Ministro Passarinho: voando sobre a Justiça, a Bíblia e a opinião pública

“SETE anos de pastor, Jacob serviu Labão, pai de Rachel, serena e bela. Mas não servia ao pai, servia a ela”. Inspirado no texto bíblico, o Ministro Aldir Passarinho Junior, (do Superior Tribunal de Justiça), se comportou em relação ao processo 2002/0068479/1.

Designado relator em 2002, ficou até agora estudando profundamente o processo.

No dia 15 de abril de 2009, saciado e satisfeito na sua ânsia de bem aplicar Justiça, se DECLAROU IMPEDIDO. Mas as razões desse IMPEDIMENTO não foram comunicadas à opinião pública. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *