O mais surpreendente é o primarismo do enriquecimento ilícito de Lula

Resultado de imagem para sitio de lula charges

Charge do Sponholz (sponholz.arq.br)

Willy Sandoval

Leonel Brizola jamais sofreria um processo de impeachment, simplesmente porque saberia negociar com políticos, já que ele próprio era um deles. Da mesma forma, Lula também nem chegou perto de sofrer um processo de impeachment, porque ele também sabia conversar com políticos. Mas com certeza há de chorar eternamente lágrimas de sangue. Primeiro, porque colocou um “poste” (ou “posta”) na Presidência da República e depois, por covardia, não conseguiu impedir que a mesma “posta” concorresse ao segundo mandato. Deu no que deu!

Mas realmente essa gentalha petralha não chega nem aos pés de Vargas, Brizola ou Jango. Não passam mesmo de uns boçais pseudo esquerdopatas, sem uma ideologia clara e definida. Querem apenas o poder pelo poder. Querem apenas ser “phoderosos”…

PRIMARISMO – O que mais me surpreende mesmo é o primarismo do esquema lulista. Qualquer contador de bairro ou de subúrbio teria aconselhado Lula a assumir a compra do sítio e mais ainda da cobertura no Guarujá! Mesmo considerando apenas a parte lícita dos seus rendimentos durante todo esse período, com certeza teriam sido suficientes para justificar a compra desses dois imóveis.

O prefeito Paes do Rio de Janeiro até ironizou o Lula numa conversa informal grampeada, ao dizer que ele estava se enroscando todo por causa um sitiozinho “furreca”.

A conselho de seu advogado-compadre Roberto Teixeira, Lula fez uma ginástica inútil para botar testas de ferro como proprietários. Tudo simplesmente ridículo.

PRIVATARIA – Já no caso dos tucanos, com a grana da privataria a coisa foi bem diferente. A viúva do “Gordo” (Sergio Motta) ficou com muitas propriedades do tucanato, mas nenhum deles gritou nem passou recibo. Ficou tudo para a japonesa. Ela fez que nem o Vicente Matheus, quando ficou com as propriedades roubadas dos alemães por Adhemar de Barros durante a Segunda Guerra.

Prova que é teu?, desafiou a viúva de Motta aos tucanos. O mesmo vão dizer no futuro os Jacozinhos (filhos do Jacó Bittar) para os Lulinhas (filhos do Lula). Já a cobertura do Guarujá, essa já era, vai fazer parte da massa falida da empreiteira OAS.

Assim será o futuro dessa triste e nefasta figura chamada Lula. Veio da miséria e para ela retornará. Mas muito pior do que a miséria material será a miséria moral e principalmente espiritual.

7 thoughts on “O mais surpreendente é o primarismo do enriquecimento ilícito de Lula

  1. No mensalão o Lula afinou, chorou e colocou o ditado em prática rabo entre as pernas. O PSDB achou que sangrar o Lula seria Solução. O Brizola nunca faria 10‰ que o lula fez. Enfim quem nasceu para ser ladrão só resta uma cruz mesmo é aproveitar e pedir se possível ir para o paraíso. Pois na terra uma vez ladrão morre ladrão.
    Bom dia povo da tribuna, a insônia persegue.

  2. Williy Sandoval., esse Blog esclarece. E assim você deve proceder. É uma ignorância política amazônica colocar Brizola neste teu alfarrábio. Brizola foi um político diferênciado como foram Getulio e Jango. Pessoas honradas que nunca em nenhum momento de suas vidas políticas se envolveram em corrupção. Já que você não sabe nada de nada dou um exemplo: Brizola e Jango depois de exilados tiveram suas vidas devassadas palmo a palmo por 15 anos. E nada foi encontrado que deslustrasse suas condutas morais. Tira Brizola desse tua comparação fajuta. Brizola não era homem de conchavos. Estuda nossa história política para não fazeres com Chacrinha que dizia: Eu não vim para explicar vim para confundir.

  3. BRIZOLA, CIEPS, EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL…
    Brizola é considerado uma Divindade por muitos.
    Imagino que se o mesmo fosse presidente e o Lula nunca tivesse sido, o Deus seria o Lula, pois Brizola como presidente seria um desastre e assim nos levaria a crer que o bom mesmo seria o Lula.
    Os dois são socialistas e populistas. Sim, o Brizola assim como Lula e Getúlio Vargas era um populista. Os dois se merecem.

    Sobre Brizola o Presidente Figueiredo falou:
    “É o maior líder do país. O povão gosta de ouvir a palavra do Brizola. Mas ele não faz aquilo que diz. No dia em que chegar à Presidência será o maior ditador que o país já viu, porque ele é um caudilho mesmo. Esteve na minha casa duas vezes. Perguntei-lhe:
    – O senhor é socialista?
    – Sou.
    – O senhor vem a minha casa e acaba de me confessar que acaba de vender sua estância em São Borja e comprar outra no Uruguai. O senhor não pode ser socialista no Uruguai. Tem de ser no Brasil. Por isso o senhor vendeu a sua estância no Brasil, para poder defender a bandeira da reforma agrária. Eu quero ver, se houver um socialismo no Uruguai, o que o senhor vai fazer.”

    Ah, assim como Lula usou a Petrobras para suas ambições o Brizola usou a CSN, ainda estatal, (claro, não tão quanto o Lula) como cabide de empregos para políticos do seu partido. Foi o que li por aí.
    Lembro que uma das coisas que o Brizola prometeu em campanha para presidente seria fazer uma auditoria na Globo. Que se fizesse, mas seria algo de pouca relevância em se tratando de outras prioridades maiores. Alguém que quer ser presidente pode até questionar o poder da Mídia, mas num todo e não especificamente em uma só empresa. Temos problemas mais sérios a resolver. É demagogia em plena campanha questionar e perseguir um canal de TV.
    Na sua entrevista o Figueiredo diz também que o discurso do Brizola nunca muda, é a mesma coisa.
    Os brizolistas citam os CIEPs como trunfo do seu candidato que poderia ter sido o “Consertador do Brasil”.
    Já se foi provado que Educação só presta se for em tempo integral? Existe algum estudo sério feito a respeito e que tenha provado com Fatos e Dados que só assim uma educação para crianças daria certo?
    Ah, mas na Finlândia e não sei onde mais deve ser assim e assado…
    Sim, mas os governantes da Finlândia educam sua população ensinando-lhes como pensar e não o que pensar.
    Creio que a intenção do governo deles é formarem cidadãos dotados de Livre arbítrio e não ativistas do pensamento único.
    Alguém aqui no Brasil já leu ou ouviu citações tipo “Massa de Manobra” ao se referir à população finlandesa ou de outras nações prósperas e democráticas?
    Sou contra uma criança entrar em um ambiente fechado e lá permanecer por 10 a 12 horas. Principalmente em um governo populista onde se predomina a Doutrinação e o Assistencialismo.
    Creio que a maneira mais eficiente para se doutrinar pessoas através de seitas religiosas e marxista é quando iniciada na sua infância e adolescência. E tenham certeza de que crianças e adolescentes dentro de um recinto iluminado pelo espírito de Darcy Ribeiro, Anísio Teixeira e Paulo Freire aprenderiam que Marx é Deus e Adam Smith é Satanás. Aprenderiam que do Capitalismo nasce o Oprimido e do Socialismo nasce o Igualitário.
    Prezados, gostaria de morar em um país que não precisasse do meu filho depender de alimentação estatal. Poderia já sair pela manhã alimentado e com R$ 6 para fazer merendar no horário de recreio. Almoço em casa e depois fazer dever de casa na própria casa.
    E para que serviria a parte da tarde nestes CIEPs? Para alunos ficariam trancados entre quatro paredes tendo aula de artesanato para aprender fazer chinelo de couro, aprender fazer fitinhas do Senhor do Bomfim, apreender bater tambor e jogar capoeira?
    Enquanto isso as coisas funcionam bem melhores para os filhos da elite socialista. Por eles serem bem remunerados pelo Estado que lhes paga ótimos salários oriundos dos impostos pagos pelos contribuintes jamais colocariam seus filhos em oficinas formadoras de inutilidades exóticas. No mesmo horário em que o Estado forma futuros militantes marxistas em galpões os filhos das elites socialistas estarão recebendo em recintos particulares e caros aulas de piano, balé clássico, inglês, natação, artes marciais etc.
    MAS, que bonito! Socialismo para o filho do pobre e Capitalismo para o filho do Socialista.
    Se isso não é contrariar a LÓGICA, nada mais é.
    .
    Este comentário já postado aqui, mas creio eu que temos novos leitores e comentaristas.

  4. CORRIGINDO:
    Prezados, gostaria de morar em um país que não precisasse do meu filho depender de alimentação estatal. Poderia já sair pela manhã alimentado e com R$ 6 para poder merendar no horário de recreio. Almoço em casa e depois fazer o chamado dever de casa na própria casa.

  5. Sobre Educação, eu tenho uma profunda curiosidade em saber até que ponto chega a “boa vontade” dessa gente que nos governa (da direita ou da esquerda), dos políticos, dos intelectuais, das celebridades e também das ditas elites burguesas tão demonizadas pelos socialistas petistas.
    Intelectuais e celebridades até ganham dinheiro público para propagandear os Slogans propagandísticos (Lugar de criança é na sala de aula E Pátria Educadora) lançados pelo governo de FHC e da Dilma.
    Já no passado tivemos o “Nenhuma Criança sem Escola” criado pelo Carlos Lacerda quando governador do Estado da Guanabara.
    Pois bem, eu gostaria de saber a que nível chega numa escala de 1 a 10, o real QUERER dessa gente quando alardeia seu interesse em ver nossas crianças estudarem.
    No governo do FHC teve o “Lugar de criança é na sala de aula” e no governo Dilma temos o: “Pátria Educadora”.
    E porque faço este tipo de questionamento?
    No governo do FHC vi numa página da Revista Veja uma propaganda com uma cantora de axé da Bahia e a mesma repetia o slogan da campanha governamental, “Lugar de criança é na sala de aula”.
    Tenho a impressão que essa gente só quer que aprendamos do b a bá até a cartilha. Só querem que aprendamos (nós os pobres) a assinar o nome; ler um bilhete; ler nomes de rua, de políticos e a plaqueta com o roteiro dos ônibus urbanos. Talvez até um pouco mais, como ler um livro do Paulo Coelho (não precisa entender de misticismo), do Edir Macedo e ler algumas frases da Bíblia,
    Basta saber assinar o nome e ler um simples bilhetes para que a ONU já o considere como alfabetizado.
    Como um político ou governante vai querer nos fazer seres pensantes e críticos? De quem eles arranjariam votos?
    Como cantores de 2ª e 3ª categoria vão querer toda essa gente culta? Quem vai comprar seus discos?

    Não esquecendo que governantes e políticos socialistas podem até querer alguns alfabetizados, MAS com viés socialista.

  6. Prezado Sr. JOÃO DA BAHIA,
    Sendo oriundo de modesta família UDN, e hoje me filiando a Frente Liberal Nacionalista ( Capitalismo predominantemente via Empresa Privada com Matriz no Brasil), LACERDISMO, isento portanto para opinar sobre o grande Presidente VARGAS, o Governador BRIZOLA e os CIEPS, dizemos:
    Até a Revolução de 1930, a Política do Brasil era de Partidos Estaduais, dominados totalmente por grandes Proprietários Agrários ( Café, Açúcar ,Pecuária), o Voto era ABERTO, Censitário ( só votavam Alfabetizados e Proprietários, e as Mulheres ( mais de 50% da População) não votavam. Depois das Eleições havia a “Degola”, onde o Partido Majoritário, o Republicano Estadual, excluía qualquer Deputado Eleito da Oposição que quisesse, e sempre queriam.
    Após a Revolução de 30, o grande Presidente VARGAS, mudou tudo isso, Alfabetizou o Povo, eletrificou o País, mecanizou a Agricultura, INDUSTRIALIZOU o Brasil criando o Proletariado Urbano que praticamente não existia. VARGAS então conseguindo o apoio desse Proletariado Urbano desenvolveu então o que ele chamava uma “Política de Massas” , em oposição a antiga Política de Partidos, e que os Adversários chamaram de “Populismo”. A nosso ver, VARGAS exagerou no uso do Estado na Economia, no exagero dos Planos Quinquenais e no desprezo do Mecanismo de Mercados. Mas fez um grande trabalho e em seu tempo a média de crescimento Econômico foi de +- 7,5%aa.
    BRIZOLA teve dois. O primeiro até a Revolução de 1964, Socialista, Revolucionário do Grupo dos Onze, etc, e o segundo pós reabertura Democrática do Presidente FIGUEIREDO, (1985 em diante), que era Reformista, Social-Democrata da Linha Européia. O Gov. BRIZOLA de quem se referia o Presidente FIGUEIREDO em 1985 como descrito no diálogo, se referia ao BRIZOLA que FIGUEIREDO conhecia de antes, e ali, a meu ver, ele tinha razão.
    Os CIEPS num País de muitas Favelas, de Famílias Pobres e com muitos Filhos, é a melhor solução possível, dentro das circunstâncias. Abrs.

  7. Bahia você é um fanático metido a saber das coisas. Não sabes nada sobre Brizola. O papel ridículo que estas fazendo é de Jagunço de Willy. Só um analfabeto político pode comparar Brizola a Lula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *