Mais de 365 mil refugiados cruzaram o Mediterrâneo este ano

Calcula-se que 3 milhões de sírios tenham fugido do país

Deu no Correio Braziliense
(France Presse)

Pelo menos 5.600 refugiados e migrantes entraram na quinta-feira na Macedônia a partir da Grécia, duas vezes mais que a média para apenas um dia, que oscila entre 2.000 e 3.000 pessoas, anunciou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

“Ontem, 5.600 pessoas entraram na Macedônia”, afirmou a porta-voz da organização, Melissa Fleming. Ela disse que o número representa um recorde para apenas um dia e que é difícil prever o que acontecerá nas próximas semanas.

Geralmente, o fluxo de refugiados e migrantes cai a partir de outubro, em consequência do mar agitado no Mediterrâneo. Mas no ano passado os números permaneceram altos, lembrou Fleming. “O fluxo aumenta”, resumiu Bertrand Desmoulins, representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) na Macedônia, em entrevista por telefone. O número de mulheres e crianças também é cada vez maior, completou.

SEM REGISTRO

“As autoridades (macedônias) registram apenas metade das pessoas que chegam da Grécia, o que impede que tenham acesso à ajuda humanitária distribuída nos centros de recepção”, lamentou.

Um total de 365 mil migrantes e refugiados cruzaram o Mediterrâneo desde janeiro, e mais de 2.700 morreram, de acordo com a Organização Internacional para as Migrações (OIM). Mais de 245 mil seguiram para a Grécia e mais de 116 mil para a Itália.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *