Metade do Conselho do MP vota a favor da abertura de processo contra Deltan Dallagnol

Deltan acusado por Renan de atividade poltico-partidria

Rafael Moraes Moura
Luiz Vassallo
Estado

Sete integrantes do Conselho Nacional do Ministrio Pblico (CNMP) votaram na tarde desta tera-feira, dia 24, a favor da abertura de um processo administrativo disciplinar contra o coordenador da fora-tarefa da Operao Lava Jato, Deltan Dallagnol. O conselho composto por 14 conselheiros. Para que a medida seja determinada, oito integrantes do CNMP devem se posicionar contra Dallagnol.

A anlise do caso, no entanto, foi interrompida por pedido de vista (mais tempo de anlise) do procurador-geral da Repblica interino, Alcides Martins, faltando um voto para o colegiado formar maioria e acolher pedido do senador Renan Calheiros (MDB) para que o rgo investigue Deltan.

DECLARAES – A reclamao do emedebista ao colegiado envolve declaraes do coordenador da fora-tarefa do Paran contra sua candidatura Presidncia do Senado. A discusso ocorreu uma semana depois de o Senado barrar a reconduo dos conselheiros Lauro Machado Nogueira e Dermeval Farias Gomes Filho. Os dois deram nesta tera-feira os nicos votos contrrios abertura do processo contra Deltan.

Eles no foram reconduzidos ao Colegiado, e esto no fim de seus mandatos, aps uma articulao por parlamentares crticos Operao Lava Jato no Senado. Entre seus algozes no Legislativo, esto o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM) e o prprio Renan. Demerval afirmou ter uma viso mais liberal sobre o tema e no v justa causa para a abertura do PAD.

CENSURA – Nas frases, o membro do MPF no faz nenhum ataque pessoal. A partir do momento em que a liberdade de expresso faz parte de um embate democrtico, o CNMP no pode atuar como rgo de censura da capacidade crtica de um membro do MP principalmente aqueles que esto em uma linha de frente mais ferrenha com relao a esses aspectos que necessariamente fazem parte de sua atuao.

Os outros conselheiros que votaram nesta tera-feira, acompanharam o voto do corregedor nacional Orlando Rochadel. At o momento, so favorveis Fbio Stica, Sebastio Caixeta, Leonardo Accioly, Erick Venncio, Marcelo Weitzel e Otavio Rodrigues. Para Stica, no episdio, houve desbordamento dos limites do que possa ser dito e replicado por um membro do MP.

DESGASTES – Em seu voto, Weitzel disse achar complicado ver membros interferindo na escolha interna de um poder. Mais agravante foi o fato de que aquela discusso j estava inclusive judicializada. Acho que isso no papel cada rgo, agncias, tem sua forma de escolha, nem sempre nos agrada, e eu acho isso um pouco perigoso. Se a gente for multiplicar isso pelas Cmaras de vereadores, Assembleias, a gente pode criar desgastes desnecessrios. Dos atuais conselheiros do CNMP, apenas Weitzel ainda aguarda deliberao para ser reconduzido pelo Senado

A sesso para votar a abertura do PAD contra Deltan se iniciou em 10 de setembro, quando o corregedor nacional do MP, Orlando Rochael, foi pela abertura de processo administrativo, apontando que Dallagnol denegriu e menosprezou as atribuies constitucionais do MPF por ter se manifestado contra a eleio de Renan Calheiros buscando descredenci-lo perante a opinio pblica.

Segundo ele, o caso passvel de punio por censura. Um pedido de vista do conselheiro Fbio Estica, contudo, suspendeu a anlise naquele dia. Naquela sesso, os conselheiros resolveram negar pedido liminar para o afastamento de Deltan.

18 thoughts on “Metade do Conselho do MP vota a favor da abertura de processo contra Deltan Dallagnol

  1. “…faltando um voto para o colegiado formar maioria e acolher pedido do senador Renan Calheiros (MDB) para que o rgo investigue Deltan.”

    -Rapaz! Quando um bandido como o Renan pede para investigar algum e sumariamente obedecido, sinal que em toda a mquina do Estado tem gente com o rabo preso ao dele!

  2. “Aras diz que Lei de Abuso de Autoridade pode produzir bom efeito”

    “Aras quer a contribuio de senadores para correes na Lava Jato”

    “Novo paradigma” sobre a Lava Jato

    (Fonte: O Antagonista)

  3. No Brasil, juntou-se ao nome de um rgo pblico eminentemente tcnico a palavra “Conselho”, pode-se esperar tudo. sem a menor sombra de dvida, esto caando os peixes menores para servirem de isca. Dallagnol sempre alvo preferencial dos corruptos no Brasil. Nada como um rgo sem vinculao eleitoral, mas sim poltica para ser o chicote da canalha. Renan ainda parlamentar por culpa de algum. Que estes assumam o que fazem contra seu pas e contra a si mesmos.

    • Este projeto j est a caminho…
      Com a contribuio do presidente da bannia, que se finge de morto. Finge que ele no tem nada com isso.
      A lava jato agoniza, meu amigo.
      Esto conseguindo prender o xerife e ainda por cima, est em curso um projeto de canonizao de todos os parlamentares e juzes do stf.
      Ns s temos o direito de bater palmas e pagar a conta.
      O povo mau e deve ser penalizado pagando os maiores impostos do Planeta sem nada receber em contrapartida.
      Eles so os santos e como tal, podem roubar e sacanear vontade os idiotas contribuintes.
      J trabalhamos quase seis meses pra sustentar esses CRPULAS!!!
      Daqui a pouco trabalharemos o ano todo pra pagar as lagostas dos genocidas.
      O Brasil enlouqueceu!!
      Simples assim.
      Atenciosamente.

  4. Parasitas, frouxos, vermes sem crebro, patifes com banca de isentos, analistas de araque, venal, desinformada patrulhada “opinio pblica”, palpiteiros rasos e asnos, se acautelem: Renan foi eleito para mais um mandato. Sero 8 anos pela frente, enfrentando, de frente, de peito aberto, eternos e ingnuos idiotas. Onde estiverem. No executivo, no judicirio e no legislativo. Jogar pedras nos outros cmodo. O difcil trabalhar pelo pas. lutar pelos direitos de todos. exigir respeito a independncia do legislativo. no ser servial dos poderosos de planto. Sade para Renan. Desinformados que procurem ler livros e discursos de Calheiros.

    • O comentrio do paladino na defesa do antro de venais, acima, retrata fidedignamente a forma como os vagabundos, ladres, inteis, incompetentes, irresponsveis, perdulrios e traidores do povo e do Pas, pensam a nosso respeito, justamente daqueles que lhes pagam proventos milionrios e lhes possibilitam uma vida nababesca!

      O admirador de um poder podre, que ruiu a si mesmo pelos males praticados, crimes cometidos, usa atravs de palavras acintosas o mesmo procedimento que o parlamento se utiliza para nos roubar, explorar e manipular.

      Diante das fortunas que sequestram do errio – nossos impostos -, pagam regiamente seus ces de guardas, que latem, rosnam, se mostram valentes, efetivamente dentro de seus canis, pois sabem que se botarem as suas patas fora de seus reservados, conhecero a fora do carvo de pedra ou o tanto que o povo massacrado por esse antro de venais, vulgo congresso nacional, “considerado e respeitado” pela populao.

      O comentarista defensor do parlamento nacional, composto de criminosos de todas as matizes, na sua nsia de cumprir a tarefa que lhe mandam, esquece que um fantoche, um boneco, usado pelos seus patres de maneira indigna e desonrosa.

      Aquele que se investe contra o povo no seu direito de criticar os ladres encastelados no congresso, equivale-se a eles de forma absoluta, achando que deve proteger os que lhe pagam, mas esquecendo que o seu salrio advm do dinheiro que suas chefias nos roubam h dcadas!

      Uma das figuras mais deprimentes e deplorveis que, s vezes, frequenta esse blog.
      Na condio de ser um espao democrtico, pensa que pode sair agredindo e insultando quem “ousa” no falar bem do antro de venais, ainda mais de Renan e, principalmente, do assassino Collor.

      Por outro lado, a mente do defensor de ladres to obtusa, limitada, deturpada, que ler discursos de calhordas ou de calheiros tanto faz, morre-se de fome, enquanto o correto seria nos indicar os projetos que um de seus deuses realizou em prol do povo, s um!

      Vade retro, Satans!

    • Francamente, seu Limongi, a vida j ruim o suficiente para que algum ainda venha nos demandar que leiamos coisas do Renan Calheiros.
      J no basta o povo ser dilapidado? Ainda obrigado a ser doutrinado sobre as virtudes de gente como Renan Calheiros e sua alma gmea Alcolumbre, que o sr. despreza sabe-se l por que? Esse deboche consegue ser pior do que o roubo em si mesmo.
      Pode deixar sua resposta sarcstica. S depe contra voc mesmo e a escumalha poltica que voc adula.

    • Mas o qu isso companheiros….

      Partindo desse pressuposto..
      A “famiglia”Bolsonaro tbem
      tem rabo,e bem preso.

      A democracia tem essas contradies,bem como o Nacionalismo/privativista. Do Guedes/Bolsonaro,que amigo defende cegamente.

      Outra banda,no passado no muito distante, Bolsonaro andava cortejando o Renan,e Collor,para ser presidente do senado nesta legislatura..

      Neste ponto,o Sr. Limongi tem razo…
      coerncia!!!

      coerncia!!!

  5. Francisco,

    No s o rabo que est preso, mas at a alma!!!

    Algumas figuras na poltica nacional so intocveis, e Renan um deles.
    O indivduo tem tanto conhecimento sobre os bastidores dos trs poderes que at Deus duvida!

    Logo, se for processado, preso, ao abrir a boca derrubar gente que posa de vestal, afora escancarar a corrupo no seu mais elevado nvel, e que sequer imaginamos.

    Portanto, qualquer solicitao de Renan uma ordem, que deve ser cumprida imediatamente e de acordo como o “senador” exige o seu desfecho.

    Isso Brasil, Chico, consequentemente, a conduta nefasta e nociva de nossas autoridades no sentido de permanentemente nos roubar, explorar e manipular.

    • Amigo Bendl sade e paz.
      Quem defende Renan Calheiros pior ou igual a ele. Renan no congresso s defende as maracutaia que o beneficiam j a parte que beneficiaria o pobre povo de Alagoas ele simplesmente faz como o personagem do Chico Anzio. O povo que sifo…………
      Um abrao

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.