Muito apressadinho, Conselho da Petrobras já aprovou a privatização da BR…

Charge do Chico Caruso, reprodução do Arquivo Google

Samantha Lima
Época

A Petrobras decidiu abrir mão de controlar a BR Distribuidora sozinha e oferecerá ao mercado um modelo em que tentará vender 51% do capital votante. Ao mesmo tempo, buscará compartilhar o comando da empresa com o novo sócio. É a primeira grande decisão estratégica da gestão de Pedro Parente. A revisão do modelo de venda se deve ao fato de a proposta anterior, de oferta de participação minoritária, não ter sido bem-sucedida, depois de mais de nove meses de tentativas.

De acordo com a empresa, uma composição de ações ordinárias, com direito a voto (na prática, que definem quem manda a empresa), e preferenciais (sem direito a voto, mas com preferência na distribuição de dividendos), será feita de forma que, no fim das contas, a Petrobras seja majoritária no capital total (soma das duas classes de ações).

ACORDO DE ACIONISTAS? – Em tese, quem compra 51% do capital votante torna-se controlador da empresa, mas a Petrobras quer compartilhar esse controle, o que será possível com um acordo de acionistas a ser assinado com a venda.

Nos últimos meses, três ofertas pela BR Distribuidora chegaram à empresa – duas delas queriam o controle, que, até então, não estava à venda. Uma terceira queria uma participação minoritária, mas em valor menor do que a Petrobras pretendia. No mercado, o entendimento é que “ninguém quer ser sócio minoritário da Petrobras”.

A decisão de vender 51% foi tomada em reunião do conselho de administração da empresa, nesta sexta-feira (22).

OBRAS A CONCLUIR – O colegiado também tomou providências em relação às refinarias Abreu e Lima, em Pernambuco, e Comperj, no Rio de Janeiro. Alvos do esquema de corrupção montado entre empreiteiras e executivos da estatal, as obras tiveram seus orçamentos multiplicados algumas vezes e não foram concluídas.

No caso do Comperj, apenas uma unidade de gás será concluída. As obras do parque de refino da primeira unidade serão suspensas até 2020. A segunda unidade de refino será cancelada.

Em Abreu e Lima, a primeira unidade será concluída, o que aumentará a produção diária de 100.000 barris para 115.000 barris. O destino da segunda unidade ainda será reavaliado.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A reportagem é claramente a favor da venda do controle da BR, que deveria ser a última opção e está se transformando na primeira e única. O assunto é de interesse nacional e deveria ser discutido mais abertamente, antes do Conselho aprovar uma decisão de tamanha importância. Como dizi a Barão de Itararé, há algo no ar e não são os aviões de carreira. (C.N.)

33 thoughts on “Muito apressadinho, Conselho da Petrobras já aprovou a privatização da BR…

  1. A charge do Chico Caruso já era apropriada desde o governo FHC. Pelo menos em intenção.
    O amigo do Clinton e do Tony Blair não desejava outra coisa a não ser transformar Petrobras em Petrobrax.

    Chega(re)mos lá.

    Mas o que eu ganho mesmo com O Petróleo é nosso?

    Foi a pergunta que me fizeram.

    • Essa decisão já estava combinada faz tempo. O Estado banca 51% e o controle fica com quem tem 49%…. Tudo o que os ‘ formuladores’ de combustíveis desejavam para resolverem o seu problema de ‘tancagem’ …


      Passou desapercebido pelo mercado, a decisão de 15 de agosto último da ANP, onde o Terminal Portuário de Tancagens da Decal Brasil em Suape, recebeu a autorização para construir uma “Planta de Formulação” (para produção) de Gasolina A e Óleo Diesel a partir de misturas de hidrocarbonetos.

      Dentro deste contexto, recentemente, o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) enunciou em um documento o conceito do que é a atividade de Formulador. Escreveu nessa análise sobre o mercado de Distribuição de Combustíveis que “Formulador é uma empresa autorizada a exercer a atividade de produção de gasolina automotiva e óleo diesel a partir da mistura de correntes de hidrocarbonetos.

      Nas refinarias, essas misturas são realizadas a partir de correntes de hidrocarbonetos produzidas pelas mesmas. Os formuladores, por sua vez, utilizam correntes de hidrocarbonetos compradas no mercado para a posterior fabricação da gasolina.

      A atuação do Formulador de gasolina e óleo diesel possibilita ao importador adquirir produtos diferenciados no mercado internacional e, mediante a adequação às regras em vigência no país, comercializá-los em igualdade de condições com as refinarias e centrais petroquímicas presentes em determinado país.

      Com a impossibilidade da Petrobrás de atender o mercado em sua demanda, uma vez que suas unidades se aproximam do limite das capacidades de Refino, a Distribuição tenderá a se posicionar sobre essa possibilidade, principalmente em sua luta por market share.

      Entretanto falta uma importante componente nessa análise – os terminais portuários com tancagem disponível para tal atividade, pois é ali que vai se dar a mistura dos hidrocarbonetos, comprados no mercado.

      Veja mais sobre a a Raízen Combustíveis, que, na busca de ampliação de seu market share, certamente deve estar olhando para o movimento do mercado de derivados apontado pela decisão da ANP sobre Formulação.

      Tags: ANP, CADE, Decal, distribuição, formulação, misturas, refinarias, tancagem

  2. Quando começou tudo isso, quem tem bom senso sabia que a finalidade da desmoralização da Petrobrás era para privatizar.

    Dona Ofélia, ‘Mas o que eu ganho mesmo com O Petróleo é nosso?’

    A pergunta não é essa, a pergunta é: o que perderemos com o petróleo não sendo nosso?

    Já perdemos muito com as outras privatizações, não acha?

  3. Não sei, mas ao visto mudaram o calendário, pois o dia 31 do Jaspion desapareceu…. Dizem que ele foi ao BNDES ver se descola algum para montar um Food Truck de Yakissoba. Já o Marcelinho vai falar sobre o alma honesta Maia na semana que vem.
    Marcelo Odebrecht tem um encontro marcado, no dia 1º de agosto, às 14h30, na PF de Curitiba. Lá, irá prestar um depoimento sobre um inquérito que investiga o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

    O procedimento foi aberto no primeiro semestre, antes da eleição para o comando da Casa. Os procuradores querem saber se Maia recebeu recursos ilegais da empreiteira.

    • TEMER , TCHAU QUERIDO !!! kkkkkkaaaasss.
      ——————————————
      “Ficarei conhecido por derrubar dois presidentes do Brasil”, diz Cunha.

      Por: Mauricio Lima 23/07/2016 às 13:56
      Um interlocutor de Eduardo Cunha saiu apavorado de uma conversa recente com o político. Bem ao seu estilo, que mistura megalomania e ameaças, o ex-presidente da Câmara cunhou uma frase de efeito: “Ficarei conhecido por derrubar dois presidentes do Brasil”.

  4. É uma situação ruim, uma Empresa Mista sob controle do Governo via maioria de suas Ações Ordinárias, (as que dão direito a Voto), como a Petrobras SA, ter que vender Subsidiárias para diminuir seu grande endividamento em US$ Dollares.
    Ao menos então, que estas vendas como a do controle da BR Distribuidora SA, seja feita para Empresas com Matriz no Brasil. Caso contrário DESCAPITALIZA-SE a Economia Nacional ainda mais.
    Lamentavelmente, todas as Empresas interessadas na compra do controle da BR Distribuidora são de Matriz no Exterior.
    As Empresas com Matriz no Exterior agem no longo Prazo como Bombas de Sucção de CAPITAL, que cada vez mais o enviam naturalmente para suas Matrizes no Exterior.
    É por isso que o Brasil é um País DESCAPITALIZADO, e seguindo nesse caminho de vender ATIVOS para Empresas com Matriz no Exterior, cada vez ficamos mais DESCAPITALIZADOS em relação ao PIB ( Produto Interno Bruto).

    Prezada Sra. OFÉLIA,
    Com o “Petróleo é nosso”, tendo todo o ciclo de Prospecção, Exploração, Transporte,Refino, Distribuição, do petróleo/gás executados por Empresas com Matriz no Brasil, CAPITALIZAMOS e REINVESTIMOS tudo aqui dentro, reforçando muito a ECONOMIA NACIONAL como um todo. Não necessariamente isso deve ser feito por ESTATAIS/MISTAS mas para maior eficiência Econômica, TODO esse ciclo do Combustível Petróleo/Gás deveria ser feito por Empresas com Matriz no Brasil. Abrs.

    • Por que será, Bortolotto, que tenho a sensação de que tudo foi feito para que a Petrobras ‘quebrasse’ e não houvesse escapatória pra ela?

      Sei lá, meu caro, mas, como diz você,
      “lamentavelmente, todas as Empresas interessadas na compra do controle da BR Distribuidora são de Matriz no Exterior”.

      Por que seria diferente? Ninguém é bobo, não é mesmo?
      E nós olhando pra isso tudo.
      Abraços, Bortolotto.

  5. Quando tudo isto começou?
    Por vezes, o petróleo é nosso. Em outras, vamos vender tudo. E mais recentemente, a corrupção tomou conta da empresa, dos conselhos.
    E o povo? Não sabe quase nada. E parece que não deseja saber. Como diz a maioria: “outra conversa chata”.
    A escola pública ruindo, dia após dia. Serviços públicos, na maioria, sucateados pela falta de gerenciamento, de qualidade e de compromissos: servidores (trabalhadores, novo título) são vítimas dos governos e fazem dos usuários, seus verdadeiros patrões, as vítimas de sempre.
    Ou recuperamos a indignação, o orgulho e agimos, ou esperamos a volta de um salvador. Claro que de outro planeta!
    Parcela da sociedade continua defendendo corruptos e ladrões. Outra, apenas que o PT morra. E ainda outra, a maioria, nem esta ai.
    Colegas Tribunários, em alguns momentos só com palavras fortes e que choquem, é possível
    expressar-nos. Mesmo que possa parecer falta de educação, só posso definir a base/conjunto de nossa sociedade como sendo um “povo de merda”.
    E vivam as maravilhas do Brasil!

      • Ofélia
        Obrigado por ler e comentar.
        Propostas? São muitas, mas depende de gente para agir.
        Contudo, me arrisco a dizer que, a primeira de todas, é tentar pensar. E como isto está difícil amiga Ofélia. O uso indiscriminado da tecnologia e da substituição do cérebro por celulares/tablets/aplicativos é a uma das causas principais para o derretimento do conhecimento.
        A primeira fuga da realidade começa com “este é um assunto muito chato”. Quando ouço alguém dizer isto, imediatamente replico: “não é mais fácil dizeres que não sabes nada?”. E completo: no fundo tens razão. É preferível calar do que besteirar! Quando retruca, abre-se a chance para TENTAR salvar um cérebro.
        Amiga Tribunária, somando-se incapazes mentais, omissos e idiotas, está formado o mar da sociedade. Tenta, entre teus amigos e conhecidos, escolher aqueles que gostariam e teriam condições de participar, POSITIVAMENTE, na nossa TI e terás uma surpresa. Já fiz isto várias vezes e foi um desastre. Longe de estar supervalorizando ao conjunto de nossos participantes. Tenha a certeza de que somos uma ilha.
        Venho me preparando para escrever muito e falar muito, nos próximos meses. É o que posso e devo fazer. Afinal, aprender e repassar experiências são missões que assumi e que tento cumprir.
        Aceite um abraço fraterno e votos de muita saúde.
        Fallavena

        • Enquanto estiver por aqui, Fallavena, eu aguardo suas muitas falas e muitos escritos.

          Que dê tempo pra mim.

          Quanto aos amigos e conhecidos, tenho pelo menos um parente que lê a TI. Não sei se comenta, não me disse.

          Abraço pra você também. E saúde, que nunca é demais.
          Ofelia

    • Caro Fallavena e demais, a falta de patriotismo de lesa-Pátria, -é descomunal.
      Concordo plenamente com “um povo de merda”, que elege corruptos, por uma cachaçada ou churrascada, com o voto obrigatório, matriz da corrupção, pela formação dos currais.
      Os candidatos na minha cidade pobre e analfabeta, roubaram 48 milhões, DENUNCIEI AGO/12 E 05/09, A DRACO PRENDEU, A JUSTIÇA SOLTOU,
      Pergunta: o BRASIL TEM JEITO! QUEM TIVER A FORMULA, À DECLARE.
      ROGO A DEUS, MAS FAÇO MINHA PARTE, PARA QUE O BRASIL SAIA DESTE OCEANO DE LAMA, QUE TÁ DIFÍCIL, TÁ!!! NÃO VEJO LUZ NO FINAL DO TÚNEL.

      • Amigo Théo Fernandes
        Quando experiências e ensinamentos são abandonados ou excluídos, sobra muito pouco. Como ser patriota se não demonstrar-se e mostrar-se o que isto significa e representa para um país e um povo?
        Na escola, pouco ou quase nada é ensinado, informado. Na família, menos ainda. Educação, ética, são coisas passantes. A maioria, imensa maioria das crianças/adolescentes as tiveram terceirizadas. Muitos são contra a “terceirização”, mas em relação aos filhos PODE!
        Quem não sabe diferenciar estado, governo e governantes
        não pode ter nacionalismo, patriotismo e receber o título de cidadão.
        Ou começamos tudo novamente ou, paciência, veremos nossos filhos/netos/bisnetos seguindo o caminho que ai está. E que tem espaço para piorar.
        Bem sei que muito de nós faz a sua parte.
        Seria interessante que este espaço da nossa TI pudesse “chover” em muito mais cabeças.
        Haveria uma chance de novas mentes surgirem, mesmo que por encanto.
        Façamos a nossa parte, Utilizemos as últimas energia que nos restou e que isto possa servir para abrir mentes e produzir bons frutos.

  6. Ótimo. Privatizem tudo. Eu não tenho ações da Petrobrâs e suas subsidiárias. A mim e a todo o povo brasileiro interessa o preço baixo do combustível, o mercado de trabalho e os impostos que a empresa deverá recolher para os cofres públicos para serem revertidos em favor da população. O resto é papo Dr comuna que am cria por cabides de emprego.

    • Wagner, houve um tempo em que a Petrobras não foi cabide de emprego, não houve? Pelo menos não nessa quantidade exorbitante.

      Deveríamos comunizar o mundo. Dividir tudo. O mundo deveria ser de todos mesmo.

      Mas não é. Os maiores sempre serão os primeiros da fila. E nós apenas encolheremos, encolher, encolh, enc…

      • Calma, dona Ofélia. Ê preciso ter em mente que fora da iniciativa privada e do livre mercado não há solução.

        O resto é conversa de comuna, é comuna só sabe dividir a miséria que cria.

        Saibamos nos desviar desse caminho.

        Grande abraço!

  7. Até aposentadoria na operação abafa ????

    Ministro Falcão pode se aposentar do STJ
    Andreza Matais
    23 Julho 2016 | 12h13

    No próximo dia 1 de setembro, termina o mandato do atual presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Francisco Falcão. Ele será substituído pela ministra Laurita Vaz, primeira mulher a assumir o comando do tribunal. Terminado o mandato, Falcão , de 64 anos, vai curtir férias até 20 de novembro em Recife onde nasceu e tem residência.
    A partir daí, ele vai decidir se continua na bancada do STJ ou se pede aposentadoria. O ministro foi mencionado na delação de Delcídio Amaral (sem partido-MS) por ter, supostamente, participado de ações para barrar a força-tarefa da Operação Lava Jato.

  8. Estou de pleno acordo com o comentário de Dr. Bortolotto, As empresas públicas fortalecem o tesouro, vendê-las ao capital internacional, para mim é crime. Quando colocaram pessoas do governo FHC para dirigir a Petrobrás, já sabíamos antecipadamente o ia acontecer e qual era o desejo do novo governo. Por isso e outras coisas mais que, dia 31, também irei participar das manifestações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *