O governo é tão ruim que desmoraliza até o IBGE e o BNDES

Deu na Ag. Brasil
O presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Wasmália Bivar, admitiu que os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), referente a 2013, continham “erros extremamente graves”. Em coletiva para jornalistas no Rio de Janeiro, Bivar pediu desculpas pelo equívoco.
As informações errôneas afetaram o índice de Gini, por exemplo, que mede a desigualdade no país, em 2012 estava em 0,496 e, em 2013, caiu para 0,495, o que mostra redução na desigualdade, ao invés do aumento  para 0,498 divulgado ontem.
Apesar de o percentual de pessoas que ganham até um salário mínimo ter ficado em 25,2% da população ocupada em 2013, e não 24,8%, a desigualdade diminuiu porque a taxa dos que ganham de cinco a 20 salários mínimos passou de 7,6% para 7,3% entre as duas análises e os que recebem mais de 20 salários mínimos permaneceu em 0,7%.

De acordo com o diretor de Pesquisa do instituto, Roberto Luís Olinto Ramos, todos os dados puros estão corretos, mas houve um erro técnico que superestimou a população das regiões metropolitanas do país, o que influenciou em outros dados, como o índice de Gini.

“Basicamente o que aconteceu foi um erro técnico que afetou alguns estados e algumas variáveis. A pesquisa é por amostra, não cobre a população inteira. Existe um processo onde você pega a amostra e projeta com um peso. Da amostra para o todo, houve um problema restrito às regiões metropolitanas de sete estados que têm mais de uma região metropolitana, onde foi considerado o peso da região metropolitana do estado inteiro, e não apenas o da capital”.

VÁRIOS ERROS

O problema ocorreu nos estados do Ceará, de Pernambuco, da Bahia, de Minas Gerais, de São Paulo, do Paraná e do Rio Grande do Sul, onde existem regiões metropolitanas nas capitais e também em outros municípios, e levou a mudança nas análises nacionais, além das regionais.

O rendimento mensal do trabalho variou menos do que o estimado ontem: 3,8%, e não 5,7%, com isso, o valor do rendimento médio mensal ficou em R$ 1.651, e não R$ 1.681. De acordo com o coordenador de Renda e Emprego, Cimar Azeredo, isso se explica pelo fato de a renda nas regiões metropolitanas ser maior do que no interior dos estados.

“Rendimento é o que mais sofreu mudança, pois os dados da região metropolitana estavam inflados e os maiores rendimentos estão na região metropolitana. Pelo mesmo motivo, o analfabetismo aumentou, porque é maior no interior”.

A taxa de analfabetismo em 2012 era 8,7% da população e caiu para 8,5%. O dado divulgado ontem foi 8,3%. A taxa de desocupação permanece a mesma divulgada ontem, de 6,3% da população, mas o contingente de pessoas é 6,637 milhões, e não 6,693 milhões. O nível de ocupação total ficou em 61,8% da população, no lugar de 61,2%. O trabalho infantil caiu 10,6%, e não 12,3% divulgado ontem.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGO IBGE sempre foi um orgulho para o país. A excelência de nossas estatísticas eram referência internacional. Agora, pouco a pouco o IBGE vai sendo desmoralizado, com erros e omissões frequentes. Da mesma forma, o governo do PT vai desmoralizando também o BNDES, o maior e mais respeitado banco de fomento do mundo, que hoje mantém sigilo sobre suas operações, vejam a que ponto chegou essa gente. Até o final do primeiro governo Lula ocorria exatamente o contrário. Todas as grandes operações do BNDES eram divulgadas a toda a imprensa, com inteira transparência. Bons tempos, aqueles… (C.N.)

8 thoughts on “O governo é tão ruim que desmoraliza até o IBGE e o BNDES

  1. Sr. Newton é a decadência moral do País, desde lá de cima e está descendo morro abaixo, tudo contaminado e sendo dominado por bandidos, ladrões, vagabundos, de todos os naipes, federal, estadual e municipal…..esculhambação total.
    Falta pouco para os honesto serem carimbados na testa com a palavra.; IDIOTA…..

  2. Me faz lembrar o “recupero”, o mal feito do governo, a gente esconde, só propaga o “bem feito”. Sinceramente, a governança dos 3 poderes, estão mais podres que a podridão. 26 anos perdidos para se fazer uma NAÇÃO, e chegamos ao fim da “MORALIDADE NA ADMINISTRAÇÃO DA COISA PÚBLICA”, AO NOSSA VOLTA SÓ VEMOS ROUBOS FINANCEIROS, DE MORAL E ÉTICA. A HIPOCRISIA FOI ENTRONIZADA NO ALTO DO ALTAR DA CORRUPÇÃO.
    DIA 05/10, ÚLTIMA ESPERANÇA, DO BRASIL VOLTAR A SER DECENTE E JUSTO, SE O CIDADÃO ELEITOR CONTRIBUINTE, MANTIVER O QUE AÍ ESTÁ, NÃO TERÁ O DIREITO DE RECLAMAR, CONTINUE A PASTAR, SER IDIOTA E PALHAÇO, COM SUA PRÓPRIA CHANCELA.

  3. Quem pode acreditar em dados de órgão do governo administrado pelo PT? Principalmente após os casos de Contabilidade Criativa do governo DILMA+LULA+PT.

    Observem que as diferenças tanto para aumento das desigualdades bem como para redução das desigualdades são pequenas.

    Logo quem garante que não tem ajuste Criativo nestes dados?

    Porque somente após a informação sair na mídia é que divulgaram nota corrigindo, justamente os dados das desigualdades?

  4. Caro Sr. Newton, NR, perfeita. neste último momento, lembrei de falar sobre as “urnas fraudaveis”, proibidas de “teste” pelo presidente do TSE, talvês por saber que estariam fraudadas, ou seriam fraudadas na apuração!. o TSE delegou aos TREs, o preparo das “urnas”, ai, me pergunto: SÊ HOUVER FRAUDE (COM CERTEZA , PELA MOVIMENTAÇÃO DE QUEM É QUEM), “HAVERÁ” E A CULPA CAIRÁ SOBRE O TRE.
    NA MINHA CIDADE, GUAPIMIRIM/RJ, HOUVE ESTELIONATO ELEITORAL PARA PREFEITO, DENUNCIEI, E SOLICITEI INFORMAÇÃO, AO TRE E TSE, O PREFEITO, HOJE FALECIDO, ATÉ A VESPERA DA ELEIÇÃO, DESMENTIA EM CARRO DE SOM, QUE ESSAS AUTORIDADES,MENTIAM, QUE ELE ERA O CANDIDATO, O SOBRINHO FOI ELEITO, COM A “CARA DO PREFEITO NAS URNAS”, PELO “ELEITOR-GADO”, TOMOU POSSE, SÓ NÃO TERMINOU O MANDATO, POR TER SIDO PRESO NA “OPERAÇÃO OS INTOCÁVEIS”
    DO ROUBO DE 48 MILHÕES EM UMA CIDADE POBRE, EM 05/09/12, E A sRª jUSTIÇA, SOLTOU A TODOS OS ENVOLVIDOS, CUJA PRESCRIÇÃO ACONTECERÁ, COMO É A NORMA NO BRASIL, ROUBE MILHÕES, SE ROUBAR GALINHA PARA MATAR A FOME DOS FILHOS, ESTÁ PRESO SOBRE OS RIGORES DA LEI.
    ESTOU COM RUI BARBOSA, QUE HONRAVA A Srª JUSTIÇA, EM MEUS 85 ANOS, NUNCA VI TANTA PODRIDÃO NA GOVERNANÇA DO PAÍS.
    POR UM BRASIL DECENTE E JUSTO, NÃO REELEGENDO EM 05/10/14.
    O SR. DESTINO CEIFOU 7 VIDAS, PARA DISCUSSÃO DO DESTINO DO BRASIL, SAIBAMOS HONRAR ESSAS MORTES, VOTANDO COM CONSCIÊNCIA E DIGNIDADE, PARA REDENÇÃO DO BRASIL.

  5. Os desmemoriados que me perdoem, mas o IBGE não merecia passar por esse vexame… nunca! Fico com a Nota da Redação. Permita-me:

    ” NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – O IBGE sempre foi um orgulho para o país. A excelência de nossas estatísticas eram referência internacional. Agora, pouco a pouco o IBGE vai sendo desmoralizado, com erros e omissões frequentes. Da mesma forma, o governo do PT vai desmoralizando também o BNDES, o maior e mais respeitado banco de fomento do mundo, que hoje mantém sigilo sobre suas operações, vejam a que ponto chegou essa gente. Até o final do primeiro governo Lula ocorria exatamente o contrário. Todas as grandes operações do BNDES eram divulgadas a toda a imprensa, com inteira transparência. Bons tempos, aqueles… (C.N.) “

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *