MPF cobra Justiça Federal no DF por decisão sobre afastamento de Ricardo Salles

Charge do Nani (nanihumor.com)

Deu no G1

O Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) pediu à Justiça que analise um pedido de afastamento do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. A ação foi apresentada em julho mas, até esta quarta-feira, dia 23, não havia sido analisada pela 8ª Vara Federal no DF.

No pedido, o MPF alega que a manutenção de Salles no cargo traz danos às iniciativas de preservação do meio ambiente. “A permanência do requerido Ricardo Aquino Salles no cargo de Ministro do Meio Ambiente tem trazido, a cada dia, consequências trágicas à proteção ambiental, especialmente pelo alarmante aumento do desmatamento, sobretudo na floresta amazônica”, diz o Ministério Público. Acionada pelo G1, a assessoria do Ministério do Meio Ambiente não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem.

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA – A ação apresentada em julho pede o afastamento do ministro do cargo por suposta improbidade administrativa, pelo que consideram “desestruturação dolosa das estruturas de proteção ao meio ambiente”. O pedido foi apresentado à Justiça Federal em Brasília, mas acabou enviado à Seção Judiciária de Santa Catarina, porque já havia uma solicitação similar tramitando no local.

No entanto, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) determinou que a ação ficasse na capital. Por isso, segundo o MPF, “não há obstáculos para que o pedido de afastamento seja decidido pela Justiça”.

DESMONTE – “Caso não haja o cautelar afastamento do requerido do cargo de Ministro do Meio Ambiente, o aumento exponencial e alarmante do desmatamento da Amazônia, consequência direta do desmonte deliberado de políticas públicas voltadas à proteção do meio ambiente, pode levar a Floresta Amazônica a um “ponto de não retorno’, situação na qual a floresta não consegue mais se regenerar”, diz o Ministério Público.

O órgão argumenta ainda que, enquanto não houve decisão sobre o pedido, “os dados do desmatamento seguiram em patamares elevados, em especial na Amazônia e no Pantanal, o que demonstra, para o MPF, que a proteção ambiental no Brasil segue sendo prejudicada pela política de desmonte promovida pelo titular do Ministério do Meio Ambiente”.

6 thoughts on “MPF cobra Justiça Federal no DF por decisão sobre afastamento de Ricardo Salles

  1. Boa tarde , leitores (as):

    Deu no G1 , Senhores Carlos Newton e Marcelo Copelli , acontece que o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles é tão somente o executor e a face mais visível de uma trama e conspiração que foi concebida sabe-se lá por quem e foi encampada pelo Presidente Jair Messias Bolsonaro , para destruir toda legislação que disciplina o uso e preservação do meio ambiente , como meio de distração para se cometer crimes de maior envergadura e impacto nos poderes da república .

  2. A Imprensa da verdade vem fazendo o seu devido papel o de Informar – e neste grande momento vem nascendo a Associação da Imprensa do Brasil ( AIB – Filiada a Fenai ) no Rio, em Outubro de 2020 para a defesa dos Jornalistas e da Imprensa no Brasil, agora a Abi fundada em 1908 que esta solicitado a volta de sócios e até de novos afinal a casa do jornalista precisando de ajuda, temos também no Brasil a OJB e a Fenai – são todas conceituada na defesa do 4. Poder, Obs. mais nova será a AIB o que tenho a dizer seja muito bem vinda no Brasil – 2020.

  3. Obs. Abi fundado em 1908 a casa do jornalista Brasileiro esta precisando de ajuda dos jornalistas e da imprensa do Brasil – a Rede Band de Televisão – colocou no Ar uma campanha de publicidade para ajudar a Abi com vários Jornalistas do Brasil ( Ajude a Casa do Jornalista Brasileiro ) – 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *