Não há condições de Temer seguir no cargo, diz o secretário-geral da CNBB

Resultado de imagem para dom leonardo ulrich steiner

Dom Leonardo Steiner diz que não há idoneidade

Deu na BBC Brasil

Em uma contundente manifestação, o secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Ulrich Steiner, diz que não há a mínima condição ética para que Michel Temer continue no cargo, após as revelações da JBS. “Nós pensávamos que o pior já tivesse passado. Claro que, de alguém que está há tanto tempo na política e num partido que também vinha sendo acusado na Lava Jato, se podia esperar alguma coisa, mas não nesse montante”, diz o dom Leonardo em entrevista à BBC Brasil.

“Por isso a presidência [da CNBB] tomou a iniciativa de emitir uma nota para dizer que, para alguém que exerce um cargo público, a idoneidade é tudo”, acrescenta. ‘”Se alguém vem e diz que está subornando juiz e o Ministério Público, não é possível que quem está à frente do Estado não se mexa”, afirma Steiner

COISA PÚBLICA – Para o dirigente católico, as gravações da JBS mostram para o País que a coisa pública é tratada como vantagem pessoal, ou como vantagem do partido, de determinados grupos. “O que espanta é que falem de bilhões como se fossem mil reais.”

Sobre o processo de substituição de Michel Temer, dom Leonardo Steiner defende que a escolha deve passar pelo povo. “A outra saída em que se fala mais é do próprio Congresso eleger um novo presidente e um novo vice, no caso de renúncia ou de cassação do atual presidente. Mas penso que é sempre importante passar pelo voto, é sempre importante ouvir a sociedade”, afirmou.

O bispo católico disse também que o agravamento da crise política deve paralisar o andamento das reformas da trabalhista e da Previdência. “Como podem pessoas que estão tão envolvidas na Lava Jato decidir os destinos da população brasileira? Depois, há a necessidade de maior diálogo com a sociedade em relação, por exemplo, à [reforma da] legislação trabalhista. Sobre a terceirização, não houve diálogo. Sobre a reforma da Previdência, até agora não se mostraram os dados reais. Fala-se em deficit, mas como funciona a Previdência brasileira? É preciso debater muito mais”, afirmou.

(Reportagem enviada por Sergio Caldieri)

16 thoughts on “Não há condições de Temer seguir no cargo, diz o secretário-geral da CNBB

  1. E nada disse essa impoluta CNBB acerca das ” diabruras” da Dilma e do Lulla!
    Pelo contrário; lhes deram apoio irrestrito.
    São os verdadeiros ” vendilhões do templo”.

  2. “Neque porro quisquam est qui dolorem ipsum quia dolor sit amet, consectetur, adipisci velit…”

    “Não há quem goste de dor, que a procure e a queira ter, simplesmente porque é dor…”

    Traduzindo: nada falou, e disse que:

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.
    Pellentesque convallis urna quis tellus convallis vehicula.
    Maecenas eu nibh auctor, euismod lacus eget, bibendum diam.
    Sed non eros ut lectus varius facilisis.
    Nunc laoreet elit id erat auctor, at lobortis justo molestie.
    Nam ultricies neque eu orci interdum, eget varius dolor pulvinar.
    Nunc ac risus id metus eleifend hendrerit.
    Ut condimentum enim a fermentum pretium.

    TUTO-DOMINATUM

  3. A CNBB, e parte da Igreja Católica, sempre tiveram um lado político. Sempre apoiaram o PT e a sua gestão enganosa. Se apoiaram e ajudaram a eleger o Lula e a Dilma conclui-se que tem parte de culpa dessa mega crise econômica, moral e ética.
    Como disse o Paulo: padre tem é que rezar missa.

  4. Quado as esquerdas estiveram no poder os senhores do CNBB se contentavam em comer quietos, portanto … abstenham-se agora também, de emitir suas posições pra lá de suspeitas..!

  5. Esse cara tá certo.
    Mas fica uma pergunta.
    Por que esse entidade não se manisfestou quando o governo anterior, com a ajuda de muitos que estão no governo atual estavam f….. com o país?

    Tendenciosos……..

  6. Este energúmeno devia calar a sua boca. A CNBB vendeu a alma ao diabo. Para quem se reuniu com o boulos, não podemos esperar grandes atitudes.

  7. Eu gostaria de saber o que esse bispo de araque acharia da possibilidade de um Jean Willys ganhar a Presidência da República ! É do campo dito progressista, um representante de minorias oprimidas, negro e homossexual. É só saber se há algum homossexual assumido como bispo ou mesmo como padre! Ou então da volta de um bandido praticamente assumido como o Lullarápio! Esses são os candidatos dos bispos católicos? E depois lamentam que a Igreja Católica perca fiéis ano após ano!

  8. Não sabem rezar. Ficam fazendo futrica. A Igreja tem o rabo muito sujo. Padres pedófilos. Amigetes de petistas. E por aí vai. Está explicado porque perdem fiéis direto. Sou exemplo disso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *