O Congresso não tem mesmo jeito. Com 13 mil funcionários, vai abrir concurso para contratar mais 246, com salários de até R$ 23,8 mil.

Carlos Newton

Quando Brasília começou a ser apelidada de Ilha da Fantasia, achava-se que havia um certo exagero na denominação. Mas é verdadeira. Os todo-poderosos da capital, isolados do restante da população, comportam-se como se estivessem numa novela de Voltaire, vivendo no melhor dos mundos.

Por coincidência, é claro, um dia depois de o Congresso barrar o reajuste dos funcionários públicos no Orçamento de 2012, em plena véspera do Natal o Senado abriu um concurso para contratar 246 novos servidores, com salário inicial de até R$ 23,8 mil.

A remuneração desse pequeno grupo deve custar R$ 53,3 milhões por ano aos cofres da União, vejam a que ponto de insensatez os parlamentares chegaram.

O edital com as vagas foi publicado no “Diário Oficial” na sexta-feira. O Senado espera que 80 mil candidatos participem do concurso. Foram abertas nove vagas de consultor (salário inicial de R$ 23,8 mil), 133 de analista (R$ 18,4 mil) e 104 de técnico (R$ 13,8 mil).

O Senado informou que o objetivo do concurso é preencher vagas abertas pela aposentadoria de servidores. E os outros 13 mil? O que fazem?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *