Maia garante que a reforma administrativa será aprovada na Câmara e no Senado

Rodrigo Maia

Rodrigo Maia diz que já se acertou com Alcolumbre,,do Senado

Deu em O Tempo
(Estadão Conteúdo)

Ao comentar sobre as dificuldades de articulação em meio ao atual contexto político, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que ele e o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), trabalham para aprovar uma reforma administrativa do Estado no Legislativo.

“A Câmara e Senado vão ter uma agenda muito racional, muito objetiva de reestruturação do Estado brasileiro”, afirmou Maia, em discurso no 91º Enic, encontro do setor da construção, promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), no Rio. Segundo o parlamentar, haverá reuniões com líderes de bancada sobre o tema na próxima semana ou na seguinte

DEMOCRACIA – Maia deu sinais de que os parlamentares seguirão trabalhando, apesar da polarização política e do uso das redes sociais, que, segundo ele, estão levando a contestações ao modelo de democracia representativa liberal, em vários países.

“Não vamos ficar olhando a internet e guerrilhas virtuais. É uma confusão enorme essa coisa de rede social. Se a gente ficar olhando rede social, não faz a (reforma da) Previdência, não melhora a saúde”, afirmou Maia.

TEXTO ENIGMÁTICO – O presidente da Câmara não quis comentar o texto publicado hoje em grupos de WhatsApp pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, no qual um autor desconhecido afirma que no Brasil é impossível de governar sem conchavos.

Questionado pelo Estadão/Broadcast Político sobre o motivo de Bolsonaro ter divulgado o texto, Maia limitou-se a dizer: “Pergunta pra ele”, afirmou, sem parar para conversar com a reportagem.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O texto divulgado por Bolsonaro foi originalmente publicado na Tribuna da Internet, no dia anterior, em comentário de Maria Lúcia Fernandino. O aborrecimento de Rodrigo Maia foi causado pelas críticas que são feitas aos parlamentares e políticos em geral na mensagem que Bolsonaro retransmitiu. (C.N.)

6 thoughts on “Maia garante que a reforma administrativa será aprovada na Câmara e no Senado

  1. Podem me escrachar aqui mas eu também acho que, com esse congresso, esse supremo e esses idiotas úteis do planalto, câmara municipal do RJ e da Virginia não haverá mudança nenhuma neste país! Sinceramente não sei qual a solução! Se ao menos nosso “01” batesse bem da bola mas nem isso ! Acho que Mourão passará a faixa para o Doria que terá feito a fusão do PFL (Democratas) com os tucanos e terminará de entregar o país juntamente com o “Inca” ou “Botafogo” por qualquer trocado !

  2. O que não fica claro na reportagem é qual reforma administrativa será aprovada e quando, porque se for a proposta pelo presidente Jair Bolsonaro devem concluir até o comecinho de junho. Do contrário, volta a vigorar o esqueleto ministerial do governo Temer e os presidentes da Câmara e do Senado darão início à tal agenda “muito objetiva de reestruturação do Estado brasileiro”.

  3. A polemica está de um tamanho, digamos “continental” As interpretações todas divergentes, mas todas com algum grau de lógica e veracidade. Quem, em um momento de lucidez e sinceridade, pode afirmar que este País não é governado por uma elite política que, especialmente, desde o término do período militar se locupleta impunemente em sua atividade que, hipoteticamente, deveria ser cívica e patriótica e que dissimulada e sordidamente sabotam qualquer elemento
    mais ético ou bem intencionado que ou queira mostrar comportamento diferente ou represente ameaça ao “modus operandi” estabelecido. Por outro lado, não cabe dúvida que o novo Presidente tem se apresentado desconcentrado e incapaz de arregimentar e unir seus apoiadores políticos e populares e perdido tempo e imagem usando atabalhoadamente as redes sociais esquecendo que tem a disposição a fórmula clássica do “pronunciamento à Nação” para inclusive fazer denuncias fundamentadas.

  4. “uso das redes sociais, que, segundo ele, estão levando a contestações ao modelo de democracia representativa liberal, em vários países.”

    Não sei se é impressão minha, mas quando vejo esse tipo de discurso sinto aquele mal cheiro de censura…

    Parece haver um avanço da censura disfarçada de “combate a fake news” nas redes sociais.

    O povo conseguiu um meio de exprimir sua vontade, mas a elite “iluminada” e seus comparsas remunerados já estão providenciando a mordaça. É no mundo todo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *