Lula se movimenta como nunca, buscando apoio e se fortalecendo para sair candidato

Carlos Newton

É impressionante a movimentação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva visando à sucessão presidencial de 2014. Sob a égide do Instituto Lula, ele vem cumprindo uma agenda muito apertada, em âmbito nacional, que inclui palestras em entidades sindicais e empresariais.

Ao mesmo tempo, o ex-presidente está se fortalecendo dentro do PT, através de sucessivas reuniões com os filiados mais antigos e de maior prestígio. Tem procurado se encontrar também com destacados militantes que se afastaram do partido, inclusive alguns que divergiram dele e dos rumos de seu governo.

Outra preocupação de Lula é se reaproximar das centrais sindicais, que começam a descolar da presidente Dilma Rousseff e têm criticado o governo pelos excessos nas políticas  de privatização e de terceirização de serviços públicos.

Como a intermediação do governo Dilma Rousseff com as centrais sindicais está a cargo do ministro da Secretaria-Geral Gilberto Carvalho, essa aproximação de Lula fica facilitada, porque todos sabem que Carvalho é o principal representante do ex-presidente no atual governo.

CENTRAIS SINDICAIS

A CUT e as demais centrais estão apertando o cerco contra a tramitação do Projeto de Lei 4.330/2004, que, a pretexto de regular as atividades, amplia a terceirização, ao possibilitar trabalho terceirizado nas atividades-fim.

Na terça-feira, pela manhã, as centrais farão nova rodada de conversações com o ministro Gilberto Carvalho, na mesa permanente de negociações. Principal ponto de pauta: terceirização.

As centrais denunciam que pressão empresarial colocou o projeto novamente na agenda da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, esta terça-feira, e a CUT está organizando uma manifestação de protesto. A concentração será na CUT Nacional em Brasília (Quadra 1, Bloco i, Ed. Central, 6º andar).

Os manifestantes partirão para a Câmara dos Deputados por volta das 13h30, e a manifestação será às 14h30, no Anexo II da Câmara dos Deputados, Plenário 1.

Ver a CUT se posicionando livremente parece uma volta ao passado. Agora só falta a UNE colocar os estudantes na rua.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

5 thoughts on “Lula se movimenta como nunca, buscando apoio e se fortalecendo para sair candidato

  1. Você sabe o que é uma OSCIP prevista pela lei 9.790/99?
    .
    Não, então tente. Você vai saber porque todo governo ou prefeitura quer contratar uma e conhecer o ralo por onde se esvaem os penosos tributos arrecadados alimentando corrupção, doença e morte.
    .
    (LEI No 9.790, DE 23 DE MARÇO DE 1999: Regulamento Dispõe sobre a qualificação de pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, como Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público, institui e disciplina o Termo de Parceria, e dá outras providências). Observe que foi, também, obra do FHC. O mesmo que, quando presidente, reclamou da dificuldade imposta pela Lei de Licitações e contratos Públicos para suprir seu gabinete com finas iguarias.
    .

    Loucura, loucura, loucura!
    Quando se pensa que tudo que era possível para destruir o Estado foi feito, ainda tem mias.
    .
    Afinal: existem ou não recursos públicos disponíveis para aplicação na área da saúde?
    .
    O discurso em prol das tais OS é uma contradição absurda e evidente. Entregar a saúde à uma OS é vergonhoso drible à boa-fé do povo. Mais do que é uma Fundação, ONG e similares. Incrível é que se discursa pública e abertamente que o que se pretende é encontrar uma entidade com capacidade jurídica para não cumprir as leis que regem o uso de recursos públicos. Sim, é isto mesmo que você está lendo.
    Isto é: não cumprir a Lei de Licitações e Contratos Públicos; desprezar a contratação democrática via concurso público; e evitar o pagamento digno aos servidores públicos da saúde que tanto ocasiona a escassez de pessoal especializado. Tudo isto com a duplicação de gestão – desnecessária porque poderia ser suprida pelos Cargos Comissionados existentes – e abertura de vagas com salário em aberto para militantes e correligionários provocando maior desordem e insatisfação no setor.
    Nada mais nada menos que a criação de um “Plano de Saúde Privado” pago com recursos públicos.
    .
    Que beleza, hein!

  2. Chega de lulinha ! A classe média deste pais está acordando… Ainda veremos brasileiro deixar de sonhar com um carro e pagar 3 vezes o valor do mesmo. Deixar de sonhar com um judiciário sério, com o fim do crime, q realmente é organizado e jogar no lixo o ufanismo d q não exite país como este !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *