No desespero, Agnelo Queiroz afasta diretor de autarquia citado em conversa de Cachoeira

A Agência Brasil informa que o diretor administrativo-financeiro da Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Milton Martins de Lima Junior, ficará afastado “preventivamente” do cargo por 60 dias. O afastamento, assinado pelo governador Agnelo Queiroz, foi publicado segunda-feira no Diário Oficial do Distrito Federal.

Conforme informações publicadas na imprensa, Lima Junior é citado em gravações do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, feitas pela Polícia Federal com autorização judicial.

De acordo com a Polícia Federal, Cachoeira fala sobre negociação para que a construtora Delta assuma o sistema de bilhetagem eletrônica da DFTrans. Na conversa, o empresário cita um servidor do órgão chamado Milton, que segundo a PF é Milton Lima Júnior.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Como se sabe, o empresário-bicheiro-corruptor Carlinhos Cachoeira foi preso pela Polícia Federal em fevereiro passado, no âmbito da Operação Monte Carlo, acusado de envolvimento com jogos ilegais. Se o governador Agnelo Queiroz for demitir todos os integrantes da administração de Brasília que tinham relações com Cachoeira, o último a sair apague a luz. O pior é que o governador terá de demitir a si próprio.

Conforme já assinalamos aqui no Blog, seu governo está sob intervenção direta do PT e do Palácio do Planalto, que o obrigaram a nomear um assessor da presidente Dilma Rousseff para a Chefia da Casa Civil do DF, na tentativa de moralizar a administração. 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *