O Ministro da Fazenda pensava (?) que o Brasil estava crescendo. Vem o IBGE, desmonta o sonho de Mantega. Lula, impávido, altivo e altaneiro, parte para o sexto mandato, perdão, o terceiro

Lula não quer saber de ideologia. Considera que o povo não tem o menor interesse pelo fato. Eleito por ser de esquerda, está praticamente na extrema-direita, só falta ser convocado pelo Dunga nessa posição.

Hoje, ninguém se diverte tanto no Brasil quanto o presidente. Perdeu em 1989, 1994, sabia que perderia em 1998, mas não deu a vaga para ninguém. Sabia que quem fosse candidato em 1998, mesmo que perdesse, repetiria a candidatura em 2002.

Então, ficou ele mesmo, teve a sorte colossal: o “candidato” que apareceu foi Suplicy, que não é levado a sério nem de fora nem de dentro do PT. Em 2002, Lula repetiu as outras candidaturas, finalmente venceu, ei-lo presidente para sempre. (No seu entendimento).

Só que agora o tempo está passando, Lula tenta de tudo, só que não encontra a solução. PSDB e DEM, ditos de oposição, tentam ajudá-lo, PT e PMDB, chamados de base partidária, procuram prejudicá-lo, não conseguem.

Ideologia sustentável

A China comunista-socialista-capitalista, (hoje vivendo uma imprevisível união entre militares no Poder e a ascendente classe média bem alta) criou um regime com um PIB que cresce10 por cento ao ano. Se crescer “só” 8 por cento, (como está previsto para o final de 2009) “produz” mais 15 milhões de desempregados. (Exclusiva)

PIB intocável

Por outro lado, a China, que preocupava o mundo com seu desenvolvimento astronômico, agora preocupa por causa da redução desse mesmo crescimento. Com as importações diminuindo visivelmente, as outras potências, surpreendidas, se perguntam: “O que faremos?”

Lula “prorrogável”

O PSDB, de forma inconsciente, deu uma ajuda poderosa ao possível terceiro mandato de Lula. Os “líderes” desse partido que esteve 8 anos no Poder e desperdiçou, desbaratou e diminuiu o patrimônio nacional, anuncia: “Vamos manter e ampliar o Bolsa-Família”.

Unanimidade na sobrevivência

Ora, como esse é o carro-chefe e a alavanca manejada pelo presidente Lula, por que substituí-lo? Não seria mais lúcido mantê-lo, principalmente quando se sabe que o PT-PT não tem candidato, seja homem ou mulher?

Diga ao povo que FICO

Isso não é sugestão ou convicção: é apenas constatação, trazida a público pelo maior partido dito de oposição.

Mais eleição

Não existe democracia sem Congresso. Por outro lado, Congresso sem voto, sem povo, sem urna, não tem a menor representatividade, é falsidade, farsa, falcatrua. Pois é isso que pretendem impor com o chamado VOTO DE LISTA. Se como está não existe autenticidade, imaginem piorando.

Povo, urna, voto

Dizem para “justificar”, que é preciso fortalecer os partidos. Como fortalecer o que não existe? Há mais de 1 ano escrevi relação de 10 itens político-eleitorais que precisavam adotar. Entre esses, o fim dos suplentes, a adoção do Voto Distrital, a redução dos mandatos, (de deputados e senadores) e duração menor. 400 deputados e 54 senadores, mais do que suficiente.

Incógnita

Rato raivoso, roeu roupa rei Roma, reinando revoltado retrospecto ruim, rancoroso, redondamente ruinoso. (13 palavras lembram quem no Brasil?)

Espanto

O próprio Lula está surpreendido com a repercussão que conquistou no exterior. E isso ocorreu muito antes do presidente Obama dizer, “esse é o cara”. Já antes, Lula desmanchara as previsões pessimistas de FHC.

Consagração

A fala de FHC: “Sem conhecer nenhuma língua, provinciano, Lula presidente, nem poderá ir no exterior”. Fracasso total da análise do ex-presidente; Agora é a revista “Newsweek” (edição latino-americana) que emplaca Lula na capa, explicando: “Lula colocou o Brasil no mapa das potências globais”.  FHC morre de inveja e ciúme. (Com tanta “cobertura”, Lula pode se contradizer em matéria de Arruda no plano interno e de Zelaya no externo. Por que defende o governador e tenta salvar o de Honduras, morto e enterrado?)

Quando Mônica Azambuja separou de Henrique Eduardo Alves, desvendou tantos escândalos, que voltou o lugar comum: “Ex-mulher é para sempre”. Fizeram acordo, ele recuperou o tempo perdido, ela também. Agora, ela já perguntou afirmando: “Vai voltar tudo?”. É que no escândalo da capital (ou a capital do escândalo?) ele e Eduardo Cunha (Ki-dupla, parece sorvete da Kibon) citadíssimos, como se defenderem?

O presidente se desmente planejadamente. E não é de hije. Desde Sarney, faz declarações hostis, a segunda sempre desmentindo a primeira e à espera do conteúdo da terceira.

* * *

PS- Lula não faz confidência a ninguém, quando fala, é para tumultuar ou dificultar o entendimento. Segundo informes de boa fonte, Lula nunca se divertiu tanto, quando viu o “IBGE com apenas 24 horas de diferença, desmentir o SEU ministro da Fazenda”.

PS2- Muitos Ministros da Fazenda, alguns com mais Poder como Ministros do Planejamento, nos últimos 53 anos cuidaram mais da geografia bancária pessoal do que da coisa pública. Mas eram importantes nos dois sentidos.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *