Multa milionária de que o BankBoston se livrou era dos tempos de Meirelles…

Resultado de imagem para henrique meirelles charges

Meirelles virou ministro para ter foro privilegiado

Deu em O Tempo
(
Agência Estado)

O ex-auditor Paulo Roberto Cortez fechou o primeiro acordo de delação premiada no âmbito da Operação Zelotes e revelou aos investigadores como funcionava o esquema de corrupção no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), o “Tribunal da Receita”. Cortez detalhou que votos de conselheiros eram “encomendados” por empresas que deviam fortunas ao Fisco e que funcionários do setor eram remunerados “por fora” em troca de informações sigilosas dos processos.

A delação do ex-auditor, homologada no dia 7 pelo juiz Vallisney Oliveira, da 10.ª Vara da Justiça Federal em Brasília, foi revelada pela repórter Camila Bomfim, no Bom Dia Brasil, da TV Globo, e confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

ADAPTAR O TEXTO – Cortez, o delator, que foi conselheiro do Carf até 2007, afirmou, ainda, como o BankBoston se livrou de multa milionária – o tribunal administrativo julga recursos de empresas e bancos contra autuações da Receita.

Ele disse que em 2012 recebeu do então conselheiro Valmir Sandri um voto para o caso do Boston e “a orientação de adaptar o texto aos padrões do conselho”. Sandri nega enfaticamente envolvimento com o esquema instalado no Carf.

O delator contou que, por meio de dois recursos ao colegiado, o BankBoston conseguiu reduzir multa de R$ 600 milhões para uma quantia inferior a R$ 100 milhões.

ITAÚ SE EXPLICA – O Itaú-Unibanco, que adquiriu operações do BankBoston, esclareceu “que não é parte do processo”. “O Itaú não tem e não teve qualquer ingerência na condução de tais processos nem tampouco qualquer benefício das respectivas decisões. O Itaú esclarece, ainda, que nenhum dos denunciados foi funcionário ou diretor desta instituição.”

Cortez confessou ainda que ganhava R$ 10 mil todo mês em dinheiro vivo para orientar um outro ex-conselheiro, José Ricardo da Silva, que seria também dono de uma “consultoria” que atuava em casos submetidos ao colegiado. O delator disse que o ex-conselheiro “não sabia fazer” o trabalho no Carf.

“Na área de Imposto de Renda, ele (Ricardo) não tinha conhecimento, tampouco em contabilidade. Então, antes de cada sessão, quando eu trabalhava com ele, eu fazia as devidas explicações, repassava para ele o material e fazia as explicações de cada matéria a ser tratada em cada julgamento”, afirmou Cortez.

BANK OF AMERICA – Em nota, o “Itaú Unibanco esclarece que não é parte do processo e não teve acesso à decisão mencionada. O Itaú reafirma que, em 2006, adquiriu as operações do BankBoston no Brasil, sendo que o contrato de aquisição não abrangeu a transferência dos processos tributários do BankBoston, que continuaram sob inteira responsabilidade do vendedor, o Bank of America. O Itaú não tem e não teve qualquer ingerência na condução de tais processos nem tampouco qualquer benefício das respectivas decisões. O Itaú esclarece, ainda, que nenhum dos denunciados foi funcionário ou diretor desta instituição.”

A assessoria de imprensa do Bank of America afirmou que a instituição financeira não irá se manifestar.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Como se sabe, o BankBoston era presidido mundialmente por Henrique Meirelles. Quando virou presidente do Banco Central, em 2003, estava respondendo a processos no TCU e o presidente Lula lhe deu status de ministro em agosto de 2004, para protegê-lo com o foro privilegiado. Como o TCU também estava dominado, tudo acabou bem para o “ministro” do BC, que é à prova de inquéritos, porque tem uma blindagem importada, muito especial. (C.N.)

21 thoughts on “Multa milionária de que o BankBoston se livrou era dos tempos de Meirelles…

      • Mesmo porque:

        Trump vem aí
        Trump vem aí

        Isso faz part do script ha tempos.
        Melhor um grupo de militares pra peitar o amarelo do que um bando de fantoches do imaginário de horror…

        • Andre, tua análise, perfeita, Meirelles, o traidor, ainda quer ser presidente da republiqueta democradura, onde a corja de Brasília, sede das quadrilhas hediondas, com sua canetas-metralhadoras, dizimam o povo-trabalhador, estamos em uma grande senzala com mil “amos e patrões” com o senhor=mor “o temeroso.
          Tiradentes, deste tua vida pelo teu povo, e ele continua escravo do Poder politico e econômico, sem escola, sem saúde, sem segurança, sem emprego.
          Que Deus em sua Misericórdia nos ajude a sair deste oceano de lama, mas, façamos nossa parte, de esclarecer o Zé e Maria povinho, que seu voto de cabresto, é isso que ai está, podridão nos poderes.
          Por um Brasil decente e justo!.

  1. O MPF tem OBRIGAÇÃO de acionar e buscar os valores devidos, multa e indenizacies, o Bank Boston e o Bank of America, PRINCIPALMENTE nos EEUU.

    • Caro Joca,Que a juventude, que está no MPF, tome essa decisão, pergunto: caberia uma Ação popular? Dr. Béja, poderia nos esclarecer, e que a Justiça, estuprada e vilipendiada por sinistros, se redima, fazendo Justiça. lembro Rui Barbosa: ” Quem não luta por seus Direitos, não é Digno deles”. 88 anos, nunca vi tanta podridão, a sufocar o Cidadão. Almas trevosas, tua obras no mal, enfrentará no além túmulo, tua consciência, Tribunal Divino, com o Ranger de Dentes.

  2. Olhar a fotografia desse réptil traz á lembrança a ‘ ‘teoria da conspiração’ ‘…, lembras? O Aaron deixou claro:

    “O objetivo final que essas pessoas têm em mente é o objetivo de criar um governo mundial administrado pelo setor bancário, e os banqueiros estão fazendo isso em seções.

    Toda a agenda é criar um governo mundial onde todos tenham um chip RFID implantado neles.
    (RFID, sigla em inglês para chip de identificação por radiofrequência)
    Não haverá mais dinheiro, disse a mim diretamente o próprio Rockefeller.
    E todo o dinheiro estará nesses chips.
    E, portanto, em vez de ter dinheiro, a qualquer momento que você tenha dinheiro no seu chip, eles podem tirar o que quiserem, sempre que quiserem.
    Se eles disserem: “Você nos deve tanto dinheiro em impostos”, eles simplesmente o descontam digitalmente.
    É o controle total das pessoas.

    E, se você é como eu, e você está protestando o que estão fazendo, eles podem simplesmente desligar o chip e você não tem nada.
    E esse chip está conectado a um banco de dados que possui seus registros de compras, o que você faz, o que vende. Tudo está lá, sabe? (CPF na nota São Paulo?)

    Eles querem um governar um mundo controlado por eles, todo mundo ‘chipado’, todo o seu dinheiro nesses chips.
    Eles controlam os chips. E você se torna um escravo, você se torna um servo para essas pessoas.
    Esse é o objetivo deles, estas são suas intenções.

    ————-

    Conheci Nick Rockefeller quando eu estava concorrendo ao governo de Nevada.
    Ele era muito inteligente. E costumávamos falar e compartilhar idéias e pensamentos.
    E ele é quem me disse muitos meses antes do 11 de setembro acontecer que haveria um evento.
    E a partir desse evento, invadiríamos o Afeganistão, para comandar os oleodutos do Mar Cáspio.
    – Nós vamos invadir o Iraque, para assumir os campos de petróleo, estabelecer uma base no Oriente Médio e fazer tudo parte da Nova Ordem Mundial.
    E iremos depois á Venezuela.

  3. …. “E, com certeza, mais tarde, o 11 de Setembro aconteceu.
    E lembro dele me contando como veríamos soldados a procurar em cavernas no Afeganistão, Paquistão, todos esses lugares.
    E haverá essa Guerra contra o Terror, na qual não há inimigo real.
    E o tudo não passa de um engodo gigante, mas é uma maneira para o governo assumir o povo americano.

    – “Oh sim! Não há dúvida”, ele diz “Haverá uma guerra contra o terror”, e ele rindo, “Não há … Com quem estamos lutando?”
    “Quero dizer, por que você acha que o 11 de setembro aconteceu, e então nada aconteceu desde então?”
    “Você acha que nossa segurança é tão grande aqui que os responsáveis pelo 11 de setembro não conseguem pegar outro avião?”
    Veja, é ridículo”.

    Uma guerra sem fim contra o terror.
    Sem nenhum inimigo real.
    Então você nunca pode definir um vencedor.
    “Não há vencedor, não há ninguém a vencer”.
    Então continua e continua para sempre…

  4. …” E eu costumava dizer-lhe: “Qual é o objetivo de tudo isso?”
    “Você tem todo o dinheiro do mundo que você precisa”.

    “Você tem todo o poder que você precisa”.
    “Qual é o objetivo?”
    “Qual é o objetivo final?”

    E ele disse que o objetivo final é que todos sejam atacados.
    Para controlar toda a sociedade.
    Para ter os banqueiros, as pessoas de elite, você sabe, os banqueiros e algum governo controlando o mundo.

    “A maioria deles acredita que estão fazendo o que é certo”.
    “Muitos deles acreditam que é melhor ser socialista”
    Sabe, temos de convencer as pessoas do capitalismo … que o socialismo é realmente o capitalismo “.
    Ele disse: “A América está se tornando um país socialista. Hoje é um país comunista “.

  5. …” Estavamos em casa uma noite, ele começou a rir, e disse: “Aaron, sobre o que você acha da Libertação das Mulheres?”

    E eu disse ter um pensamento bastante convencional, as mulheres tendo direito ao trabalho, recebendo igual salário com homens, assim como o direito de votar.

    E ele começou a rir e disse: “Você é um idiota”. E eu disse: “Por que sou idiota?”
    E ele disse: “Nós, os Rockefeller, financiamos isso”.”Nós financiamos Women’s Lib”.

    “Nós conquistamos isso em todos os jornais e televisão, a Fundação Rockefeller”.

    E você quer saber por quê? Havia dois motivos principais.
    Uma razão era: “Não poderíamos taxar a metade da população antes do Liberal das Mulheres”.

    E a segunda razão foi: “Agora, nós iniciamos as crianças na escola em idade precoce”.
    Nós podemos doutrinar as crianças como pensar.
    Isso rompe com sua família.
    As crianças começam a olhar para o Estado como sua família.
    A pensar na escola escola, nos funcionários como família, ensinando-os.
    Não mais os pais ensinando-os”.

    Esses foram os dois principais motivos para o Women’s Lib, que eu pensei que até então era uma coisa nobre, você sabe?”

    ………………………..
    Aaron Russo Interview – Published on Mar 10, 2011

    https://youtu.be/FuinaIm-kd4

    filme completo:

    https://youtu.be/YGAaPjqdbgQ

  6. “Toda essa agenda e para criar um governo mundial,
    Eles fazem o que quiserem fazer.
    O que nos queremos não importa mais,
    E o plano a agenda deles que importa.

    Eles já tem todo dinheiro que precisam,
    Eles podem fabricar todo o dinheiro que precisem,
    Eles tem as maquinas para fazer todo dinheiro.

    Não tem nada a ver com dinheiro
    Tem tudo a ver com controle
    Com a visão deles, de como querem ver o mundo.

    Voce ouve dizerem que democracia significa liberdade…
    Não, Democracia = Nova ordem Mundial.

    • Temos provas do poder da Internet ao ver que, ao menos por um determinado tempo na nossa Historia, essa fantástica ferramenta coletiva bloqueou, impediu ou atrasou muitos dos planos da elite dominante.
      Exemplos, a tal Gripe Aviaria que dizimaria muita gente, se nao fosse uma jornalista suíça que escancarou a fraude, a tentativa de um laboratório de contaminar as vacinas com o vírus H1N1…

      E a liderança da tal Nova Ordem Mundial, que se retraiu uma vez escancarada para o mundo, mas que agora se rearranjou e soltou seu cachorro louco, o amarelo Trump, que vai partir pra cima….

      Segurem o bicho, que esse quer fazer da Amazônia, o seu poste de urinar, enquanto vigia seus oleodutos venezuelamericans….

  7. Esta semana assistir pela TV este cara falando.
    Tanto cinismo, tanta mentira.

    Palavras dele, para se combater a crise temos controlar os gastos, isto o governo já faz…

    Diga se não dar vontade de mandá-lo juntamente com outros a pqp.
    Ao ouvir uma coisa dessa e outros falando, falando não, vomitando, ficamos quase com certeza que esse país não tem mais jeito…

  8. E continuamos procurando culpados. Bancos, Meirelles, ex-ministros, servidores assaltantes. Tem de tudo. Só não tem povo para assumir seu destino.
    Por que? A resposta é muito simples: para apagar e corrigir os erros cometidos é preciso que outros o façam!
    Ações judiciais? Algum organismo internacional para nos ajudar?
    Cuidado: se em 2018 continuarem elegendo os mesmos ou seus seguidores, o buraco só aumentará.
    E a saída será fugir outra vez e arrumar outros para colocar a culpa de seus erros.
    Na democracia a porta de saída é o voto. Por esta razão é que defendo, faz tempo, voto qualificado. Quem não sabe nada, não quer saber nada, voto em qualquer um errado, não pode votar. O voto universal e obrigatório nos levará, cada vez mais, para o buraco.
    Ai, só a 3º ciclo da borracha pode resolver. E até este está falindo.
    Fallavena (diretamente de |São Paulo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *