Médica que fez desabafo na internet explica como é o tratamento de câncer no SUS

Por sugestão do comentarista Carlo Germani, estamos publicando a entrevista da médica Liziane Anzanello, oncologista de Blumenau, Santa Catarina, postada no blog do nosso colega gaúcho Polibio Braga.

A médica publicou no Facebbok uma mensagem criticando duramente o ex-presidente Lula e o descaso do governo em relação ao SUS, que também reproduzimos hoje n matéria sobre Lupi, em comentário enviado por Delmiro Gouveia, que há anos frequenta o Blog da Tribuna com opiniões sempre firmes e oportunas.

A propósito da decisão de Lula não procurar o SUS, a senhora postou irada análise sobre o caso no seu Facebook. O que foi que houve?

Como escrevi: por que não nos exasperarmos por nem todos terem os mesmos direitos? O protesto é em relação à incoerência de Lula, que considerou o SUS um programa de saúde pública de excelência, sabendo que isto não era verdade, porque ele não fez nada para melhorar este serviço.

A senhora atende pelo SUS?

Sim, atendo aqui em Blumenau. Mas meus pacientes pelo SUS esperam 180 dias para a decisão sobre um tratamento e mais 60 dias para começar a radioterapia. Pacientes do SUS morrem aqui, sem conseguir começar o tratamento.

O Lula diz que os médicos ganham muito bem e poderiam atuar melhor.

Sabe quanto ganha um médico oncologista por uma consulta? R$ 6,70. Se tratar um mês inteiro o paciente, recebe R$ 10,00. Toda a hotelaria de um hospital custa R$ 5,40 para o SUS, incluídos refeições, cama, banho e oupa lavada.

É bem diferente do tratamento dado ao Lula.

Sim, porque ele fez exames no sábado e na segunda começou o tratamento, até com direito a bomba de infusão em casa. É um privilégio para quem tem muito dinheiro.

Sua mensagem rola para valer na Internet.

Não é nada pessoal. Não tenho partido, mas faço política no sentido aristotélico. O Lula boicotou o quanto pôde a PEC 29, que prevê mais recursos para o SUS.

O que a senhora espera?

A Dilma falou na TV nesta terça-feira à noite. Ela foi realista e reconheceu que a saúde pública vai mal. Espero que ela mexa nisso.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *