Nery acertou em cheio: o terrorista da Noruega quer se lembrado como “o maior monstro nazista desde a Segunda Guerra”.

Carlos Newton

Em artigo aqui no blog, nosso cronista Sebastião Nery não titubeou e foi logo classificando de nazista o autor confesso dos dois ataques em Oslo, Anders Behring Breivik, de 32 anos. Nery acertou na mosca. Num manifesto intitulado “A European Delaration of Independence – 2083” (Uma declaração de Independência Europeia – 2083), publicado na internet, Breivik destaca “o uso do terrorismo como um meio de despertar as massas”, e prevê que será lembrado como “o maior monstro nazista desde a 2ª Guerra Mundial”.

Com várias referências históricas, o documento assinado por Breivik – com 1.518 páginas – inclui ainda um manual sobre como montar bombas e um discurso contra o Islã e o marxismo, várias referências históricas, detalhes da personalidade do próprio e Breivik e um diário dos três meses que precederam o ataque, que já era preparado desde o outono de 2009 no hemisfério norte.

Detalhe interessante: o manifesto tem várias referências ao Brasil que demonstram o alto grau de racismo de Breivik. Segundo ele, por causa da “revolução marxista brasileira”, o Brasil teria se tornado uma mistura de raças o que se mostrou uma “catástrofe” para o país, que é “de segundo mundo” com um baixo nível de coesão social. Os resultados seriam os altos níveis de corrupção, baixa produtividade e conflitos entre as diferentes culturas.

Breivik ainda classificou o Brasil como um país “disfuncional” e discorreu sobre o acidente com o Césio-137 em Goiânia, sobre o golpe militar de 1964, que. segundo ele, contou com a intervenção americana. Ou seja, mirou no que viu e acertou no que não viu.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

2 thoughts on “Nery acertou em cheio: o terrorista da Noruega quer se lembrado como “o maior monstro nazista desde a Segunda Guerra”.

  1. Obs.: infelizmente, Nery errou em cheio,não conseguiu entender o ato de Anders da Noruega!!!
    Vamos para a realidade:
    TODOS OS MUÇULMANOS PRECISAM SER EXPATRIADOS DA EUROPA E DE TODOS OS PAÍSES CIVILIZADOS, PARA O ORIENTE MÉDIO!

    ENQUANTO NÃO SAIREM, DEVERÃO SER CONFINADOS EM CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO, ONDE PODERÃO COLOCAR NO PORTÃO DE ENTRADA: “EURÁBIA”, COMO SONHAVAM.

    As verdades que não devemos esquecer:

    ANDERS BEHRING BREIVIK, da Noruega não é um assassino, é um idealista, assim como foi Che Guevara e outros, que arriscaram suas vidas e liberdade, em prol da humanidade. E. como o próprio Anders da Noruega declarou: “foi cruel, mas necessário”. Com seu ato, ao eliminar os islamitas e seus simpatizante, ele teve a intenção em alertar o mundo sobre os perigosos muçulmanos, que se infiltram na Europa e em outros países civilizados, sob qualquer pretexto, e na primeira oportunidade fazem terrorismo nos países que os acolheram.

    Alguns exemplos: na França, queimam as propriedades dos ocidentais, sob qualquer pretexto, e contratam desocupados para fazerem o “serviço”, em conjunto, para não serem incriminados. E, onde podemos observar que todas as Igreja estão pichadas, e apenas as Mesquitas não estão. Se fosse obra de pichadores, as Mesquitas também estaria. Na Rússia, mataram dezenas de crianças numa escola, mas ali não puderam negar a autoria. Na Itália, oito islamitas apenas, em poucos meses, estupraram mais de 600 (seiscentas) meninas de 12 a 16 anos de idade, obviamente virgens, o que foi amplamente divulgado. Na Inglaterra incendiaram várias cidades inglesas, somente porque um islamita foi morto pela polícia, e também estupram meninas inglesas. Nos USA todos sabem o que aconteceu, porque foi amplamente divulgado. No Brasil, um brasileiro que matou vários estudantes num colégio, tinha ligações com terroristas islâmicos, inclusive pela Internet.

    Portanto, podemos deduzir que todos os assassinatos nas escolas, no mundo inteiro, mesmo não sendo efetuados por muçulmanos, os atiradores são recrutados por eles.

    Islamismo não é religião, é Seita Pedofílica e política, com suas leis próprias, nas quais a pedofilia é legalizada por lei do Islã. Qualquer muçulmano jovem ou velho, pode casar com meninas de 9 (nove) anos de idade, para suas orgia pedofílicas, e quando morrem nessas orgias, apenas são substituídas por outras vítimas infantis. Alegam que é costume, para justificarem suas perversões sexuais. Os islamitas seguem o exemplo do pedófilo Maomé (Mohamed), que chamam de profeta, e cuja última esposa, a Ayshah, tinha apenas 8 (oito) anos de idade.

    Antes do ato de Anders Behring Breivik, a Nova Ordem dos Templários não era conhecida, agora essa Sociedade Secreta se espalhou pelo mundo inteiro, com milhares de seguidores, que estão aumentando a cada dia. Se era esse o objetivo de Anders, a divulgação, então conseguiu!!! E, a Islamofobia se fortificou pelo mundo civilizado, graças ao corajoso Anders de Noruega.

    Obs.: os muçulmanos, sempre covardes como todos os assassinos, se escondem por trás das “Estrelas Negras”, na Grécia, e outras denominações que usam, para promoverem revoltas e matanças, com intuito de dominarem os PAÍSES, posteriormente.
    O mesmo método estão usando na Síria, e depois culpam o governo Sírio, pelos genocídios que praticam.

  2. Me perdoe, Nery, mas, enganou-se mais uma vez!
    O Golpe Militar de 1964, realmente teve intervenção americana!
    Explicando melhor: esse golpe militar era necessário para que a antiga URSS, não se apoderasse do BRASIL, transformando-o numa 2a.CUBA. A maior prova que podemos ter é a senhora Dilma Roussef, atual Presidente da República, que ajudava a matar militares brasileiros, paga pela União Soviética. Hoje bate no peito que lutava a favor da democracia, sendo que que lutava a favor da antiga URSS, com intenção de ajudar a introduzir Comunismo no Brasil, jamais
    lutou a favor da Democracia. Lamento que esteja tão desinformado e somente acredita no que o atual governo inventa e propaga. A ficha policial da senhora Dilma Rouseff, ou ainda LUIZA, PATRÍCIA OU WANDA, cognomes que a senhora Dilma usava, para se esconder da polícia, entre outros crimes. Tudo bem documentado pelo antigo DEIC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *