O lamento genial de Pixinguinha e Vinicius

O diplomata, advogado, jornalista, dramaturgo, compositor e poeta Vinícius de Moraes (1913-1980), confessa através do chorinho “Lamento”, a
 tristeza que o desamor da morena acarretou. O choro “Lamento” composto por Pixinguinha, em 1928, foi originalmente apenas instrumental e somente em 1962, ganhou letra feita por Vinícius de Moraes.  Elizeth Cardoso foi a primeira a a versão cantada no LP Muito Elizeth, em 1966, pela Copacabana.
 
LAMENTO
Pixinguinha e Vinícius de Moraes
Morena, tem pena
Mas ouve o meu lamento
Tento em vão te esquecer
Mas olhe, o meu tormento é tanto
Que eu vivo em prantos, sou tão infeliz
Não há coisa mais triste, meu benzinho
Que esse chorinho que eu te fiz
Sozinho, morena
Você nem tem mais pena
Ai, meu bem, fiquei tão só
Tem dó, tem dó de mim
Porque eu estou triste assim por amor de você
Não há coisa mais linda neste mundo
Que o meu carinho por você
Morena, tem pena…
(Colaboração enviada por Paulo Peres – site Poemas & Canções)
This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

3 thoughts on “O lamento genial de Pixinguinha e Vinicius

  1. Vinícius e Pixinguinha, dois ótimos seres humanos ! Destaco o grande Pixinguinha, membro da IPIB – Igreja Presbiteriana Independente do Brasil, um dos ramos do Presbiterianismo nacional. É bem provável que o prezado Solon, a quem muito respeito pelos conhecimentos e outros, talvez falem dos aspectos negativos dos calvinistas-reformados-presbiterianos. Nossos lados sombras – que todos temos -; o destaque é para frisar que nas congregações protestantes enfatiza-se muito o canto coral, a poesia, a música, a arte e assim, nesse ambiente o menino e jovem Pixinguinha conviveu… aliás, grandes nomes da música clássica mundial (e da filosofia ocidental) tem formação anabatistas (protestantes). E vejam a beleza de ecumenismo… Vinícius, praticante ou simpatizante dos cultos afro-braseileiros.

    • Prezados amigos,
      Apenas para fortalecer – e talvez reparar algo -, Pixinguinha frequentou a Igreja Presbiteriana de Ramos (parte da Igreja Presbiteriana do Brasil), subúrbio da Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele era muito bem acolhido ali e participava como se membro fosse, até onde fui informado, mas não chegou a se filiar como membro da igreja. Sua esposa, Albertina da Rocha Viana, ela sim era membro da igreja, a quem ele acompanhava sempre que suas atividades lhe permitissem estar presente. E, Antonio Rocha, grato pelas palavras carinhosas com relação aos protestantes e, em particular, aos presbiterianos.
      Que Deus abençoe e dê paz a todos os leitores desta página,
      Rev. Joel Theodoro (Ig. Presb. de Ramos)

  2. Gente não existem apenas isso, ou o melhor esse significado!! Pixinguinha é também palavras abreviadas, sem acentos, uma nova ortografia digamos assim. Eu quero isso pra minha pesquisa e não essa coisa aí… podem até ter esse significado mas não é só ele que eu quero, tem outros então por favor!!! Espero resposta ok ? Não quero esse significado de músicas. Não gostei do site, desculpe se fui grosseira, só que estou me apertando para não xingar vocês todos. Atenciosamente! Sabrina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *