Mudar a todo momento, mas continuar o mesmo, na poesia do imortal Lêdo Ivo

Veredas da Língua: Lêdo Ivo - Poemas | Poemas, Escritores, Canções de amorPaulo Peres
Poemas & Canções

O jornalista, cronista, romancista, contista, ensaísta e poeta alagoano Lêdo Ivo (1924-2012), membro da Academia Brasileira de Letras, no poema “A Mudança”, afirma que se pode mudar e permanecer bem longe das mudanças, sendo, ao mesmo tempo, quem vive e quem morre.

A MUDANÇA
Lêdo Ivo

Mudo todas as horas.
E o tempo, sem demora,
muda mais do que fia.

Mudo mas permaneço
bem longe das mudanças.
Como uma flor, floresço.
Sou pétala e esperança.

Mudo e sou sempre o mesmo,
igual a um tiro a esmo.
Como um rio que corre.

Sem sair de onde estou,
de tanto mudar sou
o que vive e o que morre.

 

6 thoughts on “Mudar a todo momento, mas continuar o mesmo, na poesia do imortal Lêdo Ivo

    • Que poeta sensacional, o acadêmico Ledo Ivo.
      Mudança, é uma contradição. Mudar para que tudo continue na mesma.
      Viver e morrer todo o tempo. O poeta sabe, que morremos todos os dias, um pouquinho na caminhada da vida.
      É preciso entender o recado do alagoano ilustre.
      No poema Queimada, Ivo alerta para queimar todas as cartas, deletar todos os e- mails. Qual a razão?

  1. Um jeito pragmático de ser
    ======================

    Ao nascer de um novo dia,
    Sopre fraco ou forte o vento,
    Saúdo a vida com alegria,
    Pois estar vivo é um alento.

    Deixo sempre para trás o passado,
    E nunca antecipo o incerto amanhã;
    Do pouco que tenho, nada me foi dado,
    E não luto por coisas que são fúteis e vãs;

    Não faço preces para pedir benesses,
    Mas faço amigos a toda parte que vou;
    Levo a vida feliz, como se tudo tivesse,
    E, àquele que pede, não meço o que dou.

    E assim vou vivendo, é assim que eu sou.

  2. “Mudo e sou sempre o mesmo,
    igual a um tiro a esmo.”

    Por mais que se possa querer
    Não se muda e permanece o mesmo
    Porque mudar significa cambiar, changer
    E, até o dia, tem a noite e o amanhecer.

    Tem-se que aproveitar a mudança
    E, do mesmo jeito, com vontade
    Encarar a tempestade e a bonança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.