Netos de Brizola não são donos do PDT, o partido não é uma fazenda

Antonio Santos Aquino

Os netos de Brizola lamentavelmente se deixaram influenciar por um deputado estadual do PDT que acaba de sair do partido. Esse deputado e o marido de Dilma, o falso guerrilheiro que voltou ao partido, o tal Carlos Araújo,  é que influenciaram os netos do Brizola dizendo que são herdeiros do PDT, como se o PDT fosse uma fazenda.

Nada fizeram pelo partido; eram crianças quando foi fundado o partido. O vereador Leonel Brizola Neto já foi chamado de vagabundo e fumador de maconha por Cidinha Campos. Amiga de Brizola e dona Neusa, avós dele, Cidinha o conhece bem desde quando ficava no Arpoador enchendo a cabeça de fumaça. Nunca se interessou por nada. Ele e os irmãos vivem fomentando intrigas apoiados pelo tal falso guerrilheiro marido de Dilma.

O general Golbery do Couto e Silva infiltrou muita gente no PDT para desestabilizar Brizola. Se Dilma e Araújo foram infiltrados, não podemos afirmar. Mas, temos o direito, como trabalhistas desde o tempo de Getúlio, de desconfiar pois Dilma e o pilantra do Araújo SEMPRE TIVERAM MAIS PRÓXIMOS DA UDN. Não tiveram nenhuma relação com os trabalhistas antes de 1964.

Por que então, depois de passarem pelas mãos de Fleury e serem soltos, foram de fininho entrar no PDT? Em 2001 traíram Brizola e o PDT no Rio Grande do Sul, dando Dilma um arrastão no partido levando 504 pedetistas para o PT.

Brizola elegeu Lupi o primeiro vice-presidente. Com sua morte, Lupi assume legalmente, ficando ele, Manoel Dias e Vieira da Cunha responsáveis pelo partido. Lupi passou 25 anos trabalhando com Brizola sem nenhuma falha. Vem agora esse pilantra chamado Leonel Brizola Neto dizer que está ameaçado de morte. Lupi nunca se envolveu com violência.

Só para lembrar, Juliana, gêmea de Leonel Neto, já foi processada por Vieira da Cunha; Leonel agora está processado por Lupi. Tem mais: esse pilantra foi falar ao jornal O Globo, inimigo mortal do governador Brizola, avô dele. Não tem gabarito para discutir o partido.

43 thoughts on “Netos de Brizola não são donos do PDT, o partido não é uma fazenda

  1. Tem razão o Aquino. Já escrevi, faz tempo, que partido não é item de testamento, que faça parte dos bens a serem distribuídos para herdeiros; os netos de Brizola devem militar no partido como qualquer um de nós (sou do PDT; por enquanto; com esta mistura com o PT, se ela não deixar de existir, vou ter que sair; e nunca mais me filiar a qualquer partido), e não levar em conta o sobrenome para se achar com mais direitos sobre os demais filiados.

  2. Não se pode pretender impor um direcionamento político por questão de genética e lamentavelmente isto parece evidente nas posturas dos netos de Leonel Brizola, pelo que se vê dentro ou se ouve fora do PDT. Algumas vezes tentei, através dos canais informativos da Rede PDT, fazê-los entender que a humildade poderia ser boa aliada para ascenderem com o tempo na hierarquia partidária. E de retorno ganhei o bloqueio dos gêmeos e de seus principais seguidores no twitter, pessoas que só se prestam à bajulação e nada fazem além de repicar maus exemplos traduzidos em críticas iradas ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que tem sido reeleito com os mecanismos estatutários estabelecidos ainda sob a presidência de Leonel Brizola. Como pode o vereador jogar nas redes sociais uma bobagem como a que reproduzo abaixo, como se todos no PDT de Leonel Brizola atuassem movidos pelo preconceito que ele carrega em sua cabeça? (ninguém mais… vai ver só ele)

    Leonel Brizola Neto ‏@leonelbrizola12 9 min
    @RNA33 @RedePDT12 ninguém mais tem discurso ideológico, os arrivistas do PDT só discutem cargos, trocaram secretarias por um prato de lentilha

  3. FAVOR DESCONSIDERAR O ANTERIOR

    Não se pode pretender impor um direcionamento político por questão de genética e lamentavelmente isto parece evidente nas posturas dos netos de Leonel Brizola, pelo que se vê dentro ou se ouve fora do PDT. Algumas vezes tentei, através dos canais informativos da Rede PDT, fazê-los entender que a humildade poderia ser boa aliada para ascenderem com o tempo na hierarquia partidária. E de retorno ganhei o bloqueio dos gêmeos e de seus principais seguidores no twitter, pessoas que só se prestam à bajulação e nada fazem além de repicar maus exemplos traduzidos em críticas iradas ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que tem sido reeleito com os mecanismos estatutários estabelecidos ainda sob a presidência de Leonel Brizola. Como pode o vereador jogar nas redes sociais uma bobagem como a que reproduzo abaixo, como se todos no PDT de Leonel Brizola atuassem movidos pelo preconceito que ele carrega em sua cabeça? (ninguém mais… vai ver só ele)

    Leonel Brizola Neto ‏@leonelbrizola12 9 min
    @RNA33 @RedePDT12 ninguém mais tem discurso ideológico, os arrivistas do PDT só discutem cargos, trocaram secretarias por um prato de lentilha

  4. Uai! O PDT existe como partido? Na realidade, diante do cenário político, é somente uma legenda partidária, desde o morte do “bravo” Leonel Brizola, acabrestada pelo PT. Em São Paulo, seguramente, o PDT não é partido político… È São Paulo é um agrupamento fisiológico.

  5. Você existe, Cesar Rocha? Do contrário como ignorar uma instituição que possui um milhão de filiados e Diretório Nacional integrado por 444 membros, entre efetivos e suplentes, eleitos em Convenção? E tem mais, a Executiva Nacional conta com 27 dirigentes e suas bancadas pedetistas na Câmara e no Senado somam 31 parlamentares. Maior que você o partido é, concorda?

  6. Após a morte do grande comandante – Leonel Brizola – realmente o maior político da história republicana brasileira, por inabilidade e insuficiência de Carlos Lupi, deu-se um movimento no PDT assemelhado à diáspora, ou seja, a dispersão dos Trabalhistas para outros Partidos, ou que simplesmente deixaram de atuar na vida partidária. Aquilo que sempre foi cultivado por Leonel Brizola com a sua visão de estrategista político, mantendo os Trabalhistas unidos e em permanente mobilização partidária e política, Carlos Lupi, com a sua visão simplista, distorcida e negligente, sem uma compreensão maior e mais profunda da vida política e pública, permitiu que um considerável número de verdadeiros trabalhistas, desagregassem, enfraquecendo este belíssimo movimento que é o Trabalhismo. Não basta somente a boa vontade, se é que Lupi a tem; é preciso competência, pendor, talento, brilho, e disso, Lupi é absolutamente desprovido. O Trabalhismo pede socorro!

  7. Creio ser necessário recuperar a memória política recente. Ao morrer, Leonel Brizola já estava denunciando os desvios – de conduta e caráter – do governo Lula. Com sua larga experiência política, Brizola nunca se iludiu com o PT e com Lula.
    O Lupi ao assumir o PDT, após o falecimento do Brizola, prosseguiu inicialmente na trincheira de oposição ao governo Lula. Lembrem-se dos programas do PDT no horário político. Havia a cena de uma Carteira de Trabalho sendo cortada por uma serra elétrica. Pois bem, na realidade, Lupi só queria por um pé no governo Lula. E conseguiu, sendo imediatamente aliado do PT, anulando politicamente o PDT que perdeu lideranças importantes em vários Estados, virando uma legenda de aluguel em todo o país.

  8. …em dezembro de 2011, o ex-ministro pediu o afastamento do cargo alegando sofrer “perseguição política e pessoal da mídia”. Sem antes, claro declarar todo o seu amor a presidente Dilma.

    Um homem santo e honesto esse Carlos Lupi. Ai Toninho Aquinhado, o que importa nao e o que a pessoa faz na adolescencia e sim na vida adulta. E a Cidinha ta ate hoje devendo explicacoes de como foi parar na folha de pagamento de um contraventor agora ja falecido. O Lupi e mais um puto, safado, corrupto, asquerozamente gordo, empanturrado pela banha farta do dinheiro publico. Eu to cagando vc chamar o neto do Brizola de maconheiro. Quem fode o Brasil sao os homens de bem – de bem alheio. Ladroes disfarcados de servidor publico, filhos da puta usurpadores que roubam pra cacete e ainda exigem respeito. Vc ta levando quanto? Por que sair em defesa de um puto corrupto que nem o Lupi so por interesses pessoais, ne?!?!?!?m

  9. PDT é um chumaço de “abnegados” fisiologistas. Ficam envaretados quando não tem ximia, mas sempre dão um jeitinho para ficar lagartiando na aba do governo. Na verdade são uns vileiros que levaram mijada até de panguá barbudo. Etâ, nojo!

  10. Aquino, vc tem certeza de que o PDT não é uma fazenda, da qual o Lupi e os seus tomaram posse e só falta requererem o usucapião ? Fora Lupi. Vamos às ruas, vamos protestar na porta da sede do PDT. Vamos protestar contra o continuismo-ditatorial de Lupi. O PDT é da Esquerda, que precisa lançar candidatura própria à Presidência, com projeto alternativo próprio.A era jurássica acabou. Fora Lupi. Chega dos mesmos.

  11. Aquino, o Deputado Paulo Ramos manteve-se fiel aos ideais de Brizola pois foi um dos poucos no PDT que não foi sentar no colo do Mollusco bandido. Sempre o vi fazendo ferrenha oposição aos governos federal e estadual, enquanto que os netos de Brizola, após adentrarem na política UNICAMENTE pela força do nome do avô, traíram de forma despudorada a memória do saudoso líder trabalhista.
    De certo que, como Paulo Ramos teria influenciado os irmãos Brizola? Se tivessem sido, inevitavelmente, não seriam da base dessa canalhada… Digo mais, se o PDT não estivesse chafurdando no lodaçal da corrupção petista, o partido teria condições morais de liderar essa massa de indignados que vem tomando as ruas do país.
    Stedile, também fui bloqueado, tal como vc, da rede social do vereador Brizola Neto. Somente pq manifestei meu repúdio com os rumos atuais do PDT. Daí, posso afirmar que o homônimo do velho líder pedetista não admite o contraditório.

  12. Aos companheiros que democráticamente fazem críticas ao PDT, vou responder com tranquilidade pois consolidei minha convicção ideólogica em 1950 quando estava na Marinha. Até hoje acompanho a saga dos trabalhistas, suas vitórias e derrotas. Não sou herói nem mártir mas paguei o preço de minhas convicções. Nunca pretendi ser candidato a nada. Nunca tive e nem pretendi cargo no partido. Se quisesse uma legenda Brizola me daria tranquilamente. Para decpção de vocês o PDT está vivo e forte. Para quem não tem cultura política devo dizer que entre outros conceitos um partido é UMA UNIÃO DE VONTADES. O indivíduo entra sem ser obrigado e sai quando está desconfortável. Não pensem que falo a verdade sobre os netos de Brizola com satisfação, não, eu gostaria que eles entendessem ao menos o significa política. Não entendem nada; vivem do nome do avô. Pior foram induzidos por indivíduos inescrupulosos que queriam tomar as rédeas do partido sem mérito e usando de métodos nazi-fascistas de desmoralização e ameaças.

  13. O surreal é ver que uma boa parte dos que anteriormente se manifestaram, e de forma “orquestrada” e planejada, levando a crer diante dos fatos que estão coniventes com os absurdos do governo do Rio de Janeiro, sentados no que há de mais repulsivo covil político com a boca cheia de moscas esperando o tempo passar. O PDT do RJ esta se esfacelando…existe sim um culpado…Quem diz ser o Timoneiro, Orientador, presidente da legenda é o culpado. Não tem competência não se habilite. Com Comissões provisória na maioria dos estados não se faz partido ou precisa desenhar. Culpa teem os que anos depois do golpe de 1964 nasceram…IRMÃOS BRIZOLA…O que a quase uma década se observa é que muitos de vocês se utilizavam da educação como bandeira do PDT, trabalhismo e nunca fizeram nada para essa geração estar usufruindo, ou, segundo vocês mesmo falam, quem fez foi o Brizola quando vivo. Portanto desatrelem-se do passado, vivam o presente para darmos no futuro uma melhor oportunidade ao trabalhador, família e ao jovem. Ninguém se perpetua no poder…estamos na democracia. E se os netos do Brizola estão se opondo as atrocidades praticadas pela atual direção do PDT. Não é uma, duas, três ou quatro pessoas. Hoje são milhares de filiados em todo o Brasil e a cada dia aumenta mais os por vocês vistos como errados…Isso vocês não querem aceitar. Se o temporário presidente do PDT quer se legitimar no PDT…Aceite o que já foi solicitado pelos filiados em todo os estados. Voto direto. Ai eu quero ver se terão ombridade ou coragem. Sair falando o que bem entendem por ai é fácil…Difícil é ver hoje depois de muitos anos a juventude (BRIZOLAS NETOS) do PDT no poder legislativo e não apoiarem, ensinarem, orientarem….rasgando tudo o que pregam a quatro paredes e PASMEM, só vem a provar que discursam, e só, para vocês mesmo. Lastimável é que meia dúzia de pseudos e oportunistas estão decidindo os caminhos do trabalhismo. E se os tais malucos dos netos afrouxarem o discurso, vocês não titubearão em seguir a direita para manter os cargos que hoje ocupam nas diferentes esferas, municipais, estaduais e federal. Quem quer falar de candidatura própria antes tem que desocupara a sala do governo que ocupa e isso é já…esperar é barganha e isso nós revolucionários pedetistas estamos com os limites acima do nariz, porém, com olhos bem abertos.

  14. Sérgio Oliveira, já escrevi o que penso quando se está desconfortável em um partido que se entrou sem ser obrigado: Só tem uma solução, sair. Quanto ao apoio dado pelo PDT ao PT,eu como trabalhista seguidor de Getúlio, Jango e Brizola, não gostaria que fosse assim. Mas, no PLURIPARTIDARISMO, isso é normal. O que não é normal é partido servir de caudatário. Veja, agora mesmo Figueiredo e Miro foram contra o projeto do governo sobre os roialtes do petroleo. Foi um choque para o governo, mas a proposta do PDT está para ser votada. Se fossemos um partido maior tuas queixas seriam totalmente justificáveis. Sem querer ser professoral digo o seguinte: Realizada uma eleição quem ganha assume o governo e governa. Quem perde vai para oposição critica e fiscaliza. O mais forte da oposição faz o primeiro combate. Os partidos menores para sobreviverem vão para a base do governo, caso contrário não sobrevivem. Faço uma alegoria: Se uma pessoa está se afogando em um rio e chega um indivíduo de quem não gosta e joga-lhe uma corda para que se salve. A pessoa prefere morrer ou segua a corda para salvar-se? Na política é assim.

  15. Bento Maciel, você pensa que as coisas acontecem no PDT como se fosse o “comando vermelho”? No partido tem eleições. Você se for do PDT pode formar uma chapa, e disputar a presidência do partido. Se ganhar, qualquer um leva. Ninguém apresenta chapa e querem assumir a presidência como? Criticar por criticar não vale. Lupi quando assumiu o partido tinha 240 prefeituras; hoje tem 311. Jackson Lago foi roubado9 pelos Sarney no Maranhão e perdeu o governo. No Amapá Sarney arranjou um financiamento para o governador do PDT ele se enrolou e perdeu o governo. Não é fácil lutar contra 29 partidos. Conheço o Lupi desde 1979 quando Brizola voltou do exílio. No dia seguinte foi comprar um jornal e na banca estava o Lupi que na parte da manhã tomava conta de duas bancas e a tarde estudava. Uniu-se a Brizola e com ele ficou por 25 anos sem que Brizola reclamasse de qualquer deslize. Não sou defensor de Lupi, ele sabe defender-se. Mas não concordo com injustiças. O Lupi passa e o partido fica. Agora, com blá-bá-bá ninguém vai presidir o partido. Tem que ganhar a eleição.

  16. Rodrigo Carvalho, Paulo Ramos já saiu do partido, não gostaria de falar sobre os acontecimentos que antecederam sua saida. Mas, sou obrigado por uma questão de respeito com todos, inclusive com o próprio Paulo que sabe das críticas que lhe fiz por diversas vêses. Paulo e Vivaldo principalmente queriam o poder, nunca pensaram no partido. A “luta deles” tinha um só objetivo: desmoralizar Lupi e tomar o poder. Olha que essa dupla é de DUAS FERAS. Paulo passou 5 anos indo a uma rádio toda semana agredir verbalmente Lupi, desmoralizando-o de todas as maneiras. No afã de destruir eu digo DESTRUIR Lupi, prejudicou enormemente o partido. Porque digo que Paulo e Vivaldo são duas feras: Paulo é advogado e capitão da PM. Serviu 20 anos a DITADURA enquanto Brizola amargava um exílio de 15 anos. Ele diz ser trabalhista. Nemhum trabalhista ficou na ativa, todos da Marinha, Aeronáutica e Exército e Forças Auxiliares foram cassados e expulsos; Paulo não foi. Acho que 20 anos servindo a DITADURA, deixou-o sem paciência com a democracia. Vivaldo também advogado tendo feito aperfeiçoamente em Harvard EEUU, no tempo em que para cursar no exterior só com licença oficial ou tácita dos militares. Chegou no partido DURO COMO UM COCO. Hoje é multimilionário. Fez a muitiplicação “dos pães”, tem até uma rádio. Pois essas duas feras perderam todas as ações no TRE e TSE para o LUPI. Tendo que pagar custas de processo. Paulo não precisa de ninguém como político. Saiu agora do PDT e já devia ter saido a mais tempo, partidos é que não faltam para ele.

  17. Sou levado a concordar plenamente com o comentarista acima sobre o passado do Paulo Ramos e do Vivaldo Barbosa. Paulo Ramos serviu a ditadura mesmo e não pode negar. A oficialidade da PM foi a escória da repressão antes e depois da fusão no Rio de Janeiro. Quanto a Vivaldo, o velho picareta do Centro Acadêmico Luiz Carpenter, da antiga UEG de Direito, atual UERJ, o comentarista está coberto de razão. Durante a ditadura, até em faculdades norte americanas de segunda classe se exigia 3 cartas de recomendações, “graduate record examination” (GRE), garantias econômicas, enfim, pistolão, para o ingresso de brasileiros. A de Havard, considerada IVY LEAGUE, só brasileiros milionários, protegidos de generais da ditadura brasileira, de empresários lacaios ou “interessantes” para os norte americanos ingressavam. Uma das minhas críticas ao Brizola sempre foi albergar e promover esse tipo de gente, que se pudesse nos anos 60 o entregava aos repressores.

  18. Parabéns ao SEMPRE LÚCIDO HELIO FERNANDES pelo TEXTO…..é isso tudo aí que voce bem citou….MILITO no PDT desde agosto de 1982, sou ex aluno do saudoso DARCY RIBEIRO e sempre VOTEI EM LEONEL DE MOURA BRIZOLA mesmo em 1982 quando meu “tio” Lysâneas Maciel também concorreu ao governo do estado do rio RJ e tinha se incompatibilizado por ora com BRIZOLA. POSSO afirmar que NENHUM outro partido ou INSTITUIÇÃO política no BRASIL tem a HISTÓRIA do PDT herdeiro ligítimo do PTB de VARGAS e JANGO criado em 15 de maio de 1945….AOS prezados abaixo principalmente o sr. CESAR ROCHA que deve ser um “filiado” da REDE GLOBO eu deixo a sugestão de um bom LIVRO DE HISTÓRIA e uma VISITA a FUNDAÇÃO ALBERTO PASQUALINE para se INTEIRAR de vez da história do PDT de VARGAS, JANGO e BRIZOLA…..palavra de um PROFESSOR UNIVERSITÁRIO….LUÍS EDUARDO MACIEL

  19. Par-ti-do$, par-ti-do$ e par-ti-do$. Ai, ai, ai, ai, está chegando a hora, meu bem, eu tenho que ir embora… Que diabo de partidarismo é esse que já temos 30 delles e nenhum apresenta à sociedade sequer um Projeto Novo e Alternativo de Nação e de Política-partidária-eleitoral ? Será que ainda não tiveram tempo para raciocinar nesse sentido, ou não lhe convém mudar o status quo ?

  20. Marcelo ???(me engana que eu gosto) o Barata diz que tua briga com Lupi foi por causa de 150 mil reais que querias sem apresentar documentos na eleição de 2008. O Hospício está te olhando e rindo.

  21. O PDT atualmente é um balaio de gatos, arremedo do partido trabalhista originalmente fundado por Brizola, com pessoas que lutaram contra a ditadura e por um projeto de país socialmente justo e economicamente independente. Tem toda razão o artigo quando critica essa tentativa de apoderamento do Partido por figuras sem nenhuma história política, simplesmente pelo vínculo familiar. No entanto, o PDT começou sua derrocada ao se aliar ao governo Dilma, que aplica o mesmo receituário econômico-poítico tanto criticado por Brizola, o qual, diga-se de passagem, já havia sido traído por Lula quando esse assumiu a presidência (ou ninguém se recorda dos gritos de “traidor” quando Lula apareceu no velório de Brizola?). Infelizmente, esse rumo que o partido vem tomando, a meu ver, é irreversível.Resta preservar a memória do grande estadista LEONEL BRIZOLA e, sobretudo, de seu ideário político. O que sobra hoje, do PDT e do clã Brizola, é lixo, querendo uma boquinha no poder (algo que Brizola nunca almejou).

  22. O PDT, LEGÍTIMO REPRESENTASNTE DO TRABALHISMO, NÃO TEM NECESSIDADE DE ESTAR COM PT E OUTROS. TEM HISTÓRIA. É SÓ INFROMAR PARA OS QUE NÃO A CONHECEM (OS JOVENS DE HOJE, POR EXEMPLO; E MUITOS ADULTOS). OS OUTROS PARTIDOS QUE HISTÓRIA TEM? LEMBRAM DE QUAIS LÍDERES?
    TRABALHISMO. O PDT, O 12, É O TRABALHISMO.
    O presidente trabalhista GETÚLIO VARGAS criou o salário-mínimo, que já beneficiou e beneficia milhões de brasileiros (as) de forma digna, pois está ligado ao TRABALHO; criou, também, a Previdência Social nos moldes hoje existentes, que beneficia milhões de brasileiros (as) dignamente, pois, para que se obtenha o benefício, salvo algumas exceções criadas nos últimos anos, é necessário ter TRABALHADO; criou, ainda, a Carteira Profissional que, na iniciativa privada, é o passaporte para a dignidade do TRABALHO. Criou a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, para dar segurança á quem TRABALHA. Criou a Justiça do Trabalho para que, num eventual ferimento à CLT, o TRABALHADOR tenha condições de procurar seus direitos.
    No governo do presidente trabalhista JOÃO GOULART foi instituída a Gratificação de Natal, hoje 13º salário, tanto para os trabalhadores em atividade (em 1962), quanto para os aposentados e pensionistas (em 1963), resultado de dois projetos (um em co-autoria) do extraordinário, digno e TRABALHADOR deputado federal gaúcho FLORICENO PAIXÃO, sempre tendo em mente beneficiar aqueles que TRABALHAM ou já TRABALHARAM.
    No Brasil …
    … em 31.12.2012 tínhamos 30.057.265 aposentados e pensionistas do INSS, a maioria beneficiários daquilo que o trabalhismo criou, ou seja, TRABALHARAM com CARTEIRA PROFISSIONAL ASSINADA (GETÚLIO VARGAS ); tiveram seus direitos garantidos pela CLT – CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO (GETÚLIO VARGAS); quando estes direitos não estavam sendo obedecidos, puderam recorrer à JUSTIÇA DO TRABALHO (GETÚLIO VARGAS); contribuíram para a PREVIDÊNCIA SOCIAL NOS MOLDES HOJE EXISTENTES (GETÚLIO VARGAS) e hoje recebem o benefício; receberam o 13º SALÁRIO ( Lei 4.090, de 13/07/1962, GOVERNO JOÃO GOULART) e hoje continuam recebendo o 13º SALÁRIO (Lei nº 4.281, de 8.11.1963, GOVERNO JOÃO GOULART).
    Em 2012 o INSS pagou para eles R$ 308,394 bilhões.
    Em 01.01.2013 tínhamos 39.547.080 trabalhadores com CARTEIRA PROFISSIONAL ASSINADA (GETÚLIO VARGAS), tendo seus direitos garantidos pela CLT – CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO (GETÚLIO VARGAS), podendo recorrer à JUSTIÇA DO TRABALHO (GETÚLIO VARGAS), quando seus direitos não são cumpridos, contribuindo para PREVIDÊNCIA SOCIAL (GETÚLIO VARGAS) e recebendo o 13º SALÁRIO (Lei 4.090, de 13/07/1962, GOVERNO JOÃO GOULART).
    Numa média salarial de R$ 1.500,00, só para argumentar e comparar, teríamos em circulação na economia do país ao redor de R$ 500 bilhões/ano. Creio que é bem mais.

    A MAIORIA DELES, É DE SE REPETIR, BENEFICIÁRIA, OU BENEFICIADA, DAQUILO, OU POR AQUILO, QUE O TRABALHISMO CRIOU.

    BOLSA FAMÍLIA:
    Em 2012 pagou R$ 21 bilhões.
    Se em cada família, das cerca de 12 milhões que recebem o Bolsa Família, a parte referente ao Bolsa fosse substituída por um trabalho de um salário mínimo (R$ 678,00) teríamos:
    Mês: 12.000.000 x R$ 678,00 = R$ 8,136 milhões/mês
    R$ 8,136 x 13 (incluindo o 13º salário) = R$ 105,768 bilhões/ano. 5 vezes o Bolsa Família.
    E ESTARIAM CONTANDO TEMPO PARA A APOSENTADORIA.

  23. Após a morte do Brizola em 2004, que era que nos unia, com suas reflexões sobre o Brasil e o trabalhismo e a guinada que deu o PDT sob o comando de Lupi (Presidente) e Maneca (Secretario Geral) rumo a base aliada do PT, e mais os confrontos internos que tivemos e fomos sendo colocados prá fora do Partido de forma não muito correta.
    Fundamos o MRLB – Movimento de Resistência Leonel Brizola, hoje um movimento suprapartidário, para poder conter os trabalhistas históricos que estão espalhados por esse Brasil a fora.
    Estamos na luta do retorno do Trabalhismo Nacionalista e Desenvolvimentista dos ideais de 30 e seus ídolos maiores como Getúlio, Jango e Brizola, e muitos outros que fizeram da doutrina trabalhista a doutrina impulsionadora do progresso nacional até o fatídico 1º de abril de 1964 do conhecimento geral da nação.
    Somos por força desse discernimento, o verdadeiro herdeiro desses ideais trabalhistas, anti-imperialista e nacionalista, rumo ao socialismo nos moldes nacionais.
    O MRLB é hoje o verdadeiro herdeiro do Trabalhismo Nacional. O PDT, abdicou dessa ilustre missão.
    Euclides – MRLB.

  24. Só tem um jeito para o PDT: Jangar, parando com essa história de Lular. Se Jango já se foi, Lula, representante da burguesia globista (e golpista), também já era.
    Portanto, “É Jango, é Jango,
    É o Jango Goulart.
    Pra próximo Presidente,
    Nossa gente vai jangar,
    É Jango, é Jango,
    É o Jango Goulart!”
    Viva o povo da Central! Viva a República Sindical Brasileira!

  25. O grande pecado do PDT é a falta de democracia interna. O PDT anda cheio de Comissões Provisórias que vão se repetindo indefinidamente. Destas comissões provisórias perpetuas partem os delegados nomeados que votam nas convenções nacionais e elegem o diretório nacional. O PDT precisa ouvir sua base, o PDT precisa ouvir o que acham os seus filiados. Creio que assim a direção erra menos, ou acerta mais! Há um deficit de representatividade na direção nacional do partido!!!

  26. Aquino, muito obrigado pela resposta. Considero suas considerações de grande valia para o bom debate. O que me causou repulsa foi a docilidade com que o PDT foi apoiar o governo petista, a despeito de tudo que esse partido sempre fizera contra o Brizola (não foi uma pedra no caminho, foi uma montanha). Ressalto ainda que os sucessivos escândalos petistas já eram do conhecimento público e foi lamentável assistir o deputado Brizola Neto, após a morte do avô, na tribuna da Câmara Federal, defender o governo do mollusco bandido pq o PDT fora cooptado pelo PT. Não privei da intimidade de Leonel Brizola, mas, influenciado por meu pai que somente me fez pensar, posso dizer que tenho muito conhecimento acerca da personalidade do velho Briza, em quem voto desde 1989. Por isso ouso afirmar que NUNCA Leonel Brizola compactuou com “malfeitos”. Sua mão de ferro contra correligionários corruptos era notória. De certo que o PDT inflou, mas creio que foi um preço caro demais pq as risadas do Lupi dizendo amar a presidente, quando ainda ministro desse governo corrupto foi patético e isso ajudou e muito a colocar o PDT na vala comum dos demais partidos de aluguel. De toda forma quero crer que pedetistas como vc possam reconduzir o partido aos ideais de Brizola e Darcy Ribeiro. Saudações brizolistas

  27. Euclides,vocês têm o direito de fazerem o que quizerem. Podem até enganar alguns, mas, a mim que sou trabalhista desde 1950 quando estava na Marinha vocêm não enganam. VocêS estão reeditando o modelo UDENISTA que criou um movimento de resistência em 1947. Na realidade alguns de vocês são udenistas, a começar pelo Vivaldo. Aliás eu já o chamei em alta voz de udenista na sede do Instituto Paqualini pedindo sua expulsão; estavam lá que me lembro o Maurício, Paulo. Todos para onde apontei o dedo em riste ficaram calados, eu esperava uma reação para dizer a militância presente coisas que eles não sabem, a vivo e a cores. Uma pergunta se impõe: PORQUE BRIZOLA ELEGEU lUPI PRIMEIRO VICE-PRESIDENTE DO PDT? Brizola estsva de porre? Estava fora das faculdades mentais? Lógico que não. O problema não é ideológico. Talvez um ou dois desse movimento podemos dizer que tem pendores trabalhistas. O Maurício esteve no encontro em Lisboa qundo Brizola estava no exílio. Esse movimento que explora o nome de Brizola tem de tudo. Udenistas, Amaralista, Chaguista, Cutista tem até um personagem que TRABALHOU NO GABINETE DO MINISTRO DA JUSTIÇA NO GOVERNO CASTELO BRANCO. Não te conheço nada posso falar sobre você. Porém os que conheço não tem credibilidade para representar o trabalismo porque não são trabalhistas. Conheceram Brizola depois do exílio aproveitando-se do momento. Pergunta ao Vivaldo qual foi a relação dele com o “Chefão do Jogo dos Bichos” Castor de Andrade. Qual sua relação com Jair das Quentinhas que vendia ao estado por 15 reais quentinhas que valiam 3 reais. Qual sua relação com um tal Manelão (pessoa segundo dizem próxima de Carlos Cachoeira).Foi regular a posse de uma rádio? Eu vou querer saber na justiça. O que se vê entre vocês é ódio e ambição.

  28. Não, Aquino. O que se vê neles é corrupção deslavada. Brizola foi um político íntegro e um grande patriota. Cometeu alguns enganos, é verdade, como guinchar Cesar Maia, que estava com pisca alerta no acostamento como “grande” economista com falta de combustível.

  29. Quem é o grande caricaturista? As fisionomias estão perfeitas. Um verdadeiro artista. Pelo menos no caso em pauta, não deformou nem ridicularizou os três grandes brasileiros e líderes políticos.
    O mundo é bem melhor quando não há religião envolvida. A maré cheia do culto à morte e do fanatismo produz e reage a caricaturas boçais e bem mais letais. Basta que nos lembremos das caricaturas divulgadas em um insignificante jornal dinamarquês na década de 90, ridicularizando o profeta Maomé. O fato provocou reações histéricas em todo o mundo islâmico, as quais redundaram em assassinatos, fatwas, cherém e condenação à morte do escritor Salman Rushdie, que teve que se abrigar em Londres.
    Não sei se Brizola era religioso. O Aquino deve saber qualquer coisa nesse sentido. Que eu me recorde, Brizola era secularista.

  30. Solon, Brizola ficou orfão com um ano de idade quando seu pai José Brizola foi degolado na Revolução de 1923, entre maragatos e chimangos no Rio Grande do Sul. A família se dispersou e Brizola ficou ajudando o cunhado açogueiro a fazer entregas, depois foi marcar tábuas e carregar malas na estação de Carazinho. Foi ali que conheceu o reverendo metodista Isidoro e sua esposa Elvira que tomaram-no aos seus cuidados com consentimento de sua mão dona Oniva Moura. Isidoro comprou-lhe roupas e deu-lhe relativo conforto. Pela primeira vez Brizola tinha banheiro e fazia higiene diária. Brizola foi matriculado no Colégio Metodista e adotou essa confissão religiosa, converteu sua mãe e diversos colegas. Ia ser pastor. Quando casou com dona Neusa, católica, acompanhou a esposa em sua fé religiosa. Mas não era praticante; nunca o vi em uma igreja.

  31. Grato, prezado Aquino. Então Brizola era um humanista com profunda experiência e grande vivência, que de fato praticava o amor ao próximo. Eis a razão de seu gigante magnetismo. Eis o motivo de ter se preocupado com os pobres e se ocupado com a classe trabalhadora.
    Mas como eu suspeitava, tudo se deve à ética herdada e às dificuldades pelas quais passou, não a sentimentos religiosos.
    Pelo que você acaba de narrar aos leitores desta Tribuna do bravo Helio Fernandes, Brizola tinha uma bondade inata, pois, antes de haver conhecido o supracitado casal metodista, ele trabalhava ajudando o cunhado e também como carregador. Está explicada sua sensibilidade social à flor da pele.

  32. Stédile: Obrigado pela sua defesa intimorata da memória do Centauro dos Pampas, o único que não tem substituto. Quem conhece a história do Dr. Leonel, ficará decepcionado pela falta de outra história e de outro político, mínimamente parecido. Foi um meteoro refulgente no céu republicano que, embora de curta trajetória, pela inclemência impatriótica de seus detratores, imprimiu um traço indelével nos corações e mentes brasileiros, que jamais se apagará. Oxalá, tenhamos outro desse calibre moral e cívico. Espero, mas duvido! Abraços fraternos

  33. Eu acho, respeitando outras opiniões, que o PDT deveria ser livre, não participando de governos, seja do PT, em nível nacional e estadual, do PMDB, do Sergio Cabral, do Eduardo Paes (ex-PDT, ex-PSDB); o irmão do Leonel Brizola Neto, Carlos Daudt Brizola (Brizola Neto)foi Secretário do Trabalho e Renda do Sergio Cabral, em 2011; por que? Porque não se reelegeu em 2010 com Deputado Federal, ficando na primeira suplência; nunca deveria ter aceito e nem o PDT deveria ter aceito, como não deveria estar no governo Sergio Cabral; em 1992, quando ainda era do PSDB, Sergio Cabral, candidato as prefeito do Rio, cunhou uma frase: QUERO SER UM NOVO MARCELO ALENCAR, SEM O BRIZOLA PARA ATRAPALHAR. Nós temos história, como já citei num outro comentário neste mesmo post; temos grandes líderes que nos orgulham, que não estão mais entre nós, mas nós não os esquecemos; alguns dizem que vivemos do passado, falando em Getúlio, Jango, Brizola, Pasqualini, Darcy Ribeiro; ora, não sabem nada da história e os protagonistas da história morrem, como todos nós morreremos um dia, mas a história não morrerá jamais; quais os líderes que os outros partidos reverenciam? Temos é que nos unir, mesmo brigando, de vez em quanto, mostrando ao povo a nossa história, os feitos dos governos trabalhistas; se ficarmos brigando e aderindo a todos os governos não poderemos fazer isto.

  34. Moacir Antônio Bordignon, você fez uma confusão: A alcunha de Centauro dos Pampas é do caudilho maragato Batista Luzardo, gaucho de Uruguaiana, um dos fundadores do Partido Libertador junto a Maurício de Lacerda, Assis Brasil e outros. Um dos mais atuantes conspiradores na Revolução de 1930. Foi amigo e companheiro de lutas de Getúlio até seu suicídio. Brizola sempre foi chamado de Brizola e Leonel Brizola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *