Livre da Justia, aplicativo russo Telegram abriga venda de armas, drogas e at notas falsas

Charge 21/01/2022 |

Charge do Marco Jacobsen (Arquivo Google)

Luana Patrolino

Paraso das fake news, o Telegram passou de um simples aplicativo de troca de mensagens para um dos principais viles da Justia brasileira. A disseminao de contedo falso, violento e, muitas vezes, criminosos, rotina na plataforma. O Correio passou duas semanas infiltrado no submundo de links secretos do aplicativo e descobriu uma verdadeira “terra sem lei”.

A rede social nascida na Rssia e sediada em Dubai, nos Emirados rabes ainda est longe do gigante WhatsApp. No entanto, seu crescimento tem provocado dor de cabea nas autoridades brasileiras. Preocupado com o caos que o aplicativo pode causar no pleito deste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) avalia formas de conter o contedo do aplicativo, mas j admitiu no ter controle, pois a empresa no possui representao no Brasil.

EM EXPANSO – Atualmente, o Telegram est instalado em 53% dos smartphones no pas, taxa que era de apenas 15% em 2018, segundo levantamento do site MobileTime em parceria com a empresa de pesquisas on-line Opinion Box. A rede permite grupos com 200 mil pessoas, alm de compartilhamento irrestrito.

Em poucas horas navegando, possvel encontrar grupos de venda de armas, drogas e CPF e compartilhamento de pornografia infantil. Apologia ao nazismo, comrcio ilegal de imagens e desinformaes sobre a vacina contra a covid-19 tambm proliferam mais de 50 mil grupos foram formados na plataforma com essas finalidades.

Tambm fcil encontrar canais de venda de notas falsas de real, em que criminosos fazem negociao diretamente com os inscritos; centenas de grupos destinados disseminao de contedo falso; e comercializao de dados pessoais por meio de programas automatizados.

ARMAS E MUNIES – Comunidade de CACs (caadores, atiradores e colecionadores) e simpatizantes de armas so assduos de grupos do Telegram. Em espaos que chegam a dezenas de milhares de pessoas, revlveres, fuzis, munio e acessrios blicos so comercializados sem regulamentao de rgos pblicos.

Para tentar despistar, usurios lanam mo de “truques”. O termo “CP” (child pornography), por exemplo, aparece geralmente simbolizado por emojis; a palavra “vacina” escrita de ponta-cabea; e “nazi” surge, geralmente, com tipografias gticas.

O cientista de dados Dionsio Silva, da Total Florida International (TFI) no Brasil, explica por que o Telegram to atraente para esses pblicos. “Um dos principais trunfos, sua criptografia, vista com bons olhos pelos criminosos, j que eles enxergam nisso uma menor chance das conversas estarem sendo monitoradas por autoridades. O Telegram tambm bem mais fcil e conveniente de ser usado do que a dark web”, ressalta.

PRECISO REGULAR – Fabio de S e Silva, professor de estudos brasileiros da Universidade de Oklahoma (EUA), aponta a necessidade de o pas abordar temas como esse. “O Brasil est muito atrasado na discusso sobre regulao de redes sociais, como o debate recente sobre a identificao de perfis do Twitter deixou claro”, aponta.

“At mesmo nos Estados Unidos, onde prevalece uma filosofia de no intruso do Estado em companhias, as grandes plataformas esto sendo foradas a prestar contas e a mudar suas polticas.”

O professor Rafael Rabelo Nunes, dos Departamentos de Administrao e Engenharia Eltrica da Universidade de Braslia (UnB), explica a dificuldade dos aplicativos em filtrar os contedos diariamente. “Eu no conheo a estrutura interna do Telegram, mas ser que ele tambm no est tendo algum tipo de dificuldade para acompanhar? At que ponto a empresa tem acesso ao contedo que tramita na plataforma?”, questiona.

OUTROS APLICATIVOS – O Telegram, porm, no a nica alternativa para os extremistas. Nos grupos, os usurios j se preparam para migrar rumo ao Signal ou Gettr, em caso de controle do aplicativo.

“Desde que houve a mudana da poltica de privacidade do WhatsApp, tem havido uma procura maior por outros aplicativos. Quanto mais se discutir sobre os aspectos de proteo de dados, podemos ter certeza de que, cada vez mais, as pessoas vo procurar outras plataformas”, frisa Nunes.

Com regras de funcionamento menos rgidas, o Telegram tambm atrai extremistas banidos de redes como Facebook, Twitter e YouTube. por meio da plataforma, por exemplo, que o blogueiro Allan dos Santos, foragido da Justia, se comunica diariamente com seus apoiadores. O caminhoneiro Marco Antnio Pereira Gomes, conhecido como Z Trovo, preso desde outubro do ano passado, tambm usava a plataforma para se comunicar com seus seguidores quando estava foragido no Mxico.

USO NA CAMPANHA – De olho nas eleies, o presidente Jair Bolsonaro abraou o Telegram. Com mais de 1 milho de inscritos, ele bastante assduo na rede e compartilha diariamente vdeos e pronunciamentos. frente dos adversrios, ele se tornou o pr-candidato Presidncia da Repblica mais influente da plataforma.

Filhos do presidente tambm so usurios. O senador Flvio Bolsonaro (PL-RJ) tem 92 mil inscritos; o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), pouco mais de 69 mil; e o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), 52 mil.

No incio deste ms, na Alemanha, a ministra do Interior, Nancy Faeser, afirmou que o governo cogita acabar com Telegram no pas por conta de discursos de dio e de fake news relacionadas eficincia das vacinas contra a covid-19.

TSE E CONGRESSO – No Brasil, nenhuma providncia foi tomada. Procurado pelo Correio, o TSE afirmou que tem feito diversas tentativas de contato com o Telegram, mas ainda segue sem resposta. A dificuldade seria por causa da falta de escritrio da empresa no Brasil.

O presidente do TSE, Lus Roberto Barroso, afirmou ao Estado que o assunto deve ser tratado, tambm, pelo Parlamento. “Na volta do recesso parlamentar, vou levar o tema aos demais ministros. Qualquer posio nessa matria deve ser institucional, do tribunal, e no do presidente. Pessoalmente, no entanto, acho que o ideal seria o Congresso Nacional cuidar disso”, enfatizou.

“O tribunal entrou em contato com a plataforma, por algumas vezes, e, aps no ser bem-sucedido nas tentativas informais, encaminhou um ofcio com o objetivo de formalizar uma cooperao que vise combater a desinformao”, informou. O TSE tem feito parcerias com entidades, mdias sociais e plataformas dentro do Programa de Enfrentamento Desinformao.

10 thoughts on “Livre da Justia, aplicativo russo Telegram abriga venda de armas, drogas e at notas falsas

  1. “As notcias de hoje, de que Lula ter esta semana um encontro com Fernando Henrique Cardoso, outro com Gulherme Boulos e, ainda, que convidou o senador Randolfe Rodrigues para integrar o ncleo de sua campanha Presidncia deixa claro, para quem ainda no havia percebido, que o ex-presidente est fazendo, na prtica, o que os candidatos da chamada 3 Via falsamente propunham: formar um frente poltica para impedir a continuidade de Jair Bolsonaro e estabelecer uma plataforma mnima para a reorganizao da poltica brasileira, devastada pelo dio, pelo autoritarismo e pelo golpismo que anos atormentam desde as eleies de 2014.”

    https://tijolaco.net/lula-e-a-frente/

  2. Eu estava procurando um motivo mnimo que fosse para justificar a ida de Bolsonaro para a Rssia. Logo a Rssia? Porque a Rssia? Que problema temos com a Rssia? A Rssia quer produzir o Lada no Brasil?
    Agora caiu a ficha. O Telegrama. Aquele que o Moro usava em Curitiba.
    Aquele que permite todo tipo de Fake News.
    T mais que explicado.

  3. Barro Barroso, o fascisto que fala com um ovo quente na boca, odeia a liberdade de expresso e d uma de censor pblico, tentando proibir o funcionamento de um software no nosso pas. O advogado de terrorista e defensor do trfico de entorpecentes no esconde o motivo da sua “promoo” a pavo supremo: atuar dia e noite para transformar o pas num narco-estado. Por isto ele e seus amigos narco-socialistas sabem que a reeleio do Presidente Bolsonaro deve ser impedida a qualquer custo.

    Como se v na reportagem, a imprensa brasileira age como prostituta do narco-socialismo, para solapar a liberdade de expresso. Depois dessa matria vil, o tresloucado sinistro do tse vai mandar a ‘pulia’ prender o CEO do Telegram.

  4. Ms no Instagram est assim:
    Base no Instagram
    O presidente Bolsonaro j acumula mais de 19,1 milhes de seguidores apenas no seu perfil no Instagram, mais que os outros presidenciveis somados. Lula tem 4 milhes, Moro, 2,5 milhes e Ciro, 1,2 milho. (Claudio Humberto)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.