O povo, que sempre foi COADJUVANTE, está adorando ser PROTAGONISTA. Querem AFASTÁ-LO das ruas, com malabarismos plebiscitaristas e inúteis. Tudo é INSATISFAÇÃO, que não se abafa com MISTIFICAÇÕES. Três partes da POPULAÇÃO, envolvidos e preocupados, sabendo ou não. Na confusão, a Petrobras tenta salvar Eike Batista.

Helio Fernandes

Anteontem, falei com um amigo (professor de Filosofia), que antes de me abraçar e cumprimentar (o que fez logo, carinhosamente), dispara: “Helio, que bom te ver, para onde está indo este país?”. A pergunta hoje é obrigatória, não posso deixar sem resposta. Em três partes, nada do que está nas ruas é isolado, sem ligação ou comprometimento.

1 – “Uma parte está nas ruas, em todas as ruas e praças, acha que deve sair delas, mas não abandonar tudo, gostaram do que fizeram e estão fazendo. Pela primeira vez essa geração é protagonista, está sendo ouvida pelos governantes que sempre os desprezaram e ignoraram”.

2 – “A segunda parte, composta inteiramente pelos que sempre foram donos e proprietários do Poder, que usavam única e exclusivamente em proveito próprio. Estão com medo de serem jogados nas ruas, perderem os cargos, o Poder, as fantasias, perspectivas e estimativas”. E parei.

Aí o amigo dileto e competente, pergunta: “E a terceira parte dessa população que não pode ter apenas DUAS PARTES?’. Concordo, explicando, sem muita certeza, até com incertezas:

3 – “Essa terceira parte é de gente como eu, você e milhões de outros, que observam tudo, mas absorvem pouco. Sabem que os Três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) são igualmente responsáveis pelo que está acontecendo ou vai acontecer. Mas perderam a iniciativa de fazer ou mandar parar, não têm nem capacidade de análise, parecem perto, mas estão distantes de tudo. A impressão é de que vivem em outro país”.

E na verdade vivem mesmo, não conseguem identificar a fala das ruas como a única, irrefutável e irrevogável palavra que define tudo o que está “rolando” pelo país: I-N-S-A-T-I-S-F-A-Ç-Ã-O.

Pretendem tirar o POVO DAS RUAS, consideram que, com tolices, invencionices e malabarismos “plebiscitários”, conseguirão alguma coisa. Não percebem que a INSATISFAÇÃO não poderá ser apagada ou reprimida com concessões espúrias a eles mesmos, fingindo que estão OUVINDO A VOZ DAS RUAS, como disse Dona Dilma.

REELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DE 1946

É um sistema que caminha para impedir alguém de se eternizar no Poder. O comentarista Jair de SP considera que esse (a reeleição) é um “câncer que precisa acabar”.

Muito moço, uma das minhas primeiras coberturas importantes na revista O Cruzeiro foi a Constituinte de 1945, que promulgou a Constituição de 1946. Fiquei satisfeitíssimo e escrevi na época: “Esse é o sistema presidencialista ideal”. Qual era? Proibição de reeleição e mandato presidencial de cinco anos. Durou até 1998, quando FHC comprou e pagou a própria reeleição. Como os crimes contra a Constituição não prescrevem, o ex-presidente deveria ser responsabilizado.

CONSTITUIÇÃO DE 1988

Constituinte originária, eleita diretamente pelo povo, podia tudo. Ninguém sequer fez a proposta de incluir no texto a possibilidade de reeleição. Isso foi em 1988. Apenas 10 anos depois, FHC rasgava a Constituição (pagava com a fábula de dinheiro das privatizações, manipuladas por um ministro seu, que não está mais aqui, ex-sócio de Golbery), implantava a reeleição para ele mesmo.

AS VERDADES FALSIFICADAS DE
DONA DILMA, LONGE DO MARACANÃ

Deu “pontapé inicial” em estádios, inaugurou vários sem saber quanto custaram, foi à abertura do Mané Garrincha de 1 BILHÃO E 500 MILHÕES. Vaiada intensamente, decidiu logicamente não ir ao Maracanã para a final com o Brasil.

Desesperada, despreparada e assustada, é até compreensível que não saísse de Brasília para ser novamente vaiada, só que no Rio. Mas não podia faltar com a palavra. Perguntada por que não foi à final do Brasil, respondeu: “Não sabia, não estava na agenda”.

Como dizia o Millôr, quando criou o genial “Pif-Paf” na revista O Cruzeiro, com 23 anos de idade, revolucionando o jornalismo: “Pano rápido”. Isso há 68 anos e introduzindo nas ruas e nas  bancas de jornais a palavra revolucionando, hoje em plena atualidade.

EIKE BATISTA, BNDES, PETROBRAS

Há 4 meses o Banco Santander dos EUA (muito mais importante do que o do Brasil) deu uma notícia exclusiva para o canal Bloomberg, um dos mais vistos do mundo: “Em 2014, Eike Batista não terá mais recursos de caixa”. Três dias depois, republiquei a nota aqui.

As ações vieram caindo ininterruptamente, a falta de caixa acontecerá bem antes do que a análise do Santander americano, revelada no canal de propriedade do prefeito de Nova Iorque. E antes mesmo de ser eleito e reeleito, um dos 10 homens mais ricos do mundo.

Depois de 3 meses de queda, as ações (TODAS) de Eike Batista estão no chão literalmente. A mais importante do grupo, que chegou a ser negociada por 23 reais e 57 centavos, está agora a 0,56 centavos de reais. (Ontem caiu mais 10 por cento, chegou a bater 0,50 cravados. E foi logo rebaixada (MAIS?) pela Morgan Stanley.

E as centenas de milhares de pessoas que se tornaram acionistas por causa da publicidade-promoção-marqueting? Quem vai resgatar seus prejuízos? Podem dizer: “Compraram, porque quiseram”. É apenas uma parte da verdade.

HÁ 4 MESES, DONA GRAÇA AJUDAVA
EIKE. AGORA, NOVAMENTE?

Em plena crise do empresário destrambelhado, a presidente da Petrobras dizia, como quem não quer nada: “Estamos conversando com Eike Batista”. Muita gente acreditou, não vendeu, aumentou os prejuízos.

Agora Eike quer vender, não encontra comprador. Mas nos corredores da empresa, se diz: “A Petrobras é um dos possíveis interessados em ficar com o que não interessa a ninguém”. O BNDES, de prontidão. É um dos escândalos mais “cúmplices e acumpliciados” desse governicho de falsa faxina.

###
PS – Dona Dilma perde todas as chances de fazer alguma coisa. Resolveu convocar reunião ministerial, 39 deles não cabiam no Planalto nem no Alvorada.

PS2 – Teve que convocar a belíssima (e enorme) Granja do Torto, onde o “presidente” Figueiredo gostava de andar a cavalo.

PS3 – Podia ter aproveitado para impedir-demitir 20 deles, explicando: “Está vendo, não cabem todos nem aqui nem em qualquer organograma de administração”.

PS4 – O plebiscito é uma empulhação. Na verdade, querem fazer CONSULTA e depois um REFERENDO. Tudo irreal. E assim mesmo, se não valer para 2014, aí é que ninguém se entenderá.

PS5 – Sem considerar que quase todas essas medidas-mudanças poderiam ser executadas, como já disse aqui antes, através de PEC ou de projeto URGENTE-URGENTISSIMO, está na Constituição.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

19 thoughts on “O povo, que sempre foi COADJUVANTE, está adorando ser PROTAGONISTA. Querem AFASTÁ-LO das ruas, com malabarismos plebiscitaristas e inúteis. Tudo é INSATISFAÇÃO, que não se abafa com MISTIFICAÇÕES. Três partes da POPULAÇÃO, envolvidos e preocupados, sabendo ou não. Na confusão, a Petrobras tenta salvar Eike Batista.

  1. Caro Jornalista,

    -Vejo a reeleição como um mandato presidencial de oito anos com a possibilidade de saída do presidente após quatro anos de governo. Neste país, onde ninguém faz obra que só possa ser inaugurada no governo seguinte, considero quatro anos (ou cinco) pouco tempo. Na verdade, quatro anos é pouco tempo para um bom governante e muito para um ruim.

    -Creio eu que o problema está na possibilidade de ex-presidentes se candidatarem novamente e eternamente, se perpetuando (e influenciando) no poder mesmo quando ainda estão “na espera” da próxima eleição, como parece ser o caso do Lula.

    -A meu ver, o ideal seria que um ex-presidente não pudesse concorrer mais à presidência.

    Abraços e saúde.

  2. Hélio Fernandes gênio do jornalismo, tudo que disse e escreveu é verdade. O Sr. Fernando Henrique Cardoso é o único responsável pela a reeleição, mas este país não é sêrio se fosse D. Zélia Cardoso de Melo, Fernando Collor e os deputados que aprovaram o confisco da poupança e das contas correntes de contribuintes brasileiros estariam na cadeia.

  3. Ele ainda tem a bacia de Santos ( cujo valor comercial ainda é uma incógnita) e o Pipeline ( que alem de ser incógnita, a geologia deve se aproximar dos problemas dos carbonáticos o mesma geologia de Tubarão Azul.

    Até aí tudo bem, faz parte dos erros . Mas aí vem a pergunta:

    1) pq uma empresa que está passando por dificuldades sérias de caixa faz uma compra de U$250 milhões em uma participação no campo de Oliva na bacia de Santos.

    2) E pq esta mesma empresa com dificuldades sérias de caixa me arremata 13 novos blocos na região equatorial na última rodada de leilões da ANP?

    Estas duas últimas questões para mim não tem resposta ( eles já sabiam do problema sério que estavam enfrentando e mesmo assim, gastaram dinheiro comprando as novas áreas). Por que? Tem algo que não sabemos ? Uma nova parceira para explorar todos estes novos investimentos ?

  4. A Dilma não precisa se preocupar com PLEBISCITO ela tem que achar como retirar todos os corruptos do seu governo. Ela tem que mandar um projeto de lei para o Congresso, prender todos os ladrões da sua base aliada. Pois, todos estão condenados pelo TST. Ficar impetrando recurso, isto é, antidemocrático. Prendam os homens vagabundos. Se fossem pobres há muito tempo estariam presos. Vamos apressar com essa bagunça democrática.

  5. Caro Hélio, sinceramente torço para que lá no fundo a dona Dilma se lembre de seu passado idealista e esqueça as alianças nojentas inerentes à política.

    Essa manobra “panos quentes” chamada de plebiscito pode SIM melhorar alguma coisa.

    A questão é: Terá alguém no governo com coragem de fazer o que é certo e moralizar de verdade esse país?

    PS:Caso Snowden,

    Abordaram o avião do Evo Morales por achar que o cara estava lá???

    CN, coloca um post sobre isso!

  6. Odorico Paraguaçu, o eterno prefeito da Sucupira de Dias Gomes, dizia:
    “Vamos deixar de lado os entretanto e partir direto para os finalmente”.
    Plebiscito, Referendum, Reuniões Inócuas (que palavra, hein, Helio!!!)e mais um monte de blablabla … aí estão apenas para que tudo fique como sempre ficou.
    Se quisessem de fato partir para os “finalmente”, deveriam (“deveriam” quem?) afastar Renan Calheiros e Henrique Alves.
    Deveriam prender os mensaleiros, já condenados.
    Deveriam responsabilizar ALGUÉM pelos crimes financeiros cometidos pelos senhores Eike Batista e Sílvio Santos (só para começar). E … processo em cima desses vândalos-vampirescos da carótida nacional.
    E … ALGUÉM diria para Dilma e Temmer: SAIAM, e SAIAM JÁ. Saindo toda a cúpula da gangue, Joaquim Barbosa assumiria e convocaria novas eleições. Se ele delas participaria ou não, seria analisado depois.
    O programa de rádio A HORA DO BRASIL deveria ser reativado, agora na TV, AO VIVO, por pelo menos SEIS MESES. Todo o funcionamento do Congresso seria exposto, assim como o dia a dia dos demais poderes.
    Por fim, mas não menos importante: Lixo Inato teria que ser investigado rigorosamente.
    Se continuarem com a mistificação, com este gigantesco festival de enganações e mentiras … o povo invadirá o Congresso, as Câmaras e as Assembleias Legislativas. E eu … estarei presente – é claro!!! – nestas invasões.

  7. Nos anos 90s, o FMI e o Banco Mundial, agindo como Xerifes do Capital Internacional, pressionaram os Países em Desenvolvimento que passavam por dificuldades, para aplicação de Planos de Estabilização Econômica em várias partes do mundo, principalmente América Latina, partes da Ásia e Leste Europeu. Os Planos, (no Brasil Plano Real), se baseavam no chamado Consenso de Washington: (Disciplina Fiscal, Redução de Gastos Públicos, Privatização das Estatais, Abertura Comercial, Desregulamentação das Leis Econômicas e Trabalhistas, e principalmente desregulamentação dos Fluxos de Capitais, etc. O Governo da atual Oposição 1994-2001,(PSDB-PFL-PCB…) aplicou essa Política de forma muito mal, pegou uma conjuntura internacional desfavorável e faliu o Brasil 3 vezes. Muita Recessão e Desemprego. Salários baixíssimos. Em final de 2001, a então Oposição, PT-PR-PMDB-PCdoB….. ganhou as Eleições, administrou melhor o Consenso de Washington, elevou os Salários principalmente o Mínimo, reduziu em muito Desemprego, desenvolveu em muito o Crédito, e principalmente pegou uma conjuntura internacional favorável, com o motor Chinês “a pleno”. A nossa Balança Comercial teve Superavit de US$ 56 Bi em 2005, US$ 40 Bi em 2004/2006, US$ 30 Bi em 2007, etc, e se fez uma Reserva de +- US$ 420 Bi, nosso querido Lastro para enfrentar as tempestades. Como esse Governo foi bem melhor que o anterior, fizeram a sucessora. Agora porém a conjuntura internacional está ruim, o Saldo de nossa Balança Comercial está caindo a Zero com viés de mais queda, e começamos a “comer Reservas”, que já baixaram para +- US$ 380 Bi. A Inflação começa a “Pressionar”, os Juros Básicos terão que subir muito, e o Desemprego aumentará. A IMPUNIDADE, a clara percepção de que a Lei não é igual para todos, as gritantes diferenças Salariais e de Renda, a Insegurança, as grandes despesas em Estádios para esses Torneios da FIFA, os gastos que virão para as Olimpíadas, e sobretudo a impressão de que os 3 Poderes não respondem MINIMAMENTE a vontade dos Eleitores, teve num aumento de tarifa de ônibus urbanos, a espoleta que explodiu a carga de Descontentamento geral. Então o sempre brilhante Analista Político, Sr. Hélio Fernandes dividiu a População em 3 partes: Os 1/3 que estão Protestando (já milhões, e muitos Jovens), outro 1/3 constituída de Políticos e Poderosos que teme perder REGALIAS, e a meu ver o 1/3 maior, que somos NÓS, e que observamos, que estamos meio confusos e que “parece que vivemos em outro País”. Embora a atual Administração seja corajosa e tenha se esforçado para corrigir certos erros, opera dentro de um Sistema Político muito ruim, caro e desorganizado, e é totalmente REFÉM dele. É a que mais sofre desgaste. Então, a meu ver, com a antiga Oposição (PSDB-PFL-PCB….) de muito má memória, devido ao fraquíssimo Governo anterior, com o atual Governo (PT-PMDB-PR-PSC-PDT-PCdo B… enfim quase todos, menos os primeiros citados) sofrendo até com certa injustiça, tremendo desgaste, prevejo que a 1/3 Parte Protestante breve terá a união do grande 1/3 que “habitava em outro País e que agora retorna ao Brasil” e juntos apoiarão uma TERCEIRA FORÇA que faça as mudanças Políticas pedidas. Leva grande vantagem o Ministro da Suprema Corte de Justiça Dr. Joaquim Barbosa, ou outro Personagem que surgir, fora das Forças Políticas convencionais.
    Lembremos de passar na Lotérica/CEF/Itaú para pagar pequena Mensalidade. Saco vazio não para em pé. Dados no canto superior direito. Muito Obrigado para quem chegou até aqui.

  8. Assustador plebiscito

    Para execução de interessante plebiscito, prático, útil, rapidíssimo e sem custar quase nada para governo, poderia ser realizado, se as elites assim estivessem interessadas. De posse do CPF, o contribuinte interessado em emitir sua opinião no plebiscito, requisitaria sua senha pessoal à própria Receita Federal, que lhe enviaria uma senha pessoal (semelhante a que já é distribuída pelo Leão) tornando-o habilitado participar do plebiscito via internet.

    Bom mesmo seria, se as elites dirigentes, tomassem coragem (nunca fariam isso) de instalar vários painéis eletrônicos, por todo o Brasil, nos principais centros de grande movimento, mostrando ao povo, o resultado do plebiscito mensal, sobre importantes itens que afetam suas vidas, segundo a percepção e visão do povo. Dentre eles, custo de vida, saúde pública, saúde privada, ensino público, ensino privado, desemprego, transporte público, honestidade do povo, honestidade do político, honestidade do empresário, honestidade do comerciante, honestidade dos juízes, honestidade da mídia, etc.

  9. O Globo (
    Email
    ·
    Twitter
    )

    Com agências internacionais

    Publicado:
    3/07/13 – 6h15
    Atualizado:
    3/07/13 – 10h44
    Presidente boliviano Evo Morales no aeroporto internacional de Viena Patrick Domingo / AFP
    VIENA – Após uma forte tensão diplomática e 13 horas retido no aeroporto de Viena, na Áustria, o presidente da Bolívia, Evo Morales, segue para La Paz na manhã desta quarta-feira. O governo boliviano acusou a França, Portugal, Itália e Espanha de colocarem a vida de Morales em risco depois do fechamento de vários espaços aéreos europeus por suspeitas de que o fugitivo americano Edward Snowden estivesse a bordo na aeronave presidencial.

  10. REMESSA DE ARTIGO

    Os R$ 500 milhões do plebiscito poderiam ser gastos em áreas prioritárias. Ouçam o grito das ruas.

    Milton Corrêa da Costa

    Num país onde são constantes os escândalos com desvios de dinheiro público -o mensalão foi o mais sofisticado deles- a exemplo da quadrilha que a Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (02/07), num esquema de compra de precatórios judiciais por prefeituras, envolvendo políticos e empresários, em Minas Gerais e no Espírito Santo, e onde se observam inúmeras e constantes carências de prestação de serviços públicos, os R$ 500 milhões previstos como gastos para a realização do plebiscito para a reforma política (boa parte da população desconhece o tema) poderiam ser destinados, em caráter de urgência urgentíssima, atendendo ao grito das ruas, à construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), em diferentes localidades com ausência de assistência médico-hospitalar e também na pavimentação e sinalização de rodovias, muitas em péssimo estado de conservação, uma das principais causas de desgaste de veículos e de graves acidentes.

    Façam uma consulta popular e perguntem o que a população desejaria prioritariamente; A reforma política ou a construção de UPAs e a recuperação de estradas? Que a liberação das verbas para tais fins prioritários seja, no entanto, tão rápida quanto as verbas destinadas à construção dos estádios, empregando os profissionais da construção civil agora dispensados pela conclusão de algumas arenas e que os salários de médicos e enfermeiros se tornem mais dignos e atraentes. Ou seja: não adianta ter UPA( bem equipada) sem mão de obra valorizada e motivada.

    Quanto a reforma política, também necessária, e enquanto esta não acontece, visando a implantação de um sistema político eleitoral mais coerente e fiscalizável, que se distribua, para alguns políticos (contaminados pela falta de ética) e para os candidatos a cargos públicos, uma CARTILHA SOBRE ÉTICA E DEVERES, onde os principais princípios doutrinários fossem: !) não roubar; 2) não fazer conchavos; 3) não fazer populismo concedendo benefícios aos miseráveis em troca do voto e 4) fim do voto secreto nas votações do legislativo. Pronto, já estaríamos dando o primeiro passo para a uma exemplar reforma politica.

    Se providências não forem tomadas por políticos e governantes, nas três esferas de competência, o grito das ruas permanecerá. O que é pior: com o direito de ir e vir comprometido, episódios de vandalismo e de grave perturbação da ordem pública. Até Quando?

    Milton Corrêa da Costa é cidadão brasileiro que sonha com um país próspero e mais justo para as futuras gerações

  11. O Jornalista Hélio Fernandes sintetizou tudo: os 3 podres poderes, mais a mídia comprometida com o status quo, estão enrolando a população, seja com plebiscito, referendo, etc. Estão se agarrando ao poder e continuarão a fazê-lo enquanto puderem e achar conveniente. A conferir, se a população que protestou nas ruas, será mais uma vez manipulada e enganada. O Jornalista cunhou a expressão, quando do início dos protestos em junho: IMAGINA NA COPA! Será que teremos que esperar até 2014 para se repetirem os mesmos protestos? Não se pode confiar nesses bandidos que hoje nos governam e nem nos bandidos que estavam no governo a dez anos atrás.

  12. E o “mais querido” Clube de Regatas do Flamengo?
    Dono de um imóvel com 148 apartamentos no Morro da Viúva, todos de frente para o mar e fundos para o Corcovado, que poderiam estar alugados a R$ 5.000,00 cada um e o MENGÃO faturando R$ 740.000,00 todo mês. Fora o aluguel dos salões. Mas o MENGÃO preferiu alugar para o EIKE por R$ 270.000,00 por mês tudo, os 148 apartamentos, os salões e enorme estacionamento para automóveis.
    Dizem que o imóvel vai ser transformado em um hotel “TIPO GLÓRIA”.
    Quem viver, verá?

  13. Celso, saudações rubro-negras
    O Mengão também foi envolvido pelo canto da sereia chamado Eike Batista.
    Puxa, que destino o nosso!!! Brasil e Flamengo, tudo a ver: somos muito amados, somos gigantescos, somos super poderosos, mas … estamos sempre nas mãos dos bandidos.

  14. Com licença, Helio e comentaristas, assino embaixo das verdades sentidas por cada um, que se refletem nos sentimentos e razões da CIDADANIA; já disseram tudo, só me resta solicitar a DEUS, sua Misericórdia para o povo brasileiro.

  15. Prezado Hélio Fernandes,
    Fui leitor da Tribuna por vários anos, quando era impressa e, em certo tempo, assinante. Era o único jornal que dava para se ler sem ter náuseas depois que o JB entrou em profunda decadência, que acabou por decretar seu fim. Depois do fim das edições impressas, perdi o contato. Bem, a razão desta mensagem é solicitar sua ajuda para localizar um artigo, publicado nessa Tribuna, creio que na segunda metade dos anos 90, pelo prof. Reinaldo Azevedo, ex-reitor da UNB, demolindo a falsa imagem de honestidade e de capacitação acadêmica exibida pelo senador Cristovám Buarque. Eu tinha uma cópia, que se perdeu e gostaria de revê-lo. Espero que possa me ajudar, pelo que, desde já, agradeço. E, mais uma vez, parabéns por manter essa Tribuna democrática, lúcida e independente. José Henrique

  16. É o mesmo “governo” que antes “socorrera” os Ermírio de Moraes (Banco Votorantim) e o Silvio Santos (Banco Panamericano… E também enfiou dinheiro da “contabilidade criativa” em outros “grandes” negócios, cujos resultados soem negociatas. Sem esquecer da Copa da FIFA.Porque não “enfia” dinheiro público nas políticas públicas nas áreas públicas da Saúde, Educação, Mobilidade Urbana? O Eike Batista é o símbolo do capitalismo da era lulopetista. Ele é o avatar do Daniel Dantas que fora o “símbolo” do capitalismo brasileiro da era tucana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *