Marina Silva recorre ao TSE, mas recurso não tem chance alguma

MARINA SILVA COM LULLA LÁ... CHARGE......
Pedro do Coutto
 
O repórter Renier Bragon, Folha de São Paulo do dia 20, publicou que a ex-senadora vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral para que o TSE aceite o pedido de criação do Rede Sustentável, partido que pretende criar, mesmo sem o número exigido de assinaturas de eleitores, 492 mil conforme a legislação. Ela conseguiu reunir 440 mil, mas faltam 55 mil apoios. Sentindo que não há tempo para completar a exigência até o dia 5 de outubro, a segunda colocada nas pesquisas eleitorais pede que seja revista a primeira decisão da Corte recusando 95 mil assinaturas que apresentavam duplicidade. O recurso foi encaminhado através do ex-ministro Torquato Jardim, que, por coincidência, integrou o TSE.

Esse o propósito inicial do recurso. O segundo objetivo é obter registro provisório. Não adiantaria nada para Marina Silva a concessão do adiamento, decisão totalmente improvável. Da mesma forma que o TSE reconsiderasse sua decisão a respeito de 95 mil manifestações de concordância com a criação da legenda. Mas, mesmo que isso viesse a ocorrer, Marina Silva estaria impedida de concorrer às eleições presidenciais de 2014. A Lei Eleitoral determina que qualquer candidato, para disputar as eleições de 2004, tem que se encontrar inscrito num partido até 5 de outubro de 2013, um ano antes das urnas.

Não resolveria nada para a ex-senadora que fosse concedido registro provisório. Ela não teria os doze meses de filiação exigidos pela Lei. Marina Silva, lembra Bragon, é a segunda colocada na pesquisa, segundo o Datafolha com 26% das intenções de voto. Dez pontos atrás de Dilma Rousseff. Para o Instituto MDA, Marina tem 22 pontos, Dilma Rousseff 36%. A impressão que o quadro fornece é que a presença de Marina Silva nas eleições conduz à ideia de um segundo turno entre ela e a atual presidente da República. Isso porque Aécio Neves registra 15 pontos, Eduardo Campos apenas 7%, e José Serra constitui uma incógnita porque, sem o PSDB, para concorrer teria que se filiar à nova legenda também até o dia 5 próximo. Faltam menos de duas semanas tanto para ele, quanto para marina Silva decidirem os rumos a tomar.

Marina Silva, afirma-se, dificilmente retornaria ao Partido verde. Restaria o PPS de Roberto Freire, caso Serra não ingresse nesta sigla. Os demais partidos, como o Partido Ecológico Nacional, o PEN, não possuem estrutura capaz de4 sustentar uma candidatura à presidência da República. Utilizariam a figura popular de Marina Silva para obter votos para a Câmara Federal e Assembleias Legislativas. Isso de um lado. De outro o tempo de acesso aos horários gratuitos da televisão e do rádio será pouco significante, frustrando o eleitorado. Porém uma coisa parece certa: a disposição de Marina Silva ser mesmo candidata em 2014, confiante que está na manutenção dos índices de intenção de voto registrados nos levantamentos pré-eleitorais.

Em minha opinião, ela não está longe da verdade, mas deve levar em conta que o PSDB possui uma estrutura partidária nacional e Aécio neves, embora fraco em São Paulo, é forte em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do país. A candidatura de Eduardo campos alcança somente 7 pontos, muito pouco para uma decolagem forte rumo ao Planalto. E a tendência de Aécio Neves é crescer, pelo menos até o patamar atingido por José Serra no primeiro turno da disputa presidencial de 2010: cerca de 30%. Assim, Marina e Aécio disputariam o direito de ir à final contra Dilma Rousseff. Mas para isso é preciso que Marina desista do recurso ao TSE e se inscreva em uma das legendas disponíveis.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

4 thoughts on “Marina Silva recorre ao TSE, mas recurso não tem chance alguma

  1. Senhores,
    PARA QUE SERVE PARTIDO NANICO
    Um partido nanico aparece na TV no horário eleitoral. Falando em honestidade, apresentando um deputado que renunciou para escapar de processo. Fala do governo federal. Talvez por encomenda da oposição. Ou só para garantir alguns benefícios ou promessa da oposição, eis que não tem, nem terá probabilidade de acesso à presidência da República. Dificilmente consegue eleger um governo estadual. Vejamos nanico tem servido, sem dúvidas, para ser alugado.

  2. Sem dúvida nenhuma Marina é segunda colocada,será sempre ,não que seja a melhor ,é a menos pior (mas só porque ainda não governou nada ),quando se olha para quem está atráz dela e se vê o conde drácula,o Brútus,o filhote do FHC é como ter que escolher,entre morrer queimado ou afogado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *