Noblat diz que Eduardo Pertence lhe pediu desculpas

Marcelo Mafra

Ao ler as duas manifestações, de Ricardo Noblat e de Eduardo Pertence, fica claro que a do jornalista é bem detalhada, enquanto que a do filho do ex-ministro Sepúlveda Pertence é mais simples e resumida. Uma coisa é, como afirma Eduardo Pertence, ele não ter visto nem ouvido os impropérios supostamente ditos por Toffoli, outra é este não ter dito o que Noblat teria ouvido.

Para poder afirmar que Toffoli não teria dito nada do que afirma Noblat, Eduardo Pertence teria que ter passado o tempo todo ao lado dele, e não apenas dizer que o acompanhou, ao final da festa, até o seu carro. Se Toffoli realmente disse tudo aquilo em voz alta, num dado momento, pode ser que haja mais pessoas que ali estavam que também tenha ouvido. Além do mais, seria muito estranho um jornalista antigo e experiente como Noblat simplesmente inventar tudo isso.

Em seu blog, Noblat depois informou que o Eduardo Pertence lhe pedira desculpas. Veja o que Noblat escreveu: “Eduardo Pertence acaba de me telefonar. Pediu desculpas. Reconheceu que onde estava não dava para ouvir o que Tóffoli disse ou não”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *