O Petismo e o Código Internacional de Doenças

Em clima de velório, Graça anunciou a Diretoria anticorrupção

Percival Puggina

Em sessão com clima de anúncio relevante, a presidente da Petrobras Graça Forster montou no cavalo encilhado dos escândalos e assumiu seu lugar à mesa dos trabalhos com fisionomia de atendente de UTI de Pronto Socorro, em final de turno, numa segunda de Carnaval.

Do cabelo à ponta do nariz, tudo que podia desabar tinha desabado. Afinal, as horas antecedentes não haviam sido moleza. Todos os grandes senhores das empreiteiras nacionais, que eram recebidos com tapete vermelho nos gabinetes da empresa, estavam dormindo no chão do xadrez. Delações premiadas espocavam de toda parte e lembravam extrações da Loteria Federal. Às avessas. Milhões regurgitavam de todos os cantos.

Os sólidos muros da impunidade tombavam pelo simples fato de que ainda há juízes em Curitiba e lá está o celebérrimo magistrado federal Sérgio Moro, a quem a capital paranaense já deve uma estátua no meio da Praça Carlos Gomes.

A presidente da empresa iria anunciar providências. Eram necessárias. Dois dias antes, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, chamado às falas, mostrou porque o antipetismo é tão indispensável ao país. Estas investigações, havia dito ele,  não podem ser vistas “como o 3º turno da eleição presidencial”. Chegará o dia em que esse petismo desabrido vai entrar para o CID-10 (Código Internacional das Doenças).

DIRETORIA ANTICORRUPÇÃO 

Voltando à Graça e aos perigos do petismo delirante. Qual o anúncio feito por aquela senhora de quem já se disse ser tão competente e familiarizada com a empresa que conhece como ninguém? Ela anunciou a criação de uma diretoria para fiscalizar as diretorias. Não é genial? É algo assim como uma presidência para fiscalizar a presidência. Pelo que se sabe, ninguém ainda foi cogitado e, principalmente, claro, não há partidos interessados.

 

11 thoughts on “O Petismo e o Código Internacional de Doenças

  1. Percival Puggina, tem toda razão. O PT é um câncer que atrofiou o país.
    felizmente temos Juízes como Sérgio Moro e Joaquim Barbosa, que honram
    o cargo que ocupam. Imaginem o STF tendo como Ministro: 3 Juízes como Sérgio Moro e 3 juízes como Joaquim Barbosa, formando assim a maioria,
    muitos ladrões do erário público estariam atrás das grades, no mínimo por
    30 anos.

  2. Valeu o bom texto, jornalista. Nunca é demais insistir.

    No mínimo, é INDECENTE , o que está acontecendo com o Brasil.
    Diga-se de passagem. na cara da Justiça há muito tempo.

    Daí, com toda razão, o punhado de louvores ao juiz Sérgio Moro… que, se depender de Percival Puggina, merece uma estátua em espaço público em Curitiba, na Praça Carlos Gomes.

    Me atrevo ir além…se lá colocada, tirar a que fica no espaço da” vendada” lá em Brasília.

  3. A Dona Graça, presidente da Petrobras, nascida e criada dentro da estatal, esta sem condições de continuar no cargo.
    Já devia ter pedido demissão. Sua credibilidade e nenhuma.
    Se o Lula e a Dilma, que não eram do corpo funcional da estatal, alegavam que de nada sabiam, até seria justificável pela imperícia.
    Dona Graça não. Presidente e oriunda do corpo funcional. É caso de negligência e incompetência para o cargo.
    Não sou eu que o digo. É ela que demonstra.

  4. Características dos Psicopatas :
    1. mente sem o menor pudor
    2. evita ao máximo cometer o delito quando pode induzir terceiros
    3. trai seus comparsas sempre que estiver em risco
    4. tem boa capacidade de seduzir incautos
    5. tem tendencia à promiscuidade
    6. tem insaciável sede de poder
    7. tem baixa capacidade de se impressionar com seus crimes

    No final, pergunta, sem maldade: isso lhe faz lembrar alguém???

    • e por falar em PSICOPATA:

      – quando é que o BARBA-DELATOR-DEDODURO, o fujão, e o seu sacrista, o anacronizado, vão processar o Delegado Tuma Júnior? O Brasil inteiro, ansioso, quer ver o Júnior, sem delação premiada, nas barras dos tribunais.

      – e a Rosemary dos vôos ardentes, a Rosemary do bebarrão, cadê-la?

  5. Essa atitude tem pelo menos dois significados: primeiro, admite ela que não tem competência para garantir a idoneidade de seus comandados; segundo, admite que roubam tanto e tantas são as falcatruas que é preciso uma guarda especializada para tentar evitar os crimes. O pete está destruindo nossa maior empresa.

Deixe uma resposta para virgilio tamberlini Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *