Marcos Cintra, secretrio da Receita, no aceita os ataques contra os auditores

Cintra diz que a Receita no est perseguindo ministros do STF

Deu no Poder360

O secretrio especial da Receita Federal, Marcos Cintra, disse neste sbado (3.ago.2019) em sua conta no Twitter estar surpreso com as suspeitas lanadas contra o Fisco. A declarao foi feita aps o ministro do TCU (Tribunal de Contas da Unio) Bruno Dantas determinar que a Receita detalhe em at 15 dias todos os procedimentos abertos nos ltimos 5 anos contra autoridades do Executivo, do Legislativo e do Judicirio, bem como de seus cnjuges e dependentes.

Acabo de receber pedido de enorme volume de informaes Receita Federal, agora vindo do TCU. Repito o que disse ainda hoje em relao ao STF: estou surpreso com as suspeitas lanadas contra a RFB, instituio que sempre buscou lisura e impessoalidade em suas aes, disse o secretrio.

UM DIA APS – O pedido de Dantas se deu um dia aps o ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinar a suspenso imediata de investigaes da Receita envolvendo 133 contribuintes. As apuraes envolviam integrantes do Supremo, inclusive as mulheres dos ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes.

Tambm veio um dia aps reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo feita em parceria com o site The Intercept, que teve acesso ao arquivo de mensagens de autoridades relacionadas Lava Jato apontar que o procurador Deltan Dallagnol incentivou outros procuradores de Braslia e Curitiba a investigar sigilosamente ministros do Supremo.

APURAR INDCIOS – Segundo o TCU, o objetivo da solicitao apurar indcios de irregularidades praticadas na Receita Federal com um possvel desvio de finalidade de agentes envolvidos, com dispndio de recursos pblicos.

Mais cedo, Cintra j havia dito pelo Twitter que a deciso do STF obviamente ser cumprida. A instituio tem mais de 25 mil servidores pautados pela lisura e impessoalidade. Casos isolados de desvio de finalidade sempre tiveram, e continuaro tendo, apurao rigorosa e punio exemplar.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
O TCU est claramente ultrapassando seus limites e entrando numa briga poltica. Indicado ao TCU com apoio do outrora todo-poderoso senador Renan Calheiros (MDB-AL), o ministro Bruno Dantas est apoiando claramente a campanha contra a Lava Jato, cujo objetivo reimplantar o reino da impunidade no pas. Como membro do TCU, Dantas tem obrigao de conhecer o modus operandi da Receita, que simplesmente cumpre a lei, sem fazer distino entre os contribuintes. Apenas isso. (C.N.)

16 thoughts on “Marcos Cintra, secretrio da Receita, no aceita os ataques contra os auditores

  1. E o Z do Planalto, de tantas bazfias durante a campanha, por onde anda o fidalgo Don Quixote?
    A estas alturas do campeonato, deveria me desculpar com a dona Maria do Rosario pelo julgamento que fiz dela ao v-la em diatribes com o Zezinho de la Mancha.
    Hoje, ao tomar conhecimento do compi contra os auditores e o silncio lazarento e cmplice do presidente da republica, me senti arrependido de ter perdido um dia na fila do voto para escolher quem no merecia nem ser vereador de subrbio fluminense.

  2. “Novo sorriso do deputado Marco Feliciano custou R$ 157 mil para a Cmara Federal”

    ——————————

    “Governo libera saque de at 500 reais do FGTS”

  3. Sugiro ao(s) auditores fiscais que forem vitimas desse tribunal de exceo em que se converteu o Supremo, nas palavras da prpria procuradora geral da Repblica Raquel Dodge, de preferencia os que j sejam aposentado(s), a pedirem imediata exonerao do cargo e entrarem com um pedido de asilo politico na embaixada de algum pas civilizado, com alegao de que esto sendo vitima(s) de um processo inconstitucional conduzido pelo novo Tribunal de Exceo em que se converteu a atual STF, por obra e graa de uns 3 ou 4 ministros. Tudo possivel aps o conluio que se transformou a relao entre o executivo e o STF aps a cobertura que o ministro Tofoli deu ao Flavio Bolsonaro em seu processo. UM VERDADEIRO CONLUIO QUE AMEAA AS INSTITUIES DEMOCRTICAS DESSE PAS! E outro fato, no se conhece pas civilizado que tenha uma Receita Federal fraca, tudo o que est sendo feito contra essa categoria tende a fazer os auditores fiscais muito mais parecidos com os coletores de impostos biblicos que iam arrancar os peixes das mos do Pedro pescador e muito menos Eliot Ness do fisco americano que foi capaz de fiscalizar, investigar e ajudar na condenao de gangsteres como Al Capone. Os “Al Capones” tupiniquins a principio podem ficar cada vez mais tranquilos porque aqui em Pindorama o crime compensa e o STF est disposto a fazer de tudo para manter os gangteres a salvo de processos judiciais e principalmente da cadeia. MAS UMA COISA CERTA: NO PERMANECEREMOS CALADOS se tiverem que calar a boca no sero apenas algumas bocas de alguns diretamente prejudicados e vitimas dessa por enquanto violencia juridica, mas sero as bocas de milhes de brasileiros conscientes que no aceitaro calados o arbitrio de alguns vagabundos que esto se achando os donos do pas. E quanto ao Bolsonaro e seus familiares que agora por conveniencia e covardia resolveram se virar contra a Lava Jato o castigo no tardar.

  4. Se os defensores de criminosos, continuarem, neste diapaso, tentando acabar com a Lava Jato e o Presidente da Repblica fazendo vista grossa, a esculhambao vai aumentar, com inverso de valores: os que querem acabar com a corrupo sero punidos e os criminosos livres e soltos.
    Infelizmente poder chegar ao ponto de que a nica esperana vai ser as Foras Armadas se manifestarem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.