Mourão desmente Eduardo Bolsonaro e garante que não haverá golpe no país

Em crítica ao STF, Mourão diz que escolha de auxiliares e decisões ...

Mourão ironiza e afirma que golpe militar é coisa do Século XIX

Andréia Sadi
G1 Política

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse, ao ser questionado pelo blog nesta quinta-feira (28), que uma ruptura democrática está “fora de cogitação” e que “não existe espaço no mundo para ações dessa natureza”.

Perguntado sobre se declarações de autoridades do governo, em tom de ameaça a outros poderes, não significaria uma ameaça à democracia, com risco de golpe, ele respondeu:

ESTRESSE PERMANENTE – “Quem é que vai dar golpe? As Forças Armadas? Que que é isso, estamos no século 19? A turma não entendeu. O que existe hoje é um estresse permanente entre os poderes. Eu não falo pelas Forças Armadas, mas sou general da reserva, conheço as Forças Armadas: não vejo motivo algum para golpe”.

Um dia após operação da Polícia Federal que teve como alvo apoiadores do governo nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro subiu o tom e disse que não teremos outro dia como o desta quarta-feira (27). Bolsonaro emendou com um “chega” seu comentário nesta manhã.

Mourão disse que não havia visto a declaração do presidente. Mas reafirmou o que publicou nas redes sociais, ontem, que o inquérito das fake news, na sua avaliação, deveria ter sido enviado à Procuradoria-Geral da República, na origem, para que o MP decidisse o que poderia ou não investigar. E defende que o tema seja debatido pelo plenário do Supremo Tribunal Federal.

FORA DE COGITAÇÃO – Sobre a declaração de Eduardo Bolsonaro, de que não é uma questão de “se”, mas de “quando” ocorrerá uma ruptura, Mourão respondeu:

“Me poupe. Ele é deputado, ele fala o que quiser. Assim como um deputado do P T fala o que quiser e ninguém diz que é golpe. Ele não serviu Exército. Quem vai fechar Congresso? Fora de cogitação, não existe situação para isso”, disse o vice-presidente da República.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Desde o início do governo, Mourão foi alvo de fake news desfechadas pelos filhos de Bolsonaro, mas não passou recibo. Agora, o vice-presidente está por cima e sua posse na Presidência, como diz Eduardo Bolsonaro, não é mais uma questão de “se”, mas apenas de “quando”.  (C.N.)

8 thoughts on “Mourão desmente Eduardo Bolsonaro e garante que não haverá golpe no país

  1. A meu ver, a saída mais feliz e mais alvissareira para a população é a rendição do conjunto da obra do sistema podre, ou seja, a rendição da república 171, inteira, tipo porteira fechada, e dos seus sócios-proprietários majoritários, tais sejam o golpismo ditatorial, o partidarismo eleitoral e seus tentáculos, velhaco$, à paisana e fardados, todos com prazo de validade vencido há muito tempo, em prol do projeto novo e alternativo de política e de nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, cujo potencial e pretensão é fazer do Brasil uma Nova Europa, ao contrário do continuísmo da mesmice do sistema político apodrecido, protagonizado pela direita, esquerda e centro, à paisana e fardados, em permanente disputa de poder entre os me$mo$, há 130 anos, em estado de guerra tribal primitiva, permanente e insana, por dinheiro, poder, vantagens e privilégios, sem limite$, à moda todos os bônus para ele$ e o resto que se dane com os ônus, que está fazendo de tudo, o possível e o impossível para fazer do Brasil uma espécie de Brazuela sangrenta, uma inaceitável agressão à inteligência, ao bom senso e ao são sentimento de paz, fraternidade e solidariedade entre irmãos brasileiro, que esperam da classe política, isto sim, dias melhores para todos os brasileiros e brasileiras. https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/05/28/eduardo-bolsonaro-conflitos-poderes.htm?fbclid=IwAR2SXdh226YY5Z7_E8pWn9P011NCu0I5ASXjkJW8v_Mf

  2. Não há motivo para fechar o Conresso, ainda … por enquanto é somente o desejo da maioria do povo.
    Com relaçao ao STF (supremo tribunal de falcatruas) o caso é outro. Pelas reiteradas violações de dispositivos constitucionais, compreendendo desde as liberdades individuais até a independência dos poderes, entrou no horizonte imediato o enquadramento de um ou dois urubus togados. Coisa pontual, para colocar a carroça judiciária nos trilhos.

    • Isso de fechar Congresso e Supremo é coisa de Estado Tirânico. Estamos em uma Democracia ou não?
      Num Estado de um só, você Policarpo, eu e todos os comentaristas da TI, correríamos risco de prisão pelas nossas palavras, se por acaso criticássemos o Ditador.
      Eles estão em desarmonia agora, mais tarde as coisas se acertam. Basta o presidente levantar a bandeira branca, o que acho muito difícil, a cada dia cria uma crise diferente.

    • Vcs,acham que alguém do governo foi atingido pelas fake news, ao ponto do Bolsonaro sair em defesa di desconhecidos ?

      VCS acham que as FFAA, vão apoiar,pagar mico em favor de um governo debilóides que só fala em noites de cristais..

      Pior,no exterior viramos chacota.
      É só desalento em tudo…

  3. Eu também garanto. Podem ficar tranquilos; e também podem ficar a vontade atacando o Bolsonaro; que o povo está adorando.

    PS: É só jornalistas iguais ao wiilian booner continuarem não andando de avião, e o doria continuar fechando a rua dele; que ninguem vai protestar contra vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *