Ministro da Justiça diz que governo apoia a Lava Jato, mas fica difícil de acreditar

Resultado de imagem para alexandre moraes em ribeirão preto

Alexandre de Moraes falou demais e teve de se desmentir

Deu no Estadão

A declaração do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, de que esta semana “vai ter mais” uma investida da Operação Lava Jato foi uma “força de expressão”, informou a assessoria de imprensa do Ministério, algum tempo depois da declaração, feita espontaneamente por Moraes, durante participação neste domingo, 25, na campanha do candidato a prefeito de Ribeirão Preto Duarte Nogueira (PSDB).
Em uma agenda de campanha de Nogueira, Moraes afirmou com muita certeza que esta semana haverá uma nova fase da Lava Jato. “Teve a semana passada e esta semana vai ter mais, podem ficar tranquilos. Quando vocês virem esta semana, vão se lembrar de mim”, disse, reiterando que o governo apoia as operações da Lava Jato e afirmou que os fatos que estão ocorrendo mostram a independência da Polícia Federal.
Segundo o Ministério da Justiça e Cidadania, a frase “não foi dita porque o ministro tem algum tipo de informação privilegiada ou saiba de alguma operação com antecedência, e sim no sentido de que todas as semanas estão ocorrendo operações”.

COMUNICAÇÃO FALHA – O governo de Michel Temer tem sofrido as consequência de declarações de ministros consideradas “infelizes” e que acabam causando prejuízo de imagem. O Planalto tem tentado buscar novas estratégias de comunicação justamente para mitigar os danos causados por falas equivocadas.
Moraes, entretanto, é tido como um dos titulares mais difíceis. Foi um dos que recusou a oferta de media training e disse a interlocutores do Planalto “que não precisava de treinamento” para falar com a mídia. Neste domingo ele protagonizou mais um episódio de recuo em declarações polêmicas de representantes do governo.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Com todo o respeito ao ministro da Justiça, fica meio difícil acreditar em apoio do governo à Lava Jato, quando se sabe que a nova ministra da AGU Grace Mendonça não consegue encontrar um HD externo para copiar os inquéritos já concluídos no Supremo sobre políticos corruptos, que incluem três parlamentares ligados à cúpula do PMDB – os senadores Renan Calheiros e Valdir Raupp e o deputado Anibal Gomes, ligado a Eduardo Cunha. Fica combinado assim: quando a AGU conseguir comprar um HD externo, a gente passa a acreditar no governo. (C.N.)

4 thoughts on “Ministro da Justiça diz que governo apoia a Lava Jato, mas fica difícil de acreditar

  1. NR, vamos fazer uma “vaquinha” para compra do HD, é melhor rir para não chorar, Temer, está conivente, estou a beira do “Temer fora”, o problema é, quem vai substituí-lo?? os Presidentes da Câmara e Senado( este com mais de 10 processos, fora os que prescreveram, pela lentidão do stf, Tá dificil, até Deus duvida do que está acontecendo no Brasil, Amoralidade e corrupção, são medalhas de ouro, A Srª Grace, é pau mandado do Padilha(Dirceu de Temer). Horizonte com nuvens carregadas, pobre (na moral) do Brasil, com uma canalhada a roubar 200 milhões.
    Que Deus no ajude!!

    • Depois do “eu não sabia de nada” de Dilma e Temer, criaram o “mas todo mundo sabia de tudo”……kkkkkkkkkkkkk

      Leia a coluna do Reinaldo Azevedo de hoje……..kkkkkkkkkkkk

      Plus ça change, plus c’est la même chose…..k.kkkkkkkk

      “SOB NOVA DIREÇÃO”…….KKKKKKKKK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *