O golpe de Michel Temer, que tenta se posicionar como “perseguido político”

Resultado de imagem para raquel dodge charges

Charge do Cazo (www.blogdoafim.com.br)

Bernardo Mello Franco
Folha

Foi golpe! Quem grita agora, veja só, é o presidente Michel Temer. Depois de declarar guerra à palavra martelada pelos petistas, o peemedebista resolveu reabilitá-la em causa própria. As cinco letras aparecem com destaque na defesa entregue à Câmara nesta quarta-feira.

No documento, os advogados de Temer sustentam que o Ministério Público Federal tentou “dar um golpe e destituir o presidente da República”. É assim que a defesa descreve a denúncia que acusa o presidente de praticar dois crimes: organização criminosa e obstrução da Justiça.

“PISTOLEIRO” – A peça recorre à tática de desqualificar o acusador. Autor da denúncia contra Temer, o procurador Rodrigo Janot é comparado a um “pistoleiro”. Em outro trecho, a defesa afirma que o ex-chefe da Lava Jato foi “antiético, imoral, indecente e ilegal”.

Para reforçar os ataques a Janot, os advogados reproduzem declarações do ex-deputado Eduardo Cunha, preso e condenado a 15 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Eles também citam frases do ministro Gilmar Mendes, conhecido frequentador do Palácio do Jaburu.

IMPRENSA LEVIANA – Além de sustentar que o procurador seria movido por uma “doentia obsessão”, a defesa ataca jornalistas ao dizer que o presidente é vítima de um “torpe e infame tratamento dispensado por parte de uma imprensa irresponsável e leviana”.

Os deputados que engavetaram a primeira denúncia contra Temer são descritos com palavras mais doces. Segundo os advogados, a Câmara “não é composta por bandoleiros, mas por homens e mulheres que se dedicam ao atendimento das necessidades da população brasileira”.

Nesta semana, suas excelências voltaram a fazer fila no Palácio do Planalto. Só na terça-feira, Temer recebeu mais de 50 deputados. Eles pediram verbas, emendas e nomeações para votar a favor do governo. Um dos cargos mais cobiçados tem significado especial para os alvos da Lava Jato: a direção do Departamento Penitenciário Nacional.

6 thoughts on “O golpe de Michel Temer, que tenta se posicionar como “perseguido político”

  1. Liberdade, liberdade, abre o foco sobre o Novo de verdade, que urge se estabelecer no Brasil. DEMOCRACIA SEM POVO É IMPOSSÍVEL, MAS DEMOCRACIA SEM O MONOPÓLIO ELEITORAL DE PARTIDOS ME PARECE POSSÍVEL, VIÁVEL, NECESSÁRIA, INEVITÁVEL E ATÉ INADIÁVEL, ante a falência explicita do $istema político apodrecido, como tenho defendido em centenas de escritos anteriores que demonstram que, com o povo cansado, esgotado e até indignado com sistema em vigor, indignação essa revelada inclusive nas ruas do Brasil, explicitamente, aos gritos de ” sem partidos, sem partidos, vocês não nos representam”, em Junho de 2013. Acredito que com um simples CONCURSO PÚBLICO PADRÃO, aberto a participação de todos e todas, o mais rigoroso e mais vigiado do país, inclusive como parâmetro moralizador de todos os demais concursos de acesso a cargos públicos, uma espécie de mata-burro na porta de entrada da administração pública, é possível sim elegermos, a custo zero em eleição auto sustentada, as melhores cabeças do país para os cargos de vereadores, deputados, senadores, prefeitos, governadores, e até presidente da república, com mandatos de no máximo 5 anos, sem reeleição, um outro tipo de gente capaz de interagir diretamente com a população de forma mais saudável, mais sincera e mais humana. https://www.brasil247.com/pt/blog/terezacruvinel/321039/Fundo-P%C3%BAblico-Senado-d%C3%A1-com-uma-m%C3%A3o-e-tira-com-outra.htm

  2. Temer tem um tenente temente a Deus ao seu lado esquerdo ma mesa…
    Caneta tinteiro, dono de muuito dinheiro, banqueiro, enfim, o verdadeiro dono da bagaça, usando Temer como saco de pancada enquanto rouba o Brasil descaradamente….

    Qualquer coisa, seu ‘estate’ irlandês o espera com todo o conforto…

    Quanto Temer deve estar levando nessa?
    O trivial, político bocal que e nunca teve liderança.

    Foi noticia ao assumir a secretaria de Segurança de SP na semana seguinte ao massacre do Carandiru, e ha alguns meses soltou esta frase durante reuniao ministerial

    “Eu fui secretário de segurança pública duas vezes em São Paulo e tratava com bandido, então eu sei o que fazer com o governo.”:

    Temer é fichinha, uma ‘gutcha’, comparado aos mega estelionatários que mantém em sua gestão…

    Exemplo: falaram do Maggi por 12 horas, depois nunca mais…
    Do Meirelles, só falam e mostram aquilo que ele quer….

    Temer e um saco murcho de pancada, um enrugado que não teve chance de ostentar o papel de Presidente da Republica, nem empunhando uma bela esposa…
    Parvo bundão, que faz uso do quanto mais dinheiro melhor para ser alguém….
    Figurinha medíocre no clube dos indecentes.

    ps: que compreendam a discrição do texto! nesse tempo de censura imposta por deputado, o risco de escrever não me permite o uso fiel de expressão verbal… ahá….

    Que se eu fosse escrever sem censura teria escrito algo mais do que simplesmente escrever Temer seu Merda….
    Pelo contrario, escrevi feito uma careca lustrosa, sem ‘moraes’ dúbias, sem duplos sentidos., como:

    ‘tenente temente’
    tenente te mente
    etc…

    Este o ‘reinado’ de uma quadrilha extremamente perigosa….
    Tá Tudo Dominado.

  3. Mas, que o Janot tinha ideia fixa contra o Temer, tudo em seus mínimos detalhes leva a crer que sim: o prêmio dado ao Joesley por ter levado a cabeça do Temer e a rapidez com que denunciava o Temer e procurando mais flechas para atingir o governo,. enquanto que, só foi denunciar o Lula e a Dilma um ano depois de tentarem obstruir a justiça.
    Não defendo o Temer, que deve sim ser investigado, denunciado e torna-lo réu.e julgado. Mas que seja o final do seu mandato.
    Sou contra a saída do Temer.neste momento, não vejo que quem entrar no lugar dele vá fazer um governo melhor, ao contrário a saída do Temer agora, entendo que vai aumentar a crise..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *