Ministério Público Federal em pé de guerra contra interferência de Dilma Roussef f

Políbio Braga

O Ministério Público Federal está em pé de guerra contra a presidente Dilma Rousseff, que mandou cortar sua proposta orçamentária cortada por dois anos seguidos, sem qualquer justificativa legal, ignorando completamente o que dispõe aa Constituição Federal, que garante que os Poderes e o Ministério Público da União tenham seus orçamentos incluídos na sua totalidade na proposta orçamentária. Só quem pode fazer ajustes é o Congresso Nacional.

Um dos reflexos da decisão de Dilma Roussef, segundo as dezenas de mensagens que temos recebido, são os baixos salários pagos a esses servidores, cuja tabela vai abaixo. Muitas mensgens denunciam que o achamento orçamentário desmotiva o MPF e abre brechas para que as investigações e denúncias de corrupção sejam congeladas.

Examine a tabela e constate a injustiça cometida contra esses servidores do Ministério Público da União.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *