O escudeiro de Lula desabafa e diz confiar em Palocci

Caixa 2 não era problema de Lula, diz Carvalho

Bernardo Mello Franco

“Acho bom todo mundo fazer delação logo. Para acabar com esse sofrimento de uma vez”. O desabafo é do ex-ministro Gilberto Carvalho, principal escudeiro de Lula em seus oito anos de governo. Na tarde de sexta-feira, ele parecia abatido com a confirmação de que Antonio Palocci será o próximo a entregar ex-companheiros à Lava Jato.

Um ano depois do impeachment, o PT voltou a viver uma semana de péssimas notícias. Na quarta-feira, Lula teve que se sentar no banco dos réus em Curitiba. Na quinta-feira, ele e Dilma Rousseff foram fritados por seus marqueteiros de campanha. Na sexta-feira, seu ex-ministro da Fazenda deu a partida para mais uma delação.

“NÃO QUERO SABER” – “Eu confio no Palocci. Duvido que ele vá dizer que o Lula mandou fazer alguma coisa”, disse Carvalho. “O Lula nunca quis saber de dinheiro. Ele dizia: ‘Tem coisa que eu não quero saber. Eu não quero saber'”.

Perguntei por que o ex-presidente se recusaria a conhecer a origem do dinheiro que bancava suas campanhas. “O candidato não pode fazer tudo. É claro que ele espera que ninguém faça bobagem”, respondeu.

Que tipo de bobagem? O petista esclareceu que se referia a caixa dois. “É um erro gravíssimo que nós cometemos. Nós seguimos um padrão que condenávamos”, disse. Lembrei que o PT já havia confessado o crime no mensalão, mas voltou a praticá-lo nas eleições seguintes. “Foi repetido. Infelizmente”, afirmou Carvalho.

ACUSAÇÕES RIDÍCULAS – O ex-ministro disse que as acusações contra Lula são “ridículas” e que a Lava Jato abusa da prisão preventiva para forçar os réus a delatar. “É uma forma de tortura. Se o cara não confirma a tese dos procuradores, passa a ser visto como inimigo.”

Carvalho definiu a delação dos marqueteiros como “uma tragédia”. “O João Santana não vai destruir o PT. Mas é claro que isso nos prejudica”, reconheceu. “O imperdoável é o cara mentir. Eu não perdoo, mas tenho um grau de compreensão pela tortura que ele sofreu. O que sinto é um misto de tristeza e decepção”.

10 thoughts on “O escudeiro de Lula desabafa e diz confiar em Palocci

  1. AOS OLHOS DO IMAGINÁRIO POPULAR CONSCIENTE, AO QUE PARECE, SÃO QUASE TODOS PSICOPATAS EM ESTADO DE SURTO PSICÓTICO PERMANENTE, LOUCOS POR PODER, DINHEIRO, VANTAGENS E PRIVILÉGIOS, SEM LIMITE$ , e que fazem de tudo e qualquer coisa para consegui-los, conservá-los e até ampliá-lo$, à moda tudo para si e os seus e o resto que de dane. Como diz a Kelly Key, tão nem aí, com o Brasil e com o calvário do povo brasileiro, que se encontram em palpo$ de aranha$. Só conseguem enxergar os seus próprios interesses, vaidades e ambições pessoais. Depois não sabem porque a população está indignada e terrivelmente desgostosa da política e dos políticos. Que venha logo, pelo amor de Deus, a Democracia Direta, com meritocracia eleitoral, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, o novo que já nasceu, cresceu e agora urge ser instalado, para romper com o velho continuísmo da mesmice do velho $istema político podre que já morreu, para varrer de vez de nossas vidas essa herança maldita que é essa maldita guerra tribal primitiva, permanente e insana dos me$mo$, histérica e estéril, entre irmãos, que transforma seres humanos em bestas-feras, da qual somos todos vítimas e reféns há 127 anos. Oxalá, a Democracia Direta Já, consiga instalar neste país e no mundo a Democracia de verdade e a Política com P maiúsculo, porque estamos todos esgotados dessa maldita plutocracia dos me$mo$ com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia repleta de camaleõe$. E para os camaleões não dizerem que o Leão não lhes estendeu a mão eu lhes proponho que se rendam já, aqui e agora, via congresso nacional, pacificamente, por desprendimento e virtude, à RPL-PNBC-DD-ME ( o Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação ), antes que sejam compelidos a fazê-lo pela força incontrolável da indignação popular, calcado na paz, no amor, no perdão, na conciliação, na união e na mobilização pela mega-solução, sejam todos redimidos, e vamos embora, todos juntos, pra frente Brasil, numa só corrente de amor, motivação, boa-fé e esperança, rumo ao IDH número 1 do Planeta Terra, porque evoluir é preciso. http://www.brasil247.com/pt/247/economia/295519/Arm%C3%ADnio-agora-atribui-a-%E2%80%9Crisco-Lula%E2%80%9D-o-baixo-crescimento-do-golpe.htm

  2. Tortura no PT virou caso de polícia pois todo o mundo foi, é ou vai ser torturado. Mas deve ser tortura de consciência pelos mal feitos contra o Brasil.

  3. O ” sacristão” passa a entoar o “cantochão” ensinado pelo vigário, ou seja tudo é mentira, porém estão morrendo de medo das delações, que eles sabem que são verdadeiras.
    A cada delação mais verdades aparecem, mas a “seita” acha que o “divino” é inimputável, assim como sua santidade é também infalível.
    A bronca é com as delações premiadas, que eles acham ser o caminho da descoberta das falcatruas e portanto, execrável.
    Na hora de roubar era tudo bonito, mas na hora de pagar os pecados, o choro e ranger de dentes, é a ´´unica opção.

  4. Que tipo de bobagem? O petista esclareceu que se referia a caixa dois. “É um erro gravíssimo que nós cometemos. Nós seguimos um padrão que condenávamos”, disse. Lembrei que o PT já havia confessado o crime no mensalão, mas voltou a praticá-lo nas eleições seguintes. “Foi repetido. Infelizmente”, afirmou Carvalho.

    SE FORAM CAPAZES DE REPETIR O MESMO TIPO DE ERRO, QUEM É QUE GARANTE QUE SE VOLTAREM AO PODER NÃO FARÃO A 3ª, OU MESMO A 4ª, 5ª , N VEZES? O CERTO MESMO É A CASSAÇÃO DESSE PARTID, DIGO, DESSA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA!

    • O certo é a cassação de todo$, colocá-lo$ sob quarentena, tratá-los e, reciclados, dar-lhes uma nova chance, desde que provem que serão capazes de suplantar a Democracia Direta, da qual tb poderão participar desde o início desta, porém em igualdade de condições com todos os demais brasileiros.

      • Democracia direta, me desculpem a discordância é coisa de populismo !
        Eleições com voto distrital e regime parlamentarista é a melhor solução, na minha opinião.

  5. Ou seja: a esperança dos envolvidos é que Palofi não conte tudo o que sabe e mantenha-se fiel à omertá. O plano B é negar tudo e dizer que não respeitam delator. Nada de novo debaixo do Sol…

  6. Ele podia era falar da morte de Celso Daniel,da qual foi intermediário.
    Falar quem deu a ordem,já que todo o Brasil saber,por que o caso foi abafado,qual ministro do STF,que melou o inquérito e outras coisas mais.

  7. Gilberto Carvalho, deve saber do caso da morte do Celso Daniel, prefeito de Santo André. Esse caso é um esqueleto no armário do PT.
    Segundo se dizia: Bumlai (sempre ele, amigo do Lula) fez um empréstimo bancário, para emprestar a um empresário de transporte. A troco do que?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *