Muitos partidos precisam lembrar que j no representam de fato a sociedade

Imagem relacionada

Charge do Caco Galhardo (Arquivo Google)

Tabata Amaral
Folha

Fao aqui, no espao quinzenal que tenho nesta Folha, uma provocao que julgo saudvel para a poltica e para os partidos, com o nico intuito de contribuir para um debate que temos postergado, mas que a sociedade h muito demanda. uma reflexo necessria diante do impacto provocado pelos oito deputados do PDT, dentre os quais me incluo, que votaram sim reforma da Previdncia, e os 11 do PSB, contrariando a orientao partidria.

No estamos falando de dois ou trs parlamentares, mas de praticamente um tero das bancadas de duas relevantes siglas que ocupam posio mais ao centro no espectro da esquerda. A expressividade dessa dissidncia acendeu ao menos a luz amarela nas estruturas?

INFLEXIBILIDADE – Sabemos que a extrema esquerda no admite flexibilidade alguma de posicionamento, pois est enclausurada em suas amarras. No entanto, uma parcela da centro-esquerda quer dialogar com o contexto e a sociedade e caminha para se modernizar. Nisso nos fiamos, ns que temos convices sociais fortes, olhamos para o futuro do Brasil e enfrentamos o desafio urgente de termos crescimento sustentvel, condio para a consolidao da justia social.

Muitos partidos j no representam de fato a sociedade, mas somente alguns de seus nichos. Embora tenham em seus quadros um nmero cada vez maior de deputados com viso modernizante, as siglas ainda ostentam estruturas antigas de comando, e na maioria faz falta mais democracia interna.

Muitas vezes, consensos sobre pautas complexas no so construdos de baixo para cima, e cartilhas antigas se sobrepem aos estudos e evidncias. Quando algum membro decide tomar uma deciso que considere responsvel e fiel ao que acredita ser importante para o pas, h perseguio poltica. Ofensas, ataques honra e outras tentativas de ferir a imagem tomam lugar do dilogo. Exatamente o que vivo agora.

REBELDIA NORMAL – A boa poltica no pode ser dogmtica. Discordncias so normais no cotidiano e o ajuste e as acomodaes das diferentes vises vo se dando em questes menores, com as bancadas muitas vezes sendo liberadas para as votaes. O que foge completamente a esse processo e demonstra o grau do conflito instalado quando a rebeldia, como est sendo interpretado o voto de opinio, atinge um tero de bancadas expressivas.

Encaro esse debate como de fato a nica tentativa da centro-esquerda de se renovar, mas os partidos esto virando as costas para essa realidade. mais fcil lidar no plano da insubordinao. A construo de novas mentalidades no processo fcil e exige coragem.

No fundo, so dois os temas que se sobrepem nesse momento. A lgica de funcionamento dos partidos polticos no presidencialismo e o processo de renovao da poltica brasileira.

PUNIR DISSIDENTES? – A combinao de presidencialismo e federalismo, como ocorre no pas, favorece as chamadas indisciplinas partidrias. Busca-se reforar o poder da liderana partidria punindo dissidentes pela mxima de que os partidos no podem passar sinais de fraqueza. Ser preciso uma reforma muito profunda do nosso sistema poltico para produzir os incentivos necessrios para disciplinar as siglas. Enquanto existir o presidencialismo, o multipartidarismo e a federao, as lideranas partidrias precisaro ouvir e negociar com suas bases, dissidentes ou no.

A ampla renovao poltica que est em curso e da qual fao parte agrava o quadro de conflitos internos dos partidos. racional que as lideranas recorram a argumentos de ocasio para justific-los. Mais racional, contudo, pensarmos no Brasil.

Tabata Amaral cientista poltica, astrofsica e deputada federal pelo PDT-SP. Formada em Harvard, criou o Mapa Educao e cofundadora do Movimento Acredito.

29 thoughts on “Muitos partidos precisam lembrar que j no representam de fato a sociedade

  1. E o retardado do giraldeli falando mal da menina, e babando os ovos do ciro goma.
    Depois do ciro tomar conta do pdt brizola deve ta revirando no tumulo.

  2. Escreveu para explicar o seu voto e no convenceu.

    Tbata, voc virou de costas para o povo.

    Comeando assim, como ser voc no futuro?

    Ps. a negociao para votar foi boa?

  3. Parlamentar estreante e com pouca idade, mas com formao slida. O Brasil precisa muito de pessoas bem preparadas, com vocao para militar na poltica e que no comam na mo de dirigentes partidrios inescrupulosos.

    Parabns pela sua posio independente, focada em seus anseios por um Brasil menos desigual, mas lute para que haja uma auditoria da dvida pblica, sem a qual o nosso Pas no alcanar os investimentos necessrios para a gerao dos empregos to importantes para a massa de desempregados.

  4. Prezada deputada, me desculpe, mas a senhora est no partido errado. O PDT, continuao do antigo PTB, foi criado para defender a classe trabalhadora urbana e rural, os direitos sociais e trabalhistas, promover a defesa dos sindicatos e o fortalecimento do fator trabalho frente ao capital cada vez mais poderoso, nesse capitalismo atual to desigual. Talvez a senhora no saiba quem foram Brizola e Pasqualini, os maiores idelogos do partido ao qual a senhora equivocadamente se encontra filiada. No seu artigo no consta uma palavra sequer em favor da valorizao dos proventos dos aposentados, da defesa dos brasileiros pobres que vivem exclusivamente das transferncias financeiras da Previdncia Social e da manuteno da higidez de nosso sistema de proteo social ainda precrio, mas melhor que nada. Nada tambm em sua manifestao acerca das minorias em defesa das quais o PDT foi criado, os negros e os ndios, conforme consta da Carta de Mendes, que provavelmente a senhora no sabe do que se trata. Dona Tbata, abandone o PDT. A forma como a senhora pensa no guarda nenhuma correspondncia com o iderio programtico do trabalhismo expresso na Carta Testamento, no sei se a senhora conhece. V para o PST do Frota ou o PSDB do Dria que so mais apropriados para a senhora. Ou quem sabe o PJPL (Partido do Jorge Paulo Lehman), ou quem sabe a senhora pode ministrar aulas de Cincia Poltica fajuta no Insper, de propriedade de seu patrono? Opes no faltam para uma pessoa jovem e brilhante como a senhora. Mas, por favor, saia de onde a senhora nunca deveria ter ingressado.

    • YAWHE SEJA LOUVADO …sempre ..

      Parabns Sr. Carlos Alverga …..pelo seu comentrio …um missil bem direcionado para essa traira
      do nosso trabalhismo ….Do que adianta tantos “estudos” para fazer essa merda que fez …agora vejo no que deu tanto “saber” …UMA TRAIRA.
      sem moral ..sem tica …sem …sem …melhor deixar para l …
      YAWHE SEJA LOUVADO …sempre

  5. A, hoje jovem, deputada passar toda a sua vida explicando este seu Voto para retirar Direitos das Trabalhadoras e Trabalhadores da Nao Brasileira.

    Falar em modernidade e flexibilidade, para defender um Voto que est retirando Direitos, conquistados com Luta e Sacrifcios, dos Trabalhadores, que as geraes passadas de Trabalhadoras e Trabalhadores legaram, s pode ser fruto do despreparo poltico e de eventuais compromissos.

    A Reforma da Previdncia Social ser a principal derrota da Classe Trabalhadora no Brasil no Sculo XXI.
    Nenhuma outra derrota ter impactos to graves.

    E a deputada sabe disso e o PDT no pode relativizar a gravidade deste voto e dos demais que votaram a favor da Reforma da previdncia Social..

  6. No estamos falando de dois ou trs parlamentares, mas de praticamente um tero das bancadas de duas relevantes siglas que ocupam posio mais ao centro no espectro da esquerda. A expressividade dessa dissidncia acendeu ao menos a luz amarela nas estruturas?

    Vamos fazer um pequeno mas necessrio clculo? Diz ela: um 1/3 de duas relevantes siglas!!! Oito do seu partido mais 11 do outro. Total de 19 deputados. So 513 deputados, portanto, isto representa um percentual de 3,7% do total. Tambm no se pode enganar com a afirmao de tratar-se de duas relevantes siglas. Na viso dela!

    Venho acompanhando, desde a campanha, alguns deputados que foram eleitos. Li e ouvi a deputada e suas manifestaes. Durante todo o tempo, ela falou como o pessoal da esquerda fala. Por que agora, rapidamente nos primeiros embates, passa a falar diferente? Luciana Genro e seus companheiros (PSOL) e os comunistas falam muito parecidos! Estar pensando em criar, junto com alguns mais, uma nova faco da esquerda?

    Precisamos de jovem na poltica, com certeza
    O PDT, para quem conheceu o trabalhismo, quase nada do passado. As bandeiras so carregadas como os banquinhos das reunies. A maioria, imensa maioria dos atuais lideres e seguidores pouco ou nada sabem da histria, da poltica e, certamente, do partido.

    muito pouco tempo para descobrir tantos desconfortos polticos. Seria triste se no fosse infantil!

    Cada vez mais me conveno da necessidade de uma profunda mudana nas legislaes e nos fundamentos da poltica e dos partidos.

    E uma das mudanas que preciosa ser atingido o voto obrigatrio e universal. Direito pelo voto dado e desqualificado nos levar, cada vez mais, ao fundo do fundo do poo!

    Assim como o conhecimento construdo pela experincia, pelo estudo, pela dedicao e pelo esforo individual e coletivo, o mesmo tem de acontecer em relao ao exerccio do voto. Quando sem qualidade, o voto aquele instrumento que faz nascer o politiqueiro, o corrupto e a ignorncia.

    Guardo os prximos captulos, na esperana de que esteja errado!

    Fallavena

    • O voto, infelizmente, encontra-se bichado, e permite a ascenso de nichos desqualificados ao poder, como o caso do bolsonarianismo, p.ex., que tem o seu ncleo duro, ou cabea dura, formado por militares, milicianos e evanglicos, mercenrios e fanticos.

  7. “…..”Desconfiana” (de polticos e elites), “Destruio” (de senso de identidade nacional), “Privao” (causada pelo aumento das desigualdades do neoliberalismo) e “De-alinhamento” (aumento da volatilidade medida que as pessoas rompem laos de vida com os tradicionais partidos polticos).”

    Destes, “Destruio” o mais controverso (no menos importante na escolha da palavra)…….”

  8. “Populismo Nacional: A Revolta Contra a Democracia Liberal”

    “No Ocidente, h uma crescente onda de pessoas que se sentem excludas, alienadas da poltica dominante e cada vez mais hostis em relao a minorias, imigrantes e a economia neoliberal.

    Muitos desses eleitores esto se voltando para os movimentos populistas nacionais, que representam a mais sria ameaa ao sistema democrtico liberal ocidental e seus valores desde a Segunda Guerra Mundial.

    Mas o que est por trs dessa virada excludente? Quem apia esses movimentos e por qu? O que sua ascenso nos diz sobre a sade da poltica democrtica liberal no Ocidente?

    E o que devemos fazer para responder a esses desafios?

    Escrito por dois dos principais especialistas em fascismo e a ascenso da direita populista, Populismo Nacional um guia lcido e profundamente pesquisado para as transformaes radicais da paisagem poltica de hoje, revelando por que democracias liberais em todo o Ocidente esto sendo desafiadas e o que quem as apoia pode fazer para a conter a mar”.

    National Populism: The Revolt Against Liberal Democracy
    Roger Eatwell, Matthew Goodwin

    • O que est por trs disso apenas o fato de que os grandes partidos, a “boa” poltica, deixou pra trs os interesses da grande maioria da populao. Os grandes, velhos e “bons” partidos, no mundo todo, se voltaram para a defesa de interesses do mundo das finanas e das grandes empresas. Mesmo os partidos de esquerda fazem isso, enquanto se escondem por trs da correo poltica e da defesa de minorias. Todos esses partidos zelam mais pelos interesses de Wall Street que pela gente comum. E quando as classes mdias baixas se afastam dessa velha poltica que no mais lhe atende nem entende, isso chamado de “fascismo”. Tudo que no a velha poltica corporativa “fascista”: Trump, Bolsonaro, Maduro, Duterte, Putin, Corbyn, etc., pouco importando que esses representem correntes diferentes e briguem entre si.

  9. Aos rfos do ditador Vargas:
    A Inglaterra enforcou Cromwell por traio.

    No por acaso que a revoluo industrial comeou l.

    Enquanto Vargas no for desenterrado e enforcado, continuaremos no tempo de Mussolini.

    Brizola e Pasqualini so imitadores do fascismo italiano.

    • O nobre plebeu ..tu t fumando uma maconha estragada ? vc fez uma aberrao de comparao das mais idiotas que j vi algum escrever… logo abaixo os comentaristas Sr. Carlos Alverga …e Sr. Rubens …Lhe deram uma demonstrao de saber histrico… Por isso eu digo ..em BLOG ..de primeira como a nossa Tribuna ..s deva escrever quem tem bala na agulha … te dou um conselho meu nobre plebeu …evite ser repreendido antes de escrever …pense ..use seu crebro como processador, o que vc fez foi uma tremenda besteira histrica… Em tempo se vc soubesse quem foi Lord Protetor..vc no escreveria uma bosta desta …
      Estude MEU CARO …plebeu…
      YAWHE SEJA LOUVADO …sempre ..

    • Foi o que eu quis dizer:
      Faamos com Vargas o que os ingleses fizeram com Cromwell.

      Desenterrar, enforcar, decapitar, para que as prximas geraes no tentem a mesma aventura autoritria.

      Foi e sempre ser o nico ditador do Brasil.

  10. O voto de alguns parlamentares que no seguiram a orientao de seus partidos, no caso da Reforma da Previdncia, demonstra que as agremiaes polticas perderam completamente suas razes de existncia, tornando-se organizaes comerciais e desonestas, aproveitadoras do Fundo Partidrio – que querem aumentar mais ainda -, e venda de seus espaos na mdia quando em perodo eleitoral.

    H muito deixaram de lado seus estatutos, suas filosofias, seus objetivos polticos, para poderem transitar comprometidos com o sistema que os transformou em grupos de bandidos bem trajados e permanentemente mal intencionados.

    Independente de como votou a deputada Tabata moa bonita -, o PDT no tem moral para expuls-la do partido, pelo menos no com Lupi na presidncia.

    Lupi traiu Brizola.
    Mudou os rumos do partido, que teve origem no Trabalhismo.
    Desvirtuou por completo as ideias de Brizola quando se aliou ao PT, mediante a explicao que se tratava de sobrevivncia partidria.
    Na verdade, Lupi imaginou um momento onde o PT e PDT poderiam se fundir em uma sigla, e comandarem o Brasil politicamente.
    Ledo engano.
    Mais para devaneio, delrio, que pensar sobre a concretizao desse pensamento, principalmente com os petistas!

    Lupi, dessa forma, tornando-se fantoche nas mos hbeis e corruptas do PT, mesmo que no tenha participado ativamente dos roubos dessa quadrilha enquanto no poder, trouxe para o partido que preside o mesmo conceito que hoje se reconhece os petistas:
    Ladres e traidores!

    O segundo erro crasso de Lupi, evidenciando a sua falta de preparo, de estofo poltico, foi de no ter negociado o seu apoio Dilma Dilma, eu te amo! -, a bandeira que o PDT mantinha hasteada, a Educao.
    Pelo menos, que exigisse a criao de alguns CIEPs em localidades mais carentes no Brasil, mas sequer o incompetente chefe do partido se dignou a colocar em pauta essa possibilidade.

    A terceira falha, e imperdovel, cometida por Lupi, foi lanar como candidato da sigla presidncia da Repblica ano passado, Ciro Gomes.

    Sem qualquer fidelidade partidria, megalmano, onipresente, vaidoso, egocntrico, comprometido apenas consigo mesmo porque se julga o senhor da razo e dono da verdade, a campanha deste indivduo enterrou de vez qualquer pretenso de o PDT recuperar a sua importncia do passado.
    Em nenhum momento, Ciro abordou a Educao como seu principal objetivo, resgatando justamente a luta de Brizola para oferecer s crianas pobres e miserveis estudos e escolas de qualidade, jamais!
    Ciro queria somente discutir economia, apresentando-se como o salvador de nossas finanas.
    Os demais assuntos no lhe serviam para discusso e debate por entender menores s suas pretenses, apresentando-se, inclusive, como um dos pais do Plano Real!

    A estratgia e ttica de Ciro foram deplorveis, alm de no haver no PDT quem lhe orientasse a respeito dos caminhos que trilhava para a inexorvel derrota, de querer unir a esquerda em torno do seu nome, uma espcie de sucessor autodenominado de Lula.
    Evidente que daria com os burros ngua, pois o chefe da quadrilha petista se antes nunca nomeara um sucessor, quanto mais preso, sabendo que o dia que for libertado ser apenas lembrana.

    Portanto, se o candidato do PDT queria os eleitores petistas, sabendo de antemo que Bolsonaro teria aqueles que repudiavam Lula e sua quadrilha, Ciro meteu os ps pelas mos, unindo efetivamente a esquerda e a extrema esquerda no em torno do seu nome, mas em si mesmas.
    E foi exatamente esse mtodo escolhido pelo Ciro com a aquiescncia de Lupi, que derrotou o PDT, colocando-o fora da disputa no segundo turno.
    O corrupto e ladro Haddad o venceu facilmente, avisando que Ciro no era da esquerda, mas um oportunista, um alpinista poltico, um infiel.

    Pois bem, a deputada Tabata seguiu as suas convices; atendeu ao apelo da sua conscincia.
    Traiu o PDT?
    Claro que no, pois essa sigla vem sendo trada h muito tempo pelo Lupi, depois Ciro Gomes, e agora por ambos!

    Lupi deixou que o PDT se tornasse uma espcie de genrico, em termos de partido poltico.
    No entanto,como se fala muito mal dessas organizaes atualmente, e o PDT no possui mais a sua bandeira de antes, a Educao, a no ser ter sido fiel ao PT, e de maneira at mesmo ridcula e nefasta, Tabata tem razo.

    Muito antes de Lupi pensar em expulsar a jovem deveria renunciar, e levar consigo Ciro Gomes.
    Talvez formarem outro partido, onde a incapacidade somada ao egocentrismo, quem sabe no surgiria uma sigla rebelde em todos os sentidos?!

  11. Tabata veio de Harward convcta que seria a lider a dirigir um partido que tem tradio assinalada na Revoluo Farroupilha. No partido de vestais, mas tem posio. Desde o momento que vi Tabata entrevistada ao lhe ser perguntado se aceitaria um convite de Bolsonaro para uma entrevista dizer: Para mim ser uma honra. Vi logo que Tabata no ficaria no PDT. A Resposta normal seria: Sim eu aceitarei. “Dizer ser uma honra encontrar-se com Bolsonaro “desnudar-se politicamente perante a sociedade”. Depois convidada por Dria vai selerepe ao seu encontro sendo logicamente endeusada. Nem o PDT lhe serve mais e nem ela serve mais ao PDT. Sua mente est americanizada. Pensa ter tomado banho no “Rio Jordo”. O ideal para ela fundar um partido e praticar a ideias avanadas que diz ter encontrado. Dentro de uns quatro anos o Brasil ser um Paraiso.

    • YAWHE SEJA LOUVADO …sempre …

      Parabns Sr. Aquino …teu comentrio foi no figado. textual , simples e fulminante.
      Essa “deputada” mais uma do “time” dos TRAIRAS… e como aqui mesmo j escrevi
      TRAIRA uma abominao …em tempos de guerra fuzilado.
      Foi um TRAIRA …que “entregou” nosso SALVADOR YESHUA …por trinta moedas de pratas… TRAIRA TRAIRA … a cousa mais nojenta que existe um TRAIDOR …acima deste s um Assassino.
      YAWHE SEJA LOUVADO …sempre …

  12. Caro Bendl,
    Muito importante sua explicao do que o PDT do Lupi e Ciro Gomes, que defenderam o Lula, o maior corrupto da nossa histria.
    O PDT do Brizola sim, representava o PTB de Getlio Vargas. O PDT verdadeiro morreu com o Brizola.

  13. Meu amigo Jacob,

    Jamais assinei ficha em partido algum na minha vida, que no significa que sou contrrio s pessoas que se filiam nessas agremiaes polticas, pelo contrrio.

    Mas, diante desta minha condio de apartidrio, sinto-me vontade para tecer meus comentrios, sem que exista qualquer empecilho s minhas crticas ou elogios, estes rarssimos.

    Se percebeste, o nico partido que exponho meus pensamentos polticos o PDT, e por razes bvias.
    Logo, fico decepcionado em constatar que o legado de um homem que lutou a vida inteira por um pas melhor, foi cassado, teve que exilar-se, perdeu patrimnio, teve a sua vida at mesmo do avesso, e nada foi encontrado de corrupo ou desonestidade, a memria de Brizola deveria ter sido mais cuidada por Lupi, nem que fosse apenas por respeito.

    O atual presidente do PDT escolheu abandonar a tradio Trabalhista para enveredar-se por caminhos que o antigo e verdadeiro lder jamais teria feito.

    Entregou-se de corpo e alma ao PT;
    resgou a bandeira que o PDT era o nico partido que a desfraldava, a Educao;
    Mesmo com as acusaes indefensveis contra Dilma, Lula e demais petistas, Lupi morreu afogado no barco dos ladres e corruptos, que afundou no mar de lama que eles haviam criado!

    Por ltimo, de modo a jogar uma p de cal em cima da memria de Brizola, Lupi escolhe Ciro Gomes, para ser candidato do PDT nas ltimas eleies.

    Brizola, depois desta, certamente pediu para renascer em outra galxia, sistema solar e planeta, pois a Terra no mais seria possvel retornar!!

    Logo Ciro, o infiel;
    Logo Ciro, que jamais teve e tem tradio partidria;
    Logo Ciro, que queria unir as esquerdas;
    Logo Ciro, que queria soltar Lula, se eleito fosse;
    Logo Ciro, egosta, megalmano, onipotente, dono da verdade, aquele que sempre tem as frmulas para resolver os problemas;
    Logo Ciro, que jamais construiu qualquer partido poltico, pois de acordo como se julga, indiscutivelmente seria um lder melhor que Lula e Brizola.

    Nada,
    Ciro sempre desfilou em estradas abertas e pavimentadas por outras pessoas, outros lderes, pois a sua capacidade pessoal, meramente de divulgao de si mesmo.

    Por essas e outras que,Lupi, o presidente do PDT, que arrasou com o legado Trabalhista e Brizolista, enterrando de vez a tradio partidria que nos remete h quase duzentos anos – incio da Revoluo Farroupilha, em 1.835 -, carece de autoridade moral para expulsar qualquer parlamentar do PDT.
    Antes, Lupi deveria renunciar, e levar consigo Ciro Gomes, desinfetando o partido,e deixando-o livre para voltar a seguir os ensinamentos de Brizola, e hastear a bandeira da Educao, rasgada e queimada por Lupi e Ciro!

    Abrao, meu amigo.
    Sade, muita sade.

  14. Para mim no importam as convices da Tabata. O que para mim inaceitvel o voto contra um consenso formado em uma reunio em que ela participou. Ela e outros sete da sigla. Nessa reunio ficou acordada a rejeio da proposta da reforma atual (que penaliza as aposentadorias com valores mais baixos) e a defesa da reforma de previdncia proposta por Benevides. Ento, o uso um pouco de empatia o bastante para decidir se est a favor ou contra o comportamento da deputada. Faa a seguinte questo para si: eu participo de uma reunio em que tomada uma deciso por consenso. Aps, em outra reunio, com diferentes pessoas. eu voto contrrio deciso tomada anteriormente. Estarei eu agindo corretamente? .Serei eu uma pessoa confivel? Serei eu tico?

  15. Vidal, meu caro,

    No questionei a fidelidade partidria da deputada, e fui claro nessa questo.

    Eu apenas escrevi que no via no PDT, e na figura do seu presidente ou da comisso encarregada, autoridade moral para expulsar a parlamentar.
    E expliquei os motivos que levam a pensar dessa forma, basicamente em razo dos desvios que as siglas decidiram tomar por conta prpria.

    Por exemplo:
    Quando querem roubar, explorar e manipular o povo, pedem a nossa permisso?!

    Quanto a no cumprir o combinado outra questo que, a meu ver, requer mesmo a expulso do grupo de quem estabeleceu a conduta a ser obedecida.

    Agora, e repito o que escrevi, com que autoridade moral o PDT tem para tomar esta deciso, de expulsar, se o seu presidente e candidato presidente da Repblica so os primeiros a no seguir o programa partidrio?!

    Sade.

  16. Bendl, meu caro, no se trata de tecer juzo sobre o PDT e Ciro Gomes que diferentemente da tua opinio, o acho o mais preparado e quem defende as melhores ideias a respeito de um projeto de desenvolvimento do pas. Alis, qual a discordncia entre o programa partidrio do PDT e o que Ciro fala? Sinceramente, acho que h um alinhamento. Voltando ao assunto da Tabala e dos outros sete, na minha opinio ouve uma traio deles ao que foi acordado. Simples assim. Abrao.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.