No desespero, Lula pede a Cunha para segurar impeachment

Lula reconhece que Cunha pode derrubar o governo

Vera Rosa
Estadão

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu nesta sexta-feira, 18, em Brasília, com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Preocupado com o avanço de um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, Lula pediu a Cunha que segure os pedidos de afastamento.

Na avaliação do ex-presidente, se um processo assim começar a tramitar na Câmara, será muito difícil conter a pressão das ruas. Para Lula, a situação de Dilma é “gravíssima” e o governo precisa do apoio do PMDB para que a presidente consiga aprovar o pacote fiscal e terminar o mandato.

Cunha rompeu com o governo em julho por avaliar que o Palácio do Planalto está por trás das acusações contra ele. O presidente da Câmara foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal, por corrupção e lavagem de dinheiro, no rastro do escândalo da Petrobrás.

PEDIDO DE BICUDO

Cunha recebeu quinta-feira o aditamento ao principal pedido de impeachment contra Dilma. A entrega foi feita pelo jurista Miguel Reale Jr. e por uma filha de Hélio Bicudo – um dos fundadores do PT -, com apoio dos principais líderes de partidos de oposição, como o PSDB e o DEM, e de dissidentes da base aliada, incluindo políticos do PMDB. O pedido diz que Dilma cometeu crime de responsabilidade, cita o escândalo de corrupção na Petrobrás e as pedaladas fiscais.

O Tribunal de Contas da União (TCU) ainda examina as contas de Dilma. A possível rejeição do balanço também poderá abrir caminho para abertura de um processo de impeachment.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Será preciso dizer mais alguma coisa? O governo Dilma já acabou, não existe mais. Estão tentando apenas prolongar a agonia. (C.N.)

3 thoughts on “No desespero, Lula pede a Cunha para segurar impeachment

  1. O governo Dillma/PT vive de “respiração artificial”. Com tubos e equipamentos para a sobrevida, agonizam os dois, arrastando a nação para um buraco sem fundo.

    E ainda temos de ouvir e ver idiotas e/ou pilantras argumentando que o “governo foi eleito, democraticamente” e que terminá-lo, antes do prazo, significa golpe.

    Golpe é o que o PT/aliados, parte do judiciário e do TSE, fizeram com a nação e com o povo brasileiro. Pelo menos, com a parte da sociedade que ainda é brasileira e pensa!

    Depois de tudo que temos assistido, volto a afirmar: não me contento mais com o impeachment de Dillma e nem com a sua renúncia!

    É preciso julgá-la e a todos que fizeram, permitiram ou acobertaram o saque contra a nação, principalmente aqueles que continuam a dizer que nada sabiam. Políticos de ontem e os de hoje, precisam receber um justo e ágil julgamento. E depois, cadeia aos culpados.

  2. Não entendo, se Eduardo Cunha está sendo investigado e pode também ser réu e sair da presidência do congresso, como pode Lula querer que ele barre o pedido de impeachment de Dilma Rousseff, só no Brasil acontece destas coisas, o torto tentando ajudar o esfarrapado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *