O poeta Ascenso Ferreira e sua paixão pela cultura do Nordeste

Ascenso Ferreira usava o rádio para divulgar a poesia

O poeta pernambucano Ascenso Carneiro Gonçalves Ferreira (1895-1965), um dos primeiros a difundir a poesia através do rádio, ficou conhecido também por integrar o Movimento Modernista de 1922 com uma poesia que destacava a temática regional de sua terra.

MARACATU
Ascenso Ferreira

Zabumba de bombos,
Estouro de bombas,
Batuques de ingonos,
Cantigas de banzo,
Rangir de ganzás…

– Luanda, Luanda, onde estás?
Luanda, Luanda, onde estás?

As luas crescentes
De espelhos luzentes,
Colares e pentes,
Queijares e dentes
De maracajás…

– Luanda, Luanda, onde estás?
Luanda, Luanda, onde estás?

A balsa do rio
Cai no corrupio
Faz passo macio,
Mas toma desvio
Que nunca sonhou…

– Luanda, Luanda, onde estou?
Luanda, Luanda, onde estou?

      (Colaboração enviada por Paulo Peres – site Poemas & Canções)

One thought on “O poeta Ascenso Ferreira e sua paixão pela cultura do Nordeste

  1. 1) Bela poesia que nos remete à África, Luanda, capital de Angola, ligada ao Brasil há séculos, mas tb é algo próprio do Brasil.

    2) A foto esclarece que o microfone pertence à VOA = “Voice of América”, quem sabe, doação da antiga Aliança para o Progresso dos EEUU.

    3) Licença: em 27 de junho de 1889 morre no Recife, PE, o escritor e jurista Tobias Barreto.

    4) Fonte: BN, Agenda, 1993.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *