Melhor é impossível

Melhor é impossível

Tostão (O Tempo)

Após a vitória sobre o Uruguai, escrevi que o Brasil estava com pinta de campeão. Nem imaginava que seria ganhando de 3 a 0 da Espanha. A atuação, individual e coletiva, do time brasileiro foi excepcional. O Brasil, durante toda a partida, marcou e atacou com vários jogadores.

Um bom início era tudo o que o Brasil precisava para ter mais espaços para contra-atacar com velocidade. Assim, criou inúmeras chances de gol. Fez três e poderia ter feito mais.

Novamente, tudo deu certo, com um gol no início do jogo, outro no fim do primeiro tempo, e um terceiro nos primeiros minutos da segunda etapa. A Espanha ainda perdeu um pênalti. A atuação do time espanhol foi fraquíssima, muito pelo ótimo futebol mostrado pela equipe brasileira. Vicente Del Bosque deve ter lamentado não escalar Martínez no lugar de Xabi Alonso, para manter o esquema tático das últimas três conquistas. A defesa era mais protegida.

A fraca atuação da Espanha não significa que não tenha um excelente time. Depois de vencer a Copa de 2010, a Espanha foi goleada por Portugal e Argentina. Na Copa das Confederações anterior, foi eliminada pelos Estados Unidos e, depois, ganhou o Mundial.

O Barcelona, base da seleção da Espanha, foi goleado, recentemente, duas vezes pelo Bayern. Estaria decadente o estilo espanhol, de posse de bola e de trocas curtas de passe? O futuro dirá.

Todos os jogadores brasileiros tiveram atuações excepcionais, especialmente Neymar, Fred e Luiz Gustavo.

JOGANDO EM CASA

A conquista da Copa das Confederações, de uma maneira brilhante, não significa que, subitamente, o Brasil passou a ter um timaço ou que estava melhor do que se dizia. Significa que a seleção formou um time com uma maneira definida de jogar e que usou muito bem a vantagem de atuar em casa.

Há milhares de exemplos, em todo o mundo, de times e seleções que, em casa, apoiados pela torcida, crescem e ganham títulos em campeonatos curtos, com jogos mata-mata, contra adversários superiores.

Nos últimos 30 dias, de treinos e jogos, o Brasil atingiu um nível técnico muito maior do que se esperava. Até o Mundial, a equipe se encontrará esporadicamente, para treinar um dia e jogar amistosos. Provavelmente, não terá a vibração e a qualidade mostradas na atual competição. Com os 20 dias de treinos antes do Mundial, poderá recuperar o nível atual. Mas, dificilmente, estará melhor do que hoje.

Parabéns aos jogadores e à comissão técnica. Temos de ficar contentes com a belíssima atuação do Brasil, mas não podemos esquecer que a seleção ganhou, fora de casa, as duas últimas Copas das Confederações, a penúltima, de forma brilhante, e foi mal nos Mundiais. Nada de oba-oba.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

3 thoughts on “Melhor é impossível

  1. A Seleção da Espanha estava invicta a 26 ou 29 jogos oficiais. Pergunto ,nestes 26 ou 29 jogos, jogou com o Brasil? Não tenho mas nada a declarar, a não ser minha indignação com certos jornalistas com “Síndrome de vira-lata”, que colocaram a Espanha no alto degrau , passando por cima das CINCO ESTRELAS que o Brasil possui.

    PS: NÃO incluo o Sr Tostão na “Síndrome de Vira-lata”

  2. FUTEBOL BRASILIERO …” JURASSIC PARK ?? ”

    Com os devidos respeitos meu caro Tostão, essa “vitória” armada e com uma bola “estranha fazendo curvas especiais”, agora é a redenção do futebol Brasileiro ? Quer dizer que agora resgatamos a Glória do nosso autêntico futebol ? Quer dizer que com essa “vitória” somos o melhor conjunto de futebol do planeta ? Temos os melhores jogadores ? ou tb temos os melhores árbitros e bandeirinhas em nossao “cast” ?

    Há pouco tempo atrás, levamos um banho do futebol Ingles, alemão e até Russo, e pouco tempo depois somos “prendados” com o melhor futebol que já passou em nossas glebas e pimba “ganhamos a ” copa das confederações” uma competição caça niqueis..mais fajuta e sem critérios que existe. Mas que é isso Carlos de Jesus vc não é “patriota” ?? Kkkkkk , chega a ser ridiculo o que vImos ..o “hino nacional” cantando como se estivessemos indo para o “front da linha Siegrifield” Kkkkkkkkk.. Espetáculo lamentável…

    Nada disso meus caros, quem viu ..sabe que nosso(s) adversários não vão cometer os mesmos erros duas vezes, todos viram a Espanha mesmo perdendo ..botando a moçada do Brasil na roda, fomos faltosos e violentos vi jogador da Espanha levando pancada nas pernas por trás e nada do Juiz aplicar a regra..mas vi jogador da Espanha esbarrando na nossa maior fraude e este “se jogando aos ares como se fosse um uirapuru” e ganhando falta e até dando cartão vermelho ..bela ajuda do Juiz …..Vi jogador Brasileiro voltando de um impedimento no mesmo lance capital recebendo o passe tocar a frente e fazer o gol …e tudo com a complacência do bandeira e do juiz amigo….amigão…e vamos embora no ópio extravassado de que agora somos a “potência do futebol ” ….Vi um ótimo jogador ..batendo uma penalidade perfeita no cantinho e a bola”cafusa” mudando de forma estranha seu itinerário passando tão próximo mais tão próximo do travessão que do ponto de vista da fisica é dificil de explicar como a mesma pelo menos não chocou-se com a trave…mas seguimos em frente ..agora é berrado a todos os cantos que o “tal gigante de pés de barro” acordou tanto no futebol como na politica ..Kkkkkkkkkk

    Enquanto isso, é só vcs virem pelo menos aqui na Bahia p/ ver a situação das nossas divisões de base onde garotos que são o futuro e glória do nosso futebol “treinando” em verdadeiros antros de destruição de craques de futebol….falta de tudo para os garotos….excetuando-se O VITÓRIA E BAHIA,
    o RESTO É UMA DESOLAÇÃO SÓ.

    Mas , agora não , agora tudo mudou..com a nossa “vitória’ sobre a Espanha somos imbativéis .somos agora os únicos que jogam futebol…Fico a imaginar se fosse a ESPANHA que tivesse marcado os dois primeiros tentos logo no inicio ..queria ver como iria AGIR nossos “gênios ..fabricados pelo marketing criminoso”, creio eu que seria o fechamento do nosso caixão na nossa brilhante glória do belo futebol arte que delegamos ao mundo nos tempos de ouro do nosso futebol.Levariamos uma varada de gols..tendo em vista que somos por demais prepotentes em mudar quando se precisa mudar, se fosse ao contrário..tenho a plena certeza que a ESPANHA nos humilharia com no minimo 5 gols…Por enquanto e por capricho do destino isso não aconteceu,mas a tragédia está sendo anunciada, quem observa o futebol ve claramente que se não mudarmos a nossa base de como jogar, de como formar nossos atletas, de como melhor organizar nossos campeonatos, de como aplicar o conceito de equipe onde não pode haver “estrela ou dêpendência” de um pop star, e de como devamos aprender a nos honrar nossas origens..Então creio que a partir deste ponto RESGATAREMOS o caminho no nosso glorioso caminho do futebol.

    YAWHE SEJA LOUVADO… SEMPRE ..

    Carlos de Jesus – Salvador – Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *