado decepcionante para a Europa contemporânea: a dependência política, a negligência dos valores cristãos, a desconfiança dos cidadãos nas instituições governamentais. De acordo com Zemmour, para a Europa, Putin é um reflexo de sua consciência.

“É uma espécie de Papa, que nos diz: ‘Foi a Europa que criou você e seu cristianismo’. Volto a repetir: ele é o único líder europeu que diz “não” aos norte-americanos, como fazia outrora Charles de Gaulle. Putin é o único chefe de Estado europeu que defende as raízes da sociedade tradicional, apesar do fato de que todos os outros líderes ocidentais têm procurado erguer o indivíduo de suas raízes ao posto de divindades poderosas” – observa o jornalista em seu artigo.

Zemmour fala do retorno de políticas conservadoras de Putin, dirigidas não para criar obstáculos ao movimento “Para a Frente e Para o Alto”, mas projetada para proteger contra “o Movimento Para Trás e Para Baixo”, que visa a escuridão caótica, um retorno ao estado político primitivo. E graças à sua posição prudente e conservadora, a Rússia está se tornando uma resposta maior entre os cidadãos dos países ocidentais, disse Zemmour.

Nas palavras do jornalista do “Le Figaro”, o universalismo arrogante dos Estados Unidos “tem levado a muitos desastres do mundo, enquanto o formalismo jurídico europeu provoca decepção generalizada.

O jornalista encerra o artigo com a conclusão de que o que atrai os cidadãos do Ocidente para a Rússia não é sucesso do país, mas o medo do declínio do modelo ocidental.

(texto enviado pelo jornalista Sergio Caldieri)

7 thoughts on ““Le Figaro” elogia Putin por ser o único líder europeu que diz não aos EUA

  1. -Sabe aquela preocupação que você tinha com a ecologia, com os catalizadores, com o desmatamento e com a extinção de animais?
    -ESQUECE! A situação política mundial e o risco de um CONFLITO NUCLEAR ficou muito pior que se divulga na imprensa ocidental:

    “LINHA VERMELHA INFRINGIDA. ROMÊNIA NA ALÇA DE MIRA. RÚSSIA JÁ COM O DEDO NO GATILHO – E À ESPERA DA ‘SURPRESA DE OUTUBRO’

    -Primeiro, foi o anúncio da linha vermelha infringida.
    -Na 6ª-feira passada (27.05.2016) em Atenas, a coisa foi sobre alça/área de mira.
    -Em outubro, um mês antes das eleições nos EUA, será o dedo no gatilho.

    EUA e aliados na Organização do Tratado do Atlântico Norte, OTAN, estão a caminho de guerra contra a Rússia, acelerando a inevitabilidade de a Rússia atacar em procedimento de autodefesa. Isso precisamente é o que dizem os dois avisos que o presidente Vladimir Putin já deu. Para a fase dedo no gatilho, não haverá novo aviso.

    Na conferência de imprensa em Atenas, na 6ª-feira, Putin avisou que a instalação de uma base do sistema Aegis antimísseis na Romênia, que será operacional esse mês, e a correria para fazer o mesmo na Polônia, são atos hostis, muito próximos de casus belli – causa de guerra.

    Para ser bem claro, Putin usou frase muito expressiva – “área de mira” [lit. “(estar) em (área/alça de) mira”]. Refere-se a alvo/mira para arma de artilharia, canhão montado em avião ou para torpedos navais.
    Na tradução da Agência Reuters, a frase de Putin resultou em: ” ‘Se ontem naquelas áreas da ROMÊNIA as pessoas simplesmente não sabiam o que significa estar na mira, hoje já seremos forçados a tomar certas medidas para garantir nossa segurança’ – disse Putin em conferência conjunta de imprensa em Atenas, ao lado do primeiro-ministro grego Alexis Tsipras. – ‘Será o mesmo caso com a POLÔNIA’ – disse ele.

    O relatório da FAS recomendava como melhor meio para confirmar a veracidade do que dizem EUA e OTAN quanto à intenção limitada do sistema Aegis é restringir o alcance do sistema. Sem essa concessão às considerações da segurança russa (e também da chinesa), o relatório concluía que todo o sistema “ameaça provocar a saída da Rússia do Novo Tratado para Redução de Armas Estratégicas [ing. New START, Strategic Arms Reduction Treaty], além da possibilidade de reiniciar uma corrida armamentista nuclear – sem possibilidade de EUA e OTAN conseguirem construir qualquer argumento futuro aceitável se quiserem protestar contra a hospedagem de mísseis iranianos ou norte-coreanos. Rússia e China provavelmente ampliarão os respectivos arsenais, porão fim a futuras conversações com os EUA para redução de armas e reduzirão a assistência aos esforços mundiais contra a proliferação de armas atômicas. Esse resultado reduziria a segurança nacional dos EUA – e a segurança global – e conflitaria com a visão do presidente Obama de um mundo livre de armas atômicas”.

    Artigo completo:
    http://www.defesanet.com.br/russiadocs/noticia/22531/Linha-vermelha-infringida–na-alca-de-mira–dedo-no-gatilho—A-espera-da–Surpresa-de-Outubro–/

    http://port.pravda.ru/russa/07-06-2016/41114-washington_guerra-0/

    -Você ainda acredita que esse líderes globais, enquanto se armam com modernas bombas nucleares, produtos químicos venenosos, armas biológicas e desenvolvem novos mísseis, estarão preocupados com o aludido “aquecimento global” de que tanto falam?

    Abraços.

  2. GRANDE PALHAÇADA! Jornaleco francês, ao estilo do povinho francês, metidos a esquerdistas socialistas e o “escambau a quatro” elogiando Putin, um bandido todo encrencado metido até a raiz do cabelo em escândalo de corrupção! Os dois se merecem! Essa imprensa metida a comunista adora elogiar merdas só porque desafiam os Estados Unidos! Vamos à lista das merdas: Fidel, Che, Chaves, Maduro, aquele índio da Bolívia que não lembro o nome agora e nem faço questão, ChamChemChimChomChum lá da Coréia do Norte, e outra bostas.Agora elogiam o Putin. Ora vão plantar batatas!

    • Temer deveria fazer cumprir a Constituição que proíbe juros abusivos, onde todo e qualquer tipo de juros para pessoas físicas ou jurídicas não deveria passar do teto estipulado pela taxa Selic. Com isso o Brasil deslancha !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *