Lewandowski já liberou voto para publicação do acórdão do mensalão. Agora, só faltam três

Débora Zampier (Agência Brasil)

Em nota à imprensa, o Supremo Tribunal Federal (STF) informou que o ministro Ricardo Lewandowski, revisor da Ação Penal 470, já liberou sua parte para a publicação do acórdão do julgamento do mensalão.

O acórdão traz um resumo do julgamento e os votos dos ministros, e só com a publicação do documento os mensaleiros poderão recorrer.

“O revisor assinou eletronicamente todos os votos e intervenções orais relativos à AP 470, já no dia 22 de março passado, permitindo, assim, a sua pronta publicação, conforme consta do sistema informatizado do STF”, registra a nota, assinada pela Secretaria de Comunicação Social do Supremo.

O julgamento do mensalão terminou em dezembro do ano passado, depois de mais de 50 sessões dedicadas ao assunto. O relator do caso, ministro Joaquim Barbosa, indicou que pretendia publicar o acórdão do julgamento dentro do prazo regimental de 60 dias, que raramente é respeitado. Desde então, os ministros vêm trabalhando na revisão de seus votos. A expectativa é de que o acórdão seja publicado na próxima semana.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGConforme informou José Carlos Werneck aqui no Blog da Tribuna, a poucos dias do fim do prazo regimental para a publicação do acórdão, agora só faltam os ministros Celso de Mello, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Rosa Weber. O prazo para publicação terminaria dia 1º de abril, mas na Justiça todos sabem que ministros, desembargadores, juízes, promotores e procuradores não ligam para isso. Só quem cumpre prazo são os advogados.  Esta é a realidade da Justiça apodrecida. (C. N.)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *