Ninguém se entende no PT, Lula se omite e as alas temem uma ruptura interna

Charge do Duke (dukechargista.com.br)

Ricardo Galhardo
Estadão

As correntes de esquerda do PT aproveitaram a reunião da Executiva Nacional do partido na quinta-feira, em São Paulo para abrir o debate interno sobre como a legenda deve se posicionar em um governo Michel Temer depois de uma eventual aprovação do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. A ala Mensagem, segunda maior força do PT, fala em risco de “ruptura da unidade” partidária.

O foco da Executiva foi a preparação para as eleições municipais – Dilma ficou em segundo plano, mas a esquerda petista fez circular dois textos que devem pautar a próxima reunião partidária. Em um deles, Carlos Árabe, secretário nacional de Formação, e Liliane Oliveira, integrante da Mensagem, disseram que a aproximação de petistas ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) – um “golpista”, segundo eles –, pode levar a uma ruptura no partido.

“(Existe) Risco de ruptura da unidade a partir da aceitação de negociações, arranjos ou apoio a lideranças políticas que promoveram o golpe. É (algo) completamente contraditório com o movimento ‘Fora Temer’ as posições que defenderam apoiar a candidatura de Rodrigo Maia. Mergulhar numa dinâmica de negociações com o governo Temer ou sua base política significaria enterrar definitivamente a luta pela sua derrubada”, diz o texto.

LULA E MAIA – O alvo das críticas é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que defendeu apoio a Maia. A esquerda petista não engoliu o fato de o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques, próximo a Lula, ter se reunido com o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

Outro texto, assinado por um grupo de cinco correntes, entre elas a Mensagem, é autodenominado “Muda PT”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Em tradução simultânea, pode-se dizer que o PT está em transe. Em pouco tempo, o partido foi alijado do poder e entrou em tenebrosa decadência. A direção não sabe o que fazer, as diversas alas estão batendo cabeça, Lula está omisso e só se preocupa em escapar da Justiça, o clima é de “barata voa”, como se dizia antigamente. (C.N)

8 thoughts on “Ninguém se entende no PT, Lula se omite e as alas temem uma ruptura interna

  1. Essa desgraça tá acabando é tarde! Graças a Deus por aqui os militares são inimigos históricos dessa turma desde o contragolpe, não se vendendo a eles como seus pares em outras nações e mantiveram com sua presença independente as instituições democraticas pelo menos no CTI.

  2. O pete começou sua derrocada em 01 de janeiro de 2003. Desde aquele dia começaram as manobras e jogadas espúrias com vistas a uma permanência no poder por tempo indeterminado. Mas, faltou combinarem com os russos, como se diz. Incompetência e corrupção nunca duraram tanto tempo juntas.

  3. Os fatos e acontecimentos podem ser sempre traduzidos e visto o se se esconde por trás de si.
    Ao tardiamente haver uma corrente que agora passa a contestar o lula, leva a conclusão que o ocaso político do líder petista,já é uma realidade.
    Até pouco tempo o incontestável condestável petista era dono da verdade absoluta.
    Ao surgir críticos internamente, pode-se saber que o partido esta em declínio e o líder que da sustentação a sigla, em total derrocada.
    Tanta arrogância e truculência, para terminar numa delegacia de polícia.

  4. Não devermos excluir a possibilidade de ser formado novo partido “do útero do PT”. Outros já se formaram. Poucos no PT tem “suficiência ideológica” e tendem a se dispersar. Quando a realidade obriga a ficarem no partido “podando seu galhos podres”. O PT tem muita substância mas se pauta pelo sentimento pessoal. É só ver: logo que Dilma foi eleita, não deixaram que ela governasse. Exigiram que Lula opinasse e exigisse em um governo que chegou sendo bombardeado por todos os lados. Resultou no enfraquecimento maior de Dilma que não resistiu. Caiu nas garras do PMDB. Agora é pagar o preço dos desvios, da incompetência de muitos e dos delitos praticados. Com essa entourage que a defende, Dilma não escapa. Acho que nem milagre a salvará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *