No PSDB, Aécio larga na frente; no Rio, Paes tenta voo solo no PMDB

Paes e Aécio já se posicionam visando às eleições de 2018

Pedro do Coutto 

São dois caminhos diferentes, duas oportunidades diversas, dois objetivos políticos. No plano federal, Aécio Neves aproveitou a vitória de Rodrigo Maia para a presidência da Câmara, destacando-se no quadro partidário, uma vez que foi ele quem articulou o voto dos tucanos no candidato vitorioso, vinculado à legenda do DEM. Tornou possível assim a derrota do Centrão, ajudado também pelo PT e pelo PCdoB.

Os partidos da oposição contribuíram para a vitória de Maia conjuntamente com o PPS e o PSB. Mas foi destacada pelas emissoras de televisão e pelos jornais a participação ativa do senador mineiro.

Inclusive, Aécio Neves acentuou que o acordo tem como objetivo conduzir o PSDB a presidência da Câmara Federal para o biênio de 2017/2018, quando se realizam as eleições para a Presidência da República. Com isso, largou na frente de seus adversários dentro do partido José Serra e Geraldo Alckmin.

AÇÕES NO TSE – Ao que parece Aécio Neves deixou de levar fé no êxito das ações que está movendo no TSE para anular as urnas presidenciais de 2014. Anular as eleições de 2014 somente lhe serviria se ocorresse este ano, pois a Constituição só determina eleições diretas de novo, se o pleito fosse anulado até dezembro deste ano. O voto indireto, se o julgamento ficasse para 2017, não lhe serviria. Dessa forma, seu projeto ficou mesmo para o caminho das urnas na sucessão de Michel Temer, em 2018.

Enquanto no plano federal o quadro é este, na esfera do estado do Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes aproveitou o episódio internacional da Olimpíada para colocar em destaque seu inconformismo com os rumos políticos adotados pelo PMDB, seja em Brasília, seja no Rio de Janeiro.

PAES QUER SE DESCOLAR – Com as críticas que desfechou ao panorama geral brasileiro (desemprego, inflação, oportunidade perdida, falta de segurança), procurou nitidamente tentar um voo solo pelo PMDB para o Palácio Guanabara, também nas urnas de 2018. Buscou assim desvincular-se das correntes partidárias lideradas por Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão, na medida em que sensibilizou a opinião pública, chamando atenção para si como alguém que, mesmo pertencendo aos quadros do PMDB, não concorda com todos os atos de sua legenda.

Isso de um lado. De outro, destaca uma aparente posição de independência e não comprometimento com a impopularidade dos dois últimos governos estaduais.

Tenta também afastar-se da sombra negativa do governador Francisco Dornelles, que vem atuando de forma absolutamente contrária aos anseios do eleitorado carioca e fluminense.

SALVO POR TEMER – O atraso de pagamento do funcionalismo é um exemplo. Não começou com Dornelles, começou com Pezão, porém Dornelles propôs-se a dar continuidade ao absurdo, só não o fazendo em face da ajuda federal de Michel Temer, que se sentiu na obrigação de interferir para evitar as reações que se sucediam no RJ e que, em parte, continuam a acontecer.

A insegurança pública no estado é enorme. Ninguém se sente seguro nas ruas, nas praças e praias do Rio. Ao criticar a segurança pública, dizendo que ela está um horror, Eduardo Paes, entretanto mostrou-se seguro quanto aos rumos de sua candidatura a governador. Já pertenceu ao PSDB e pela legislação não pode mais retornar a legenda para participar da campanha deste ano. Mas, pelo jeito, deixou de levar fé no êxito de Pedro Paulo, seu candidato este ano a sucedê-lo na Prefeitura.

Coisas da política: dois acontecimentos, dois rumos, dois objetivos, os quais, no fundo, parecem unir Aécio Neves a Eduardo Paes.

11 thoughts on “No PSDB, Aécio larga na frente; no Rio, Paes tenta voo solo no PMDB

  1. Está difícil descobrir quem quer se descolar de quem, entre Dornelles e Paes. Paes, o autodeclarado “soldado do Lula”, conforme falou numa conversa telefônica, não tem muito a descolar. Tem que resolver, antes, a reconstrução ciclovia que “caiu” e a iminente falência do município do RJ.

  2. Essa é de cair o queixo no chão, como o Coyote no desenho.
    Quer dizer então que o Efeagaécio sai na frente?
    Um corruptão ladrao propineiro de longa vista que está enlacrado em toda a Operação Lava-Jato com várias denúncias de delatores-ladrões ou ladrões-delatores não tem moral para “sair na frente de qualquer porcaria que seja.
    A ´[unica frente que ele deve conhecer é a porta da cela no Cadeião de PInheiros, essa prisão lotado de bandidinhos efeagacianos.
    A propria Zelite da Avenida Paulista, quando das manifestações botou o larápio para correr, aliás, ele e seu companheiro de partideco Efeagáce alckimin-tira……
    “Lixo, Lixo,Lixo,Lixo,” gritavam os manifestantes coxinhas de caviar da Paulista…..

  3. Pedro Couto, você tem a obrigação pelo tempo de jornalismo, lá se vão 60 anos, de ser mais rigoroso nos nálises da vida política atual. Aécio está aparecendo mas não figura como um dos candidatos favoritos para 2018. A “carrada” de denúncias que pesam sobre ele (mesmo protegido pela turma que se apossou do governo), vai sobrar alguma coisa. No PSDB existem uns quatro políticos que almejam a presidência. Agora entrou no páreo o DEM. É isso mesmo o DEM. Pode até lançar o Rodrigo Maia. Sua família tem orígem na cidade de Catolé do Rocha. É a fina fllor do reacionarismo brasileiro. Confira vendo a atuação de todos os Maia na política brasileira.Todos uriundos da raivosa e golpista UDN. Ser também genro do golpista Moreira Franco que comandou o “golpe da Proconsult” para tomar a vitória de Brizola em 1982. Não impede que ele possa ser o candidato do DEM em 2018. É pessoalmente palatável. A meu juizo pode ser candidato. Ganhar é outra coisa.

  4. Efeagaécio nevers era o mais chato para cobrar propinas na Petrobrás.
    Dentre outras delações que os delatores fizeram sobre o nobre senador do PSDEM-B.
    Fora outras denúncias contra outros correligionários do Partideco, como fhc, covas, alckimin, anibal, aloisio, guerra,
    Tem uma delação do Zoiodinho da Mamãe cervero que disse ter entregue ao Efeagace a quantia de U$ 100 milhões, hoje em torno de 3 bilhões de reais.,
    Parece que nosso jornalismo esquece rápido desses pequenos fatos corruptivos da Quadrilha do Efeagacês…

  5. Aécio e Dudu Paes estão mais sujos que pau de galinheiro.

    Pelo que anda correndo na rede os dois só podem estar querendo concorrer a uma vaga de Menino de Recados da Casa da Luz Vermelha..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *