O Dia do Trabalho, segundo Chico e Milton Nascimento

O cantor, escritor, poeta e compositor carioca Chico Buarque de Hollanda e seu parceiro Milton Nascimento, na letra de “Primeiro de Maio”, usaram  o infindo lirismo para inverter os papéis diários do casal de trabalhadores, que, neste dia, através do amor, personificarão a usina e a ferramenta tecendo (o homem de amanhã). Essa música foi gravada por Milton e Chico no Compacto Cio da Terra, em 1977, pela Philips/Phonogram.

PRIMEIRO DE MAIO
Milton Nascimento e Chico Buarque

Hoje a cidade está parada
E ele apressa a caminhada
Pra acordar a namorada logo ali
E vai sorrindo, vai aflito
Pra mostrar, cheio de si
Que hoje ele é senhor das suas mãos
E das ferramentas

Quando a sirene não apita
Ela acorda mais bonita
Sua pele é sua chita, seu fustão
E, bem ou mal, é seu veludo
É o tafetá que Deus lhe deu
E é vendito o fruto do suor
Do trabalho que é só seu

Hoje eles hão de consagrar
O dia inteiro pra se amar tanto
Ele, o artesão
Faz dentro dela a sua oficina
E ela, a tecelã
Vai fiar nas malhar do seu ventre
O homem de amanhã

                   (Colaboração enviada por Paulo Peres – Site Poemas & Canções)

5 thoughts on “O Dia do Trabalho, segundo Chico e Milton Nascimento

  1. Este chico jabuti, que fez tantas músicas contra a ditadura, não vai fazer nenhuma contra a roubalheira e
    corrupção atual?
    Dou até uma dica de como poderia começar a letra de uma delas; ” Apesar de você (a corrupção) amanhã
    ha de ser outro dia”. Seria interessante.

  2. Chico apoiou a eleição da DILMA “MUTRETA” (nome dado por articulistas da Folha de São Paulo) e o PT (PARTIDO DOS TRAMBIQUEIROS) e, face a esse apoio, tem muita gente que não quer ver mais “A BANDA PASSAR” impunemente, com ou sem as inusitadas decisões do aparelhado STF.

  3. Chico Buarque manchou sua biografia com o apoio a Dilma e ao PT. Certamente, com este gesto tresloucado, perdeu grande parte da multidão de fãs que possuía. Uma pena!

  4. 1º DE MAIO
    Paulo Peres

    Parabéns, trabalhador,
    Sua riqueza e valor
    Nunca foi material,
    Ela tem como quinhão
    Patamar espiritual
    Família, fé, futuro e razão

    Obtive ensinamento
    Na comunhão vinho e pão

    Plantei no tempo
    O meu trabalho
    Cuja luz é o caráter
    Que germina o amanhã

  5. Esse chico é mais falso que nota de 3 reais. Como o Caetano que que disse que é proibido proibir e depois saiu por aí proibindo.
    Chico fez fortuna com a ideologia e, na sua ideologia está o apoio ao assassino e ditador Fidel. Tem apartamento em Paris e não em Havana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *