Mourão diz que governo espera vacinar 150 milhões de brasileiros até o fim de 2021

Mourão não especificou o fabricante dos insumos

Ingrid Soares
Correio Braziliense

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) afirmou nesta segunda-feira, dia 7,  durante um evento da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que, até o fim de 2021, 150 milhões de brasileiros deverão ser vacinados. No entanto, o general não especificou o fabricante dos insumos e nem apresentou um plano de vacinação.

“Brevemente, nós vamos voltar a estar reunidos, como sempre estivemos, pois vamos dispor da vacina, a vacina que será distribuída em todo território nacional. Esperamos até o final de 2021 termos em torno de 150 milhões de brasileiros vacinados, que é um número extremamente significativo e, consequentemente, termos a capacidade de retomar a normalidade nas nossas vidas”, apontou.

CORONAVAC – Ainda nesta segunda-feira, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que iniciará a vacinação com a CoronaVac no estado no dia 25 de janeiro de 2021, começando com aplicações em profissionais de saúde e pessoas com mais de 60 anos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), porém, não deu o parecer final sobre o insumo. A CoronaVac é desenvolvida em parceria internacional entre o Instituto Butantan e a biofarmacêutica Sinovac Biotech. Segundo o governo paulista, o resultado da fase 3 com o índice de eficácia do imunizante deve ser divulgado na próxima semana.

PREVISÕES – O plano estadual antecipa em dois meses as previsões do Programa Nacional de Imunização (PNI), anunciadas pelo Ministério da Saúde. “A vacina será gratuita para todos no sistema público de saúde do estado de São Paulo”, afirmou o governador. “Não estamos virando as costas para o Plano Nacional de Imunizações, mas precisamos ser mais ágeis e, por isso, estamos nos antecipando. Somos todos a favor da vida e de todas as vacinas”, acrescentou Doria.

Ainda de acordo com o governo estadual, estudos clínicos já demonstraram que 94,7% dos voluntários não tiveram evento adverso. Dos que apresentaram alguma reação, 99,7% relataram sintomas de baixa gravidade, como dor no local da injeção e dor de cabeça leve. “Artigo publicado na revista científica The Lancet apontou que a vacina do Butantan produziu resposta imune em 97% dos participantes dos estudos”, diz um trecho da nota divulgada.

8 thoughts on “Mourão diz que governo espera vacinar 150 milhões de brasileiros até o fim de 2021

  1. “Os blogs Senso Incomum e Terra Brasil Notícias publicaram textos baseados no vídeo com a legenda falsificada e afirmaram que o repórter teria dito a Bolsonaro a frase “vamos visitar sua filha na cadeia”. O áudio, no entanto, mostra claramente que alguém diz “vamos visitar nossa feirinha na catedral”. Depois de espalhar a falsa versão, as duas páginas se retrataram. O Terra Brasil Notícias, porém, não apagou o conteúdo.”
    https://www.terra.com.br/noticias/perfis-bolsonaristas-falsificam-legenda-de-video-com-agressao-verbal-de-bolsonaro,156181d5654bc419ba2bea2dd7837b2biug3muh5.html

  2. 1. O governo espera vacinar 150 milhões assim como eu espero um dia ganhar na loteria e o Pedro Pedreiro penseiro espera o trem, que não vem.

    2. O Pantagruello disse que ninguém vai ser vacinado sem sua permissão. Ou seja: tamos ferrados – não vai sair nunca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *